Nome da Disciplina
CRÍTICA TEATRAL
CÓDIGO
0590172
Carga Horária
34 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
2
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
2
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

O exercício da crítica teatral contextualizado histórico e
culturalmente. As formas da crítica: crítica como gênero textual.
Exercícios críticos.

Objetivos

Objetivo Geral:

 

Objetivos Específicos:

O aluno ao término do semestre deverá ser capaz de identificar a
crítica como um gênero discursivo e textual, bem como compreender
o desenvolvimento da crítica teatral no Brasil, desenvolvendo
exercícios críticos a partir de obras cênicas.

Conteúdo Programático

 A crítica na história do teatro.
 A crítica como gênero textual e discursivo.
 A análise de espetáculos cênicos.
 O exercício prático da crítica de espetáculos cênicos.
 O debate crítico.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BARTHES, Roland. Escritos sobre teatro. São Paulo: Martins Fontes, 2007. BERNSTEIN, Ana. A crítica cúmplice: Décio de Almeida Prado e a formação do teatro brasileiro moderno. São Paulo: Instituto Moreira Sales, 2005. BORNHEIM, Gerd. Gênese e metamorfose da crítica. In: Páginas de Filosofia da arte. Rio de Janeiro: Ed. Uapê, 1998. BOSI, Alfredo. Reflexões sobre a arte. São Paulo: Ática, 1995. BOURDIEU, Pierre. As regras da arte: gênese e estrutura do campo literário. São Paulo: Cia. das Letras, 1996. _______. A distinção: crítica social do julgamento. São Paulo: EDUSP, 2007. _______. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand do Brasil, 2007. CANDIDO, Antônio. Crítica e sociologia. In: Literatura e Sociedade. Rio de Janeiro: Ouro sobre Azul, 2006. CARLSON, Marvin. Teorias do teatro: estudo teórico-crítico dos gregos à atualidade. São Paulo: UNESP, 1997. CARVALHO, Sérgio. O fim anunciado: a crítica de teatro vive seus últimos dias. In: Revista Bravo. Ano2, N. 20. São Paulo, 1999. COELHO, Marcelo. Jornalismo e crítica. In: Rumos da crítica. São Paulo: Itaú Cultural/Senac, 2000. FOUCALT, Michel. As palavras e as coisas. São Paulo: Martins Fontes, 2007. MAGALDI, Sábato. Moderna dramaturgia brasileira. São Paulo: Perspectiva, 1998. _______. Panorama do teatro brasileiro. São Paulo: Global, 2004. MICHALSKI, Yan. O declínio da crítica na imprensa brasileira. Cadernos de Teatro do Tablado, número 100, janeiro/junho de 1984. MORLEY, David. Televisión, audiências e estudios culturales. Buenos Aires: Amorrortu, 1996. ORTIZ, Renato. A Moderna Tradição Brasileira: cultura brasileira e indústria cultural. São Paulo: Brasiliense, 1988. PAVIS, Patrice. Dicionário de Teatro. São Paulo: Perspectiva, 1999. _______. A análise dos espetáculos. São Paulo: Perspectiva, 2003. PRADO, Décio de Almeida. Apresentação do teatro brasileiro moderno: crítica teatral (1947 – 1955). São Paulo: Martins, 1956. _______. Teatro em progresso: crítica teatral (1955 – 1964). São Paulo: Martins, 1964.
  • _______. Exercício Findo: crítica teatral (1964-1968). São Paulo: Perspectiva/Edusp, 1985.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
T1 2018 / 2 30 19 Teatro (Licenciatura - Noturno)
Horários
ManhãTardeNoite
SEG20:30 - 21:20
21:20 - 22:10
ALINE CASTAMAN
Professor responsável pela turma

Página gerada em 13/12/2018 23:26:50 (consulta levou 0.074733s)