Nome da Atividade
ESTUDOS EM DRAMATURGIA
CÓDIGO
05000776
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Estudos sobre o drama ocidental em suas modificações formais, no âmbito histórico, estético, social e político. Metodologias de análise do texto dramático.

Objetivos

Objetivo Geral:

- Discutir as transformações da dramaturgia ocidental, sobretudo a partir do século XIX.
- Compreender o estudo detalhado de um texto dramático e metodologias de análise do mesmo.
- Estudar e compreender a estrutura do drama.

Conteúdo Programático

UNIDADE 1 – INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS DE DRAMATURGIA
1.1 A definição clássica e o drama moderno
1.2 A teoria de Brecht como divisor de águas (estrutura dramática x estrutura épica)
1.3 A concepção de dramaturgia contemporânea

UNIDADE 2 – PANORAMA DA DRAMATURGIA OCIDENTAL
2.1 O espaço ocupado pelo texto dramático no teatro ocidental e as variações do seu status ao longo da história

UNIDADE 3 – O QUE É UM TEXTO DE TEATRO?
2.1 As possíveis especificidades do texto teatral e suas relações com a encenação

UNIDADE 4 – OS ELEMENTOS ESTRUTURAIS DO DRAMA

UNIDADE 5 – A ANÁLISE DO TEXTO TEATRAL (modelos de análise)

UNIDADE 6 – OUTROS OLHARES PARA A DRAMATURGIA
6.1 A ruptura do teatro do absurdo
6.2 O pós-dramático
6.3 Releituras de clássicos e adaptações de outros gêneros literários
6.4 Dramaturgismo e a escrita como processo de criação coletiva

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • CANDIDO, Antonio; ROSENFELD, A.; PRADO, Décio de A.; GOMES, Paulo E. S. A personagem de ficção. São Paulo: Perspectiva, 2004.
  • PALLOTTINI, Renata. Dramaturgia: a construção da personagem. São Paulo: Perspectiva, 2013.
  • ROUBINE, Jean-Jacques. A linguagem da encenação teatral. Rio de Janeiro: Zahar, 1998.
  • RYNGAERT. Jean-Pierre. Introdução à análise do teatro. São Paulo: Martins Fontes, 1996.
  • UBERSFELD, Anne. Para ler o teatro. São Paulo: Perspectiva, 2005.

Bibliografia Complementar:

  • CABRAL, Beatriz Ângela Vieira. Drama como método de ensino. São Paulo: Hucitec, 2006.
  • LEHMANN, Hans-Thies. Teatro pós-dramático. São Paulo: Cosac &Naify, 2007.
  • PAVIS, Patrice. O teatro no cruzamento de culturas. São Paulo: Perspectiva, 2008.
  • RYNGAERT. Jean-Pierre. Ler o teatro contemporâneo. São Paulo: Martins Fontes, 1998.
  • SZONDI, Peter. Teoria do drama moderno [1880-1950]. São Paulo: Cosac &Naify, 2001.

Página gerada em 10/04/2021 16:07:46 (consulta levou 0.078468s)