Nome da Atividade
DIDÁTICA E METODOLOGIA DO ENSINO SUPERIOR
CÓDIGO
0388143
Carga Horária
51 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
3
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
3
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
3
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

As tematizações convergem para três eixos: no primeiro eixo “identidade” são destacados os aspectos
referentes a construção da identidade dos professores, no segundo eixo destaca-se a dimensão da
docência (faces… perfil a ser construído). No terceiro eixo aborda-se a complexidade de universidade
(ensino superior) com estruturas de poder, campos de conhecimento, os espaços de construção do
conhecimento.

Objetivos

Objetivo Geral:

O(s) objetivo(s) não estão descritos nos planos de ensino das disciplinas do PPGEF/UFPel

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • – Bourdieu P. O Campo científico. In: Ortiz R. Pierre Bourdieu: sociologia. São Paulo: Ática, 1983. – Chauí M. Escritos sobre a Universidade. São Paulo: Editora UNESP, 2001. – Costa FC. Formação de professores: objetivos, conteúdos e estratégias. In: Formação de Professores em Educação Física: concepções, investigação, prática. Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana. Lisboa, Edições FMH, 1996. – Costa VLM. Formação universitária do profissional de educação física. In: Passaos S. (org). Educação Física e ensino de 1º grau: uma abordagem crítica. São Paulo: EPU/EDUSP, 1988. – Cunha LA. O público e o privado na Educação Superior Brasileira: fronteira em movimento. In: Trindade H. (org). Universidade em Ruínas: na república dos professores. Petrópolis: Vozes, 2000. – Cunha MI. Ensino como mediação da formação do professor universitário. In: Morosini M. (Org). Professor do ensino superior: identidade, docência e formação. Ministério da Educação – Instituto nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP), abril 2000. – Ferés MJV. A LDB e a Responsabilidade Social das Instituições Universitárias: pontos para a discussão. Rev Estudos 1997; 15(18):15-19. – Franco ME. Inovação e pesquisa na universidade: racionalidade e produção individual/cooperada. Relatório de Pesquisa. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Grupo de Estudos sobre a Universidade. Porto Alegre: UFRGS, maio 1996. – Gonçalves TO, Gonçalves TVO. Reflexões sobre uma prática docente situada: buscando novas perspectivas para a formação de professores. In: Geraldi CM, Fiorentini D, Pereira EMA. (Orgs). Cartografia do trabalho docente: Professor (a)- Pesquisador(a). Campinas. Mercado das Letras, 2000. – Trigueiro MGS. A formação de cientistas: necessidades e soluções. In: Baumgarten M. (Org). A era do conhecimento: Matrix ou Agora? Porto Alegre: Ed. Universidade/UFGRS, Brasília: Ed. UnB, 2001.

Página gerada em 18/01/2021 14:12:35 (consulta levou 0.087962s)