Nome da Disciplina
EIA - RIMA: ESTUDO DO IMPACTO AMBIENTAL
CÓDIGO
0060347
Carga Horária
34 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
2
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
2
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Estudo dos efeitos da ação humana produzidos sobre a natureza. Instrumental técnico-científico: diagnóstico ambiental, identificação, previsão de magnitude e interpretação dos impactos. Medidas mitigadoras e programação de monitoramento.

Objetivos

Objetivo Geral:

Avaliar criticamente a prática dos estudos ambientais.
Conhecer os procedimentos técnico-científicos necessário a sua aplicação

 

Objetivos Específicos:

Avaliar criticamente a prática dos estudos ambientais.
Conhecer os procedimentos técnico-científicos necessário a sua aplicação

Conteúdo Programático

1. Os Estudos de Impactos Ambientais como instrumento jurídico e avaliativo da racionalidade das ações humanas no meio geográfico.

2. EIA - Estudos de Impactos Ambientais

3. RIMA - Relatório Impacto Ambiental.

4. Elaboração de documentos Técnicos e Laudos Periciais.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • AB´SÁBER, AZIZ NACIB E MÜLLER-PLANTENBERG, CLARITA. Previsão de Impactos : O Estudo de Impacto Ambiental no Leste, Oeste e Sul. Experiências no Brasil, na Rússia e na Alemanha. São Paulo: Edusp, 2002.
  • BARTH, R. C. Avaliação da Recuperação de Áreas Mineradas no Brasil. Boletim da Sociedade de Investigações Florestais/ Departamento de Engenharia Florestal/Universidade Federal de Viçosa e Instituto Brasileiro de Mineração – IBRAN. Viçosa – MG, 1989.
  • BRITO, MARIA CECÍLIA WEY DE. Unidades de Conservação : Intenções e Resultados. São Paulo: Annablume,
  • KAHN, MAURO. Gerenciamento de Projetos Ambientais: Riscos e Conflitos. São Paulo: E-Papers, 2003.
  • MEDEIROS, R.M.; SUERTEGUARAY, D.A. e DAUDT, H.M. (org.) – EIA-RIMA: Estudo de Impacto Ambiental.Porto Alegre: Metrópole, 1993.

Bibliografia Complementar:

  • ARAÚJO, Gustavo Henrique De Souza, et all. Gestão Ambiental de Áreas Degradadas. Rio de Janeiro: 2ª Edição. Bertrand Brasil, 2007.
  • BUENO, L. M. M. e CYMBALISTA, R. Planos Diretores Municipais: Novos conceitos de planejamento. São Paulo: Annablume, 2007.
  • GUERRA, A. J. T. e CUNHA, S. B. A Questão Ambiental: Diferentes Abordagens. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 4ª edição, 2008.
  • LITTLE, PAUL E. Políticas Ambientais no Brasil : Análises, instrumentos e experiências. Ed. Peirópolis, 2003.
  • POMPÉIA, S. L. Procedimentos técnicos para recuperação de áreas degradadas por poluição. Anais do Simpósio de Recuperação de Áreas Degradadas, Foz do Iguaçu, 1994.
  • ROMEIRO, ADEMAR RIBEIRO. Avaliação e Contabilização de Impactos Ambientais. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado, 2004.
  • SÁNCHEZ, LUIS ENRIQUE. Avaliação de Impacto Ambiental: Conceitos e métodos. São Paulo: Oficina de Textos, 2006.
  • VERDUM, ROBERTO E MEDEIROS, ROSA MARIA VIEIRA. RIMA - Relatório de Impacto Ambiental : Legislação, elaboração e resultados. Porto Alegre: UFRGS, 5ª edição, 2006.
  • TAKAHASHI, LEIDE. Uso Público em Unidades de Conservação: Cadernos de Conservação. Fundação O Boticário.

Página gerada em 17/12/2018 10:21:44 (consulta levou 0.067275s)