Nome da Atividade
FISIOLOGIA DO ESTRESSE
CÓDIGO
0018068
Carga Horária
51 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
3
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
3
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Concepção de planta como um sistema complexo, caracterização do ambiente externo, aspectos gerais da interação planta-ambiente, conceitos e definições gerais e operacionais, plasticidade fenotípica, memória, tolerância cruzada, sinalização e resposta, efeitos de perturbações ambientas sobre o metabolismo primário, aspectos de interação planta-patógeno, técnicas de avaliação de estresse em plantas, exemplos de estresses com causas bióticas e abióticas.

Objetivos

Objetivo Geral:

A disciplina tem como objetivo discutir o conceito de estresse em plantas, bem como apresentar os principais mecanismos envolvidos nas respostas de plantas cultivadas a variados fatores potencialmente estressantes do ambiente (em particular fatores de natureza abiótica). Ao final, espera-se que os alunos desenvolvam um conhecimento que permita realizar diagnóstico de diferentes estresses em plantas, bem propor possíveis estratégias mitigadoras.

Conteúdo Programático

P1.
Introdução e apresentação da disciplina;
O ambiente externo da planta;
Concepção sistêmica de plantas: modularidade e auto-organização.

P2.
Aspectos gerais da interação planta-ambiente;
Relação com a produção vegetal;
Conceito e definição de estresse: um fenômeno multi-escalar;
Definição de conceitos operacionais (homeostase, plasticidade, resistência, tolerância, “evitação”, estabilidade, aclimatação, adaptação).

P3.
Plasticidade fenotípica; memória x esquecimento; memória epigenética e herança pós-transgeracional.

P4.
Como a planta responde ao ambiente?: percepção, sinalização, resposta;

P5.
Resposta geral: processo anti-oxidativo;
Tolerância cruzada mediada por ROS.

P6
Efeitos da variação ambiental sobre a fotossíntese

P7
Efeitos da variação ambiental sobre a respiração

P8
Interação Planta-Patógeno

P9
Técnicas de avaliação de estresse em plantas: um problema de integração entre escalas. Com práticas de instrumentação e análise de dados.

P10.
Plantas como sistemas cognitivos inteligentes

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • Grafi, G; Ohad, N. Epigenetic memory and control in plants. Springer, 2013
  • Jenks, MA; Hasegawa, PM. Plant abiotic stress (2nd ed). Wiley Blackwell, 2014.
  • Azooz, MM; Ahmad, P. Plant-enviromnet interaction. Wiley Blackwell, 2016.
  • Thelier, M. Plant responses to enviromental stimuli. Springer, 2017.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
T1 2021 / 2 10 12 Fisiologia Vegetal (Doutorado)
Fisiologia Vegetal (Mestrado acadêmico)
Horários
ManhãTardeNoite
QUA16:00 - 16:50
16:50 - 17:40
GUSTAVO MAIA SOUZA
Professor responsável pela turma

Página gerada em 25/10/2021 08:11:29 (consulta levou 0.068671s)