Nome da Atividade
CIÊNCIAS FORENSES
CÓDIGO
12000214
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Preparo de amostras; Análises toxicológicas em matrizes biológicas ante-mortem e post-mortem; estudo dos constituintes químicos do organismo e alterações químicas/bioquímicas relacionadas às patologias humanas.

Objetivos

Objetivo Geral:

Transmitir ao estudante conhecimento sobre Química Clínica e técnicas de análises e diagnóstico de alterações químicas/bioquímicas relacionadas às patologias humanas.
Abordar os conceitos ligados à prática forense e apresentar as diferentes técnicas analíticas que são utilizadas na investigação criminal.

Conteúdo Programático

PARTE TEÓRICA:
UNIDADE 1. PREPARO DE AMOSTRAS
1.1. Coleta e conservação das amostras biológicas
1.2. Critérios de seleção e avaliação de metodologias analíticas
1.3. Valores de referência
1.4. Ação de interferentes

UNIDADE 2. ANÁLISES TOXICOLÓGICAS EM MATRIZES BIOLÓGICAS ANTE-MORTEM E POST-MORTEM
2.1. Aspectos pré-analíticos
2.2. Aspectos a serem considerados na fase analítica
2.3. Interpretação dos exames toxicológicos

UNIDADE 3 – AVALIAÇÃO DA FUNÇÃO RENAL
3.1- Metabolismo
3.2- Variações patológicas
3.3- Métodos de análises bioquímicas
3.4- Nitrogenados não-protéicos
3.5- Prova de depuração da creatinina endógena (dce).
3.6- Interpretação clínica dos resultados

UNIDADE 4– EQUILÍBRIO HÍDRICO E ELETROLÍTICO
4.1- Volume dos compartimentos líquidos corporais
4.2- Necessidades para o equilíbrio
4.3- Composição dos compartimentos
4.4- Mecanismos reguladores
4.5- Intercâmbio entre os compartimentos
4.6- Balanço e alterações no equilíbrio da água
4.7- Eletrólitos
4.8- Técnica e interpretação dos resultados do equilíbrio hidro-eletrolítico.

UNIDADE 5– EQUILÍBRIO ÁCIDO-BÁSICO
5.1- Sistemas tampões
5.2- Regulação respiratória e renal
5.3- Mecanismo de excreção de ácidos
5.4- Acidose metabólica e respiratória
5.5- Alcalose metabólica e respiratória
5.6- Gasometria

UNIDADE 6- CARBOIDRATOS
6.1- Metabolismo
6.2- Regulação da glicemia: ação dos hormônios
6.3- Variações patológicas.
6.4- Hipoglicemia e hiperglicemia
6.5- Diabete mellitus e diabetes gestacional
6.6- Curva de tolerância à glicose.
6.7- Hemoglobina glicosilada
6.8- Interpretação clínica dos resultados

UNIDADE 7– LIPÍDEOS E LIPOPROTEÍNAS
7.1- Metabolismo
7.2- Apolipoproteínas
7.3- Lipoproteinas
7.4- Classificação das hiperlipoproteinemias.
7.5- Métodos de análises bioquímicas.
7.6- Interpretação clínica dos resultados

UNIDADE 8 - ENZIMAS
8.1- Conceito
8.2- Isoenzimas
8.3- Fatores que influem nas variações da atividade enzimática.
8.4- Principais enzimas: fosfatases, transaminases, desidrogenase láctica, creatino-fosfo-quinase, gama-glutamil-traspeptidade e
glutamato-desidrogenase.
8.5 - Métodos de análises bioquímicas.
8.6 - Variações patológicas: perfil enzimático nas hepáticas, cardíacas, Musculares, ósseas e neoplasias
8.7- Interpretação clínica dos resultados

UNIDADE 9 - PROTEÍNAS
9.1- Formação e funções das proteínas plasmáticas.
9.2 - Albumina e globulinas.
9.3 - Métodos de análises bioquímicas.
9.4 - Perfil eletroforético patológico das proteínas
9.5- Interpretação clínica dos resultados

UNIDADE 10– AVALIAÇÃO DA FUNÇÃO HEPÁTICA E BILIAR
10.1- Funções do fígado.
10.2- Patologia: hepatite, cirrose e colestases.
10.3- Provas relacionadas com o metabolismo das proteínas, pigmentos Biliares e enzimas
10.4- Métodos de análises bioquímicas - bilirrubina.
10.5- Iinterpretação clínica dos resultados.


PARTE PRÁTICA:
Coleta de sangue, Determinação dos níveis de ureia e creatinina, glicose, hemoglobina glicosilada, triglicerídeos, colesterol total e frações, atividade das transaminases, gama-glutamil transferase, creatino-quinase, lactato desidrogenase no sangue.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • Velho, J. A.; Gustavo Geiser, G.; Espindula, A. Ciências Forenses: Uma Introdução Às Principais Áreas Da Criminalística Moderna, Editora Millennium, 2011, 416p.
  • Henry, J.B. Diagnósticos Clínicos E Tratamentos Por Métodos Laboratoriais. 20° Ed. São Paulo: Manole, 2008.
  • Burtis, C.A.; Ashwood, E.D.; Bruns, D.E. Fundamentos De Química Clínica - Tietz. 6° Ed. Rio De Janeiro: Elsevier, 2008.

Bibliografia Complementar:

  • WALTERS, N.; ESTRIDGE, B.; REYNOLDS, A. Laboratório clínico –técnicas básicas. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 1998.
  • NELSON, D. L.; COX, M. M. Princípios de Bioquímica de Lehninger, 5ª ed. Editora Artmed, 2011.
  • GUYTON, A. C. Fisiologia Humana. 6. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1998.
  • GAW, A. Bioquímica clínica: um texto ilustrado em cores. 2.ed. Rio de Janeiro, RJ: Guanabara Koogan, 2001.
  • BERTOLI, L. V. Bioquímica clínica: manual prático. Florianópolis, SC : Edeme, 1973.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
M1 2020 / 2 30 29 Química Forense (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
QUA08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
ETHEL ANTUNES WILHELM
Professor responsável pela turma

MARCIA FOSTER MESKO
Professor Regente

Alexander Ossanes de Souza
Professor Regente

CARLA DE ANDRADE HARTWIG
Professor Regente

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
CIÊNCIAS FORENSES II Química Forense (Bacharelado)

Página gerada em 22/06/2021 00:45:43 (consulta levou 0.112404s)