Nome da Disciplina
INTRODUÇÃO À ARTE CONTEMPORÂNEA
CÓDIGO
05000678
Carga Horária
30 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
2
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
2
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Estudo dos conceitos, das práticas e das linguagens artísticas desenvolvidas nos séculos XX e XXI, assim como das formas de produção e divulgação de obras de arte na contemporaneidade.

Objetivos

Objetivo Geral:

Permitir ao aluno o contato inicial com conceitos, práticas e novas linguagens artísticas, preparando-o para a atuação profissional no campo das artes visuais da contemporaneidade.
Capacitar o aluno para:
1. conceituar arte contemporânea;
2. reconhecer manifestações artísticas contemporâneas;
3. identificar procedimentos e atitudes relativas à arte contemporânea;
4. reconhecer formas de produção e divulgação da arte contemporânea;
5. reconhecer as especificidades, os problemas e os desafios da arte contemporânea;
6. discutir a função social do artista na sociedade contemporânea.

Conteúdo Programático

1. Introdução ao assunto: panorama dos principais acontecimentos artísticos dos séculos XX e XXI.
2. Transição da arte moderna à arte contemporânea.
3. Conceituação de arte contemporânea; novas concepções de arte;novas linguagens artísticas.
4. Formas de produção e divulgação de obras de arte na contemporaneidade.
5. Exposições internacionais de arte contemporânea.
6. Museus de arte moderna e contemporânea.
7. O artista visual na sociedade contemporânea. Função social do artista.
8. O público de artes visuais na contemporaneidade.
9. Arte em espaços privados: coleções particulares e galerias comerciais.
10. Arte em espaços públicos: projetos comissionados e intervenções urbanas.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • FARIAS, A. Arte brasileira hoje. São Paulo: Publifolha, 2002, 121 p.
  • ARCHER, M. Arte contemporânea. Uma História Concisa. São Paulo: Martins Fontes, 2001, 263 p.
  • BASBAUM, R. Arte brasileira contemporânea. Texturas. Dicções. Estratégias. Rio de Janeiro, 2001, 403 p.
  • DE FUSCO, R. História da arte contemporânea. Lisboa: Editorial Presença, 1988.
  • FIDELIS, G. Dilemas da matéria. Procedimento, permanência e conservação em arte contemporânea. Porto Alegre: Museu de Arte Contemporânea, RS, 2002.
  • FREIRE, C. Poéticas do processo. Arte Conceitual no Museu. São Paulo: Iluminuras, 1999, 197 p.
  • GOLDBERG, R. A arte da performance. Do futurismo ao presente. São Paulo: Martins Fontes, 2006, 229p.
  • GULLAR, F. Etapas da arte contemporânea. Rio de Janeiro: Revan, 1998, 304 p.
  • HONNEF, K. Arte contemporânea. Colônia: Taschen, 1992.
  • MARTIN, S. Vídeo arte. Colônia: Taschen, 2006, 96p.
  • MELO, A. O que é arte. Lisboa: Difusão Cultural, 1994.
  • MILLET, C. A arte contemporânea. Lisboa: Instituto Piaget, 1997, 147p.
  • RUSH, M. Novas mídias na arte contemporânea. São Paulo: Martins Fontes, 2006, 225p. (Coleção a)

Bibliografia Complementar:

  • AMARAL, Aracy. Arte híbrida – Leda Catunda, Ana Maria Tavares, Mônica Nador, Sérgio Romagnolo. Rio de Janeiro/ São Paulo/ Porto Alegre, FUNARTE/ MAM/ Espaço Cultural BFB, 1989.
  • LAGNADO, Lisette. Entre o desenho e a escultura. São Paulo, Museu de Arte Moderna, 1995.
  • MESQUITA, Ivo. Panorama da Arte Brasileira – 1995. São Paulo, Museu de Arte Moderna, 1995.
  • * Catálogos , Revistas e Jornais especializados em Arte Contemporânea

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
INTRODUÇÃO À ARTE CONTEMPORÂNEA Artes Visuais (Bacharelado)

Página gerada em 14/11/2019 19:56:52 (consulta levou 0.154583s)