Nome da Disciplina
BIOTECNOLOGIA AMBIENTAL
CÓDIGO
1650017
Carga Horária
51 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
3
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
3
CRÉDITOS
3
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Principais conceitos aplicados à ecologia. Contaminantes no compartimento aquático. Tratamentos convencionais. Oxidação biológica aeróbia e digestão anaeróbia. Biodegradação, biotransformação, mineralização, bioestimulação, bioaumento. Substâncias persistentes/recalcitrantes. Distribuição de contaminantes no solo. Biodisponibilidade. Biorremediação. Fitorremediação. Enzimas aplicadas ao meio ambiente. Biossorção e bioacumulação. Biotecnologia avançada. Sistemas de gestão ambiental.

Objetivos

Objetivo Geral:

Proporcionar aos estudantes conhecimentos relacionados aos aspectos relacionados à poluição ambiental, bem como as principais formas de se evitar e/ou minimizar os efeitos nocivos dos compostos tóxicos no meio ambiente.

 

Objetivos Específicos:

Promover o conhecimento dos compostos poluentes e seus impactos no ambiente;

Reconhecer as técnicas de remediação e suas aplicações;

Estimular o trabalho em grupo;

Estimular o pensamento crítico e reflexivo.

Conteúdo Programático

UNIDADE 1 – PRINCIPAIS CONCEITOS APLICADOS À ECOLOGIA

1.1 – Definição e estrutura dos ecossistemas

1.2 – Reciclagem de matéria e fluxo de energia

1.3 – Cadeias alimentares

1.4 – Amplificação biológica

1.5 – Ciclos Biogeoquímicos

1.5.1 – Ciclo do carbono

1.5.2 – Ciclo do nitrogênio

1.5.3 – Ciclo do Fósforo

1.5.4 – Ciclo do Enxofre

1.5.5 – Ciclo Hidrológico

UNIDADE 2 - CONTAMINANTES AMBIENTAIS

2.1 – Poluição x Contaminação

2.2 – Substâncias persistentes/recalcitrantes

2.3 – Contaminantes no compartimento aquático

2.4 – Distribuição de contaminantes no solo

2.5 - Biodisponibilidade

UNIDADE 3 - REMEDIAÇÃO AMBIENTAL

3.1 – Tratamentos convencionais

3.2 – Biodegradação e Biorremediação

3.2.1 – Oxidação biológica aeróbia e digestão anaeróbia

3.2.2 – Biotransformação

3.2.3 – Mineralização

3.2.4 – Bioestimulação

3.2.5 – Bioaumento

3.2.6 – Fitorremediação

3.2.7 – Biossorção

3.2.8 – Bioacumulação

3.2.9 – Enzimas aplicadas ao meio ambiente.

UNIDADE 4 – BIOTECNOLOGIA AVANÇADA

4.1 – Bioinseticidas;

4.2 – Biofertilizantes

UNIDADE 5 - SISTEMAS DE GESTÃO AMBIENTAL

5.1 – ISO 14000

5.2 – ISO 14001

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • [1] Braga, B.; Hespanhol, I.; Conejo, J. G. L. et al., Introdução à Engenharia Ambiental. 2ª ed., São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005.
  • [2] Baird, C., Química Ambiental. 2ª ed. Porto Alegre: Bookman, 2002.
  • [3] Alexander, M., Biodegradation and Bioremediation. Academic Press, 1999.

Bibliografia Complementar:

  • [1]Visilind, P. A.; Morgan, S. M., Introdução à engenharia ambiental. 2ª ed., Cengage Learning, 2011.
  • [2] Girard, J. E., Principles of environmental chemistry. James E. Girard - Boston: Jones and Bartlett, 2010.
  • [3] Artigos científicos de revistas indexadas
  • [4] Periódicos de interesse para o conteúdo da disciplina

Página dinâmica gerada em 2.801672s.