Nome da Disciplina
CONTAMINANTES EM ALIMENTOS
CÓDIGO
12000165
Carga Horária
30 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
2
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
2
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Contaminantes em alimentos (micotoxinas, contaminantes inorgânicos, resíduos de pesticidas, medicamentos de uso veterinário e de migrantes de embalagens e equipamentos em contato com alimentos). Conceitos básicos. Órgãos de legislação, controle e fiscalização. Limites máximos permitidos. Legislação. Técnicas de análise.

Objetivos

Objetivo Geral:

Conhecer os principais contaminantes e aditivos incidentais em alimentos sendo capaz de identificar técnicas de análise e controle nos alimentos.

 

Objetivos Específicos:

- Conhecer os diferentes contaminantes em alimentos.
- Identificar técnicas de análise.
- Reconhecer os limites permitidos na legislação para contaminantes em alimentos.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BRASIL. Ministério da Saúde. Agencia Nacional de Vigilância Sanitária. Portaria nº 685, de 27 de agosto de 1998. Regulamenta os Princípios Gerais para o Estabelecimento de Níveis Máximos de Contaminantes Químicos em Alimentos. Diário Oficial da União, Brasília, nº165-E, de 28/08/98, Secão I, págs. 28 e 29.
  • BRASIL. Ministério da Saúde. Agencia Nacional de Vigilância Sanitária. Portaria nº 274, de 15 de outubro de 2002. Aprova o Regulamento Técnico Sobre Limites Máximos de Aflatoxinas Admissíveis no Leite, no Amendoim, no Milho. Diário Oficial da União, Brasília, publicado em 16/10/2002.
  • HUGHES, C. Guía de aditivos. Zaragoza: Acribia S. A.1994.

Bibliografia Complementar:

  • SIMÃO, A. M. Aditivos para alimentos sob o aspecto toxicológico. 2ª Ed. São Paulo: Nobel, 1985. 274p.
  • SHEFTEL, V. O. Indirect food aditives and polymers: migration and toxicology. Boca Raton: CRC Press LLC, 2000. 1304p.

Página gerada em 14/11/2019 01:33:45 (atualização a cada 15 minutos)