Nome da Disciplina
BIOQUÍMICA II
CÓDIGO
D000391
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Introdução ao metabolismo. Conceitos de bioenergética. Aspectos bioquímicos do transporte de nutrientes. Metabolismo de carboidratos, lipídeos e compostos nitrogenados. Integração e regulação metabólica. Bioquímica dos hormônios - a ligação hormônio-receptor e a ação celular.
Determinação da atividade enzimática Lei de Lambert-Beer e espectrofotometria. Curva padrão. Análise dos níveis de glicose, lipídios, proteínas totais e ureia.

Objetivos

Objetivo Geral:

• Capacitar o aluno a compreender os principais mecanismos de degradação e síntese de biomoléculas e seus níveis de organização, assim como a especificidade e regulação do metabolismo e os aspectos bioquímicos da sinalização hormonal.
• Ao final do semestre os alunos deverão ser capazes de:
• -Compreender a lógica de funcionamento molecular dos seres vivos;
• -Entender as principais vias do metabolismo de carboidratos, lipídeos, aminoácidos e outros compostos nitrogenados;
• Compreender o metabolismo hepático e seu papel central no metabolismo biológico, especialmente na manutenção da glicemia, na metabolização da amônia, no metabolismo de lipoproteínas, colesterol;
• Conhecer a função e o mecanismo de ação de hormônios;
• Integrar e regular as principais vias metabólicas.
• - Oportunizar condições para a execução de técnicas gerais utilizadas em estudos bioquímicos, sempre objetivando a compreensão do fundamento químico destas reações.

Conteúdo Programático

1 INTRODUÇÃO AO METABOLISMO E PRINCÍPIOS DE BIOENERGÉTICA
1.1. Anabolismo e catabolismo
1.2. Termodinâmica dos processos biológicos
1.3. Entalpia, energia livre e entropia
1.4. O critério de espontaneidade (reações exergônicas e endergônicas)
1.5. Estados padrão e variação de energia livre
1.6. Ligações ricas em energia
1.7. Reações redox bioquímicas
1.8. Coenzimas

2. CICLO DE KREBS
2.1. Reações do Ciclo de Krebs
2.2. Regulação do Ciclo

3. CADEIA TRANSPORTADORA DE ELÉTRONS E FOSFORILAÇÃO OXIDATIVA
3.1. Reações de transferência de elétrons mitocondriais
3.2. Síntese de ATP
3.3. Mecanismos de regulação
3.4. Mitocôndrias na termogênese

4. METABOLISMO DE CARBOIDRATOS
4.1. Digestão e absorção intestinal
4.2. Glicólise
4.3. Gliconeogênese
4.4. Mecanismo de controle da glicólise/gliconeogênese
4.5. Ciclo da glicose-alanina
4.6. Via das pentoses fosfato
4.7. Glicogênese/Glicogenólise
4.8. Mecanismo de controle da Glicogênese/Glicogenólise

5. METABOLISMO DE LIPÍDEOS
5.1. Digestão e absorção de lipídeos
5.2. Oxidação dos ácidos graxos
5.3. Corpos cetônicos
5.4. Biossíntese de ácidos graxos
5.5. Mecanismo de controle da síntese e degradação de ácidos graxos
5.6. Biossíntese de triacilgliceróis
5.7. Biossíntese de fosfolipídeos
5.8. Biossíntese de colesterol e lipoproteínas

6. METABOLISMO DE AMINOÁCIDOS, NUCLEOTÍDEOS E MOLÉCULAS RELACIONADAS
6.1. Visão geral do metabolismo do nitrogênio
6.2. Digestão e absorção de proteínas e aminoácidos
6.3. Destinos metabólicos dos grupos amino
6.4. Excreção de nitrogênio e Ciclo da uréia
6.5. Vias de degradação dos aminoácidos
6.6. Biossíntese de aminoácidos
6.7. Moléculas derivadas de aminoácidos
6.8. Biossíntese e degradação de nucleotídeos

7. INTEGRAÇÃO METABÓLICA
7.1. Distribuição das principais atividades metabólicas entre os órgãos
7.2. Tecido hepático: função e distribuição dos nutrientes
7.3. Tecido muscular
7.4. Tecido adiposo
7.5. Tecido cerebral
7.6. Regulação hormonal do metabolismo energético

8. BIOQUÍMICA DOS HORMÔNIOS
8.1. Visão geral
8.2. Hormônios polipeptídicos e derivados de aminoácidos
8.3. Hormônios esteróides
8.4. Mecanismo de ação hormonal
8.5. Patologias associadas a distúrbios hormonais


9. AULAS PRÁTICAS
9.1. Noções de espectrofotometria e uso de micropipetas.
9.2. Determinação da succinato desidrogenase
9.3. Curva padrão.
9.4. Curva padrão de glicose e dosagem de glicose.
9.5. Determinação de triacilglicerois.
9.6. Determinação de colesterol.
9.7. Determinação de proteínas totais.
9.8. Determinação de ureia.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • Champe, P.C., Harvey, R.A. Ferrier, D.R. Bioquímica Ilustrada. 3 Ed. Porto Alegre: Artmed, 2006.
  • Nelson, D.L., Cox, M.M. Lehninger – Princípios De Bioquímica. 5 Ed, Porto Alegre: Artmed, 2011.
  • Smith, C.; Marks, A.; Lieberman, M. Bioquímica Médica Básica De Marks – Uma Abordagem Clínica. 2 Ed. Porto Alegre: Artmed, 2007.

Bibliografia Complementar:

  • Devlin, T.M. Manual De Bioquímica Com Correlações Clínicas. 6 Ed. São Paulo: Edgard Blücher, 2006.
  • Marzzoco, A. Torres, B.B. Bioquímica Básica. 3 Ed. Rio De Janeiro: Guanabara Koogan, 2007.
  • Voet, D., Voet, J.G., Pratt, C.W. Fundamentos De Bioquímica. 3 Ed, Porto Alegre: Artmed, 2006.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
T1 2018 / 2 25 22 Química Forense (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
QUI08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
ROSELIA MARIA SPANEVELLO
Professor responsável pela turma

Página gerada em 18/12/2018 23:36:31 (consulta levou 0.071568s)