Nome da Disciplina
EDIFÍCIOS SOLARES FOTOVOLTAICOS
CÓDIGO
0628070
Carga Horária
34 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
2
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
2
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Fundamentos sobre as fontes renováveis de energia, mecanismos de incentivo e panorama energético mundial. Sistemas fotovoltaicos interligados à rede elétrica: tecnologias, estratégias de integração com a edificação, dimensionamento do sistema, custos e legislações em vigor.

Objetivos

Objetivo Geral:

Conteúdo Programático

UNIDADE I
1. A energia elétrica no Brasil
2.Fundamentos sobre as fontes renováveis de energia
2.1. Fundamentos Teóricos
2.2. Tecnologias disponíveis no mercado
2.3. Aplicações
2.4.Panorama das fontes renováveis de energia
2.5.. Mecanismos de incentivo
2.6. Seminário sobre as fontes renováveis de energia

UNIDADE II
3. A energia solar fotovoltaica
3.1. Fundamentos Teóricos
3.2. A Célula Fotovoltaica
3.3.Tecnologias disponíveis no mercado
4. Os Sistemas Fotovoltaicos
4.1. Sistema Isolado
4.2. Sistema Interligado à rede elétrica
4.2.1. Estudo de caso de projeto solar fotovoltaico integrado à edificação e interligado à rede elétrica
4.2.2 Estratégias de Integração com a edificação
4.2.3 Dimensionamento de sistema fotovoltaico conectado à rede
5. Custo atual dos Sistemas e perspectivas de redução de custos
6. Legislação atualmente em vigor no Brasil
7. Orientação e desenvolvimento de um projeto de sistema solar fotovoltaico integrado à edificação e interligado à rede elétrica (prédio público)
8. Apresentação dos projetos desenvolvidos

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ANEEL - Agência Nacional de Energia Elétrica – Atlas Brasileiro de Energia Elétrica, 2012. Disponível em: www.aneel.org.br
  • CAVALIERO, C. K. N., SILVA, E. P. Electricity generation: regulatory mechanisms to incentive renewable alternative energy sources in Brazil. Energy Policy, v. 33, p. 1745-1752, 2005.
  • CBEE - Centro Brasileiro de Energia Eólica, 2009. Disponível em: www.eolica.org.br
  • CCEE – Câmara de Comercialização de Energia Elétrica, 2009. Novas Regras e a Busca de Estabilidade no Mercado Livre. Disponível em:
  • CHIVELET, N.; SOLLA, I. Técnicas de vedação fotovoltaica na arquitetura. Porto Alegre, Bookman, 2010.
  • EIFFERT, P.; KISS, J. G. Building-Integrated Photovoltaic Designs for Commercial and Institutional Structures: A sourcebook for Architects. US Department of Energy’s (DOE’s). NREL, Fevereiro, 2000
  • MENDONÇA, M. Feed-in Tariffs: acelerating the deployment of renewable energy. Earthscan. London, 2007.
  • MEYER, N, European schemes for promoting renewables in liberalized markets. Energy Policy, v. 31, p. 665-676, 2003.
  • MME – Ministério das Minas de Energia. Balanço Energético Nacional (BEN), 2009. Disponível em: www.mme.org.br
  • MME – Ministério das Minas de Energia. Plano Nacional de Energia Elétrica 2030, 2007. Disponível em:http://www.epe.gov.br/PNE/20080512_1.pdf
  • NUPAC – Núcleo de Pesquisas Antárticas e Climáticas. Disponível em: www.ufrgs.br/antartica/antarticaantartida.
  • PEREIRA, E. B; MARTINS, F.R.; ABREU, S.L. e RÜTHER, R. - Atlas Brasileiro de Energia Solar, INPE, 2006.
  • PORTO, L. Energias Renováveis. MME, 24 de Abril de 2007. Apresentação disponível em: www.mme.gov.br/download.do?attachmentId=10883
  • RÜTHER, R. Edifícios Solares Fotovoltaicos: o potencial da geração solar fotovoltaica integrada a edificações urbanas e interligada à rede elétrica pública no Brasil. Editora UFSC/LABSOLAR. Florianópolis, 2004.
  • SALAMONI, I. T. Metodologia para cálculo de geração fotovoltaica em áreas urbanas aplicada a Florianópolis e Belo Horizonte. Dissertação de mestrado pelo Programa de Pós Graduação em Engenharia Civil da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, 2004.
  • SALAMONI, I. T.; RUTHER, R; ZILLES, R. Uma oportunidade para o desenvolvimento da indústria fotovoltaica no Brasil: eletricidade solar para os telhados. Parcerias Estratégicas (Brasília), v. 14, p. 219- 243, 2009.
  • SALAMONI, I. T. Um programa residencial de telhados solares para o Brasil: diretrizes de políticas públicas para a inserção da geração fotovoltaica conectada à rede elétrica. Tese de Doutorado pelo Programa de Pós Graduação em Engenharia Civil da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, 2009.
  • SANTOS, I.; PALERMO, C. RÜTHER, R. Redução da conta de energia nas habitações de interesse social a partir da utilização de energia solar térmica e fotovoltaica. In: X Encontro Nacional e VI Encontro Latino Americano de Conforto no Ambiente Construído. Natal, 2009.
  • SAWIN, J. National Policy Instruments: Policy Lessons for the Advancement & Diffusion of Renewable Energy Technologies Around the World. Thematic Background Paper. Secretariat of the International Conference for Renewable Energies, Bonn, 2004.
  • ZILLES, R.; OLIVEIRA, F. H. S. 6,3kWp Photovoltaic Building Integration at São Paulo University. In: 17th European Photovoltaic Solar Energy Conference. Munique, Alemanha, 2001.

Página gerada em 22/10/2019 05:56:56 (consulta levou 0.103566s)