Nome da Atividade
PRÁTICA DE CAMPO I
CÓDIGO
10910037
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Introdução aos princípios e técnicas gerais da prática de campo em arqueologia, discutindo e estudando a fundamentação teórica e os aspectos pragmáticos das diferentes fases e procedimentos da prospecção no trabalho arqueológico (diagnóstico, levantamento, acompanhamento / monitoramento), incluindo o manuseio de ferramentas e equipamentos, bem como os aspectos administrativos que envolvem a logística de campo.

Objetivos

Objetivo Geral:

- Desenvolver processos de levantamento e avaliação diagnóstica dos estudos e dos riscos ao patrimônio arqueológico de forma prática
- Introdução aos princípios e técnicas gerais da prática de campo em arqueologia.

Conteúdo Programático

1. Avaliação de áreas potenciais através de estudos prévios em gabinete
2. Compreensão de uso básico de equipamentos, imagens e documentos para determinação e mapeamento de sítios arqueológicos
3. Realizar levantamentos em campo de áreas potenciais, tanto pré-históricas como históricas
4. Demarcar com o uso de equipamentos os sítios e objetos sob a superfícies, históricos e pré-históricos
5. Demarcar em plantas, mapas e imagens os sítios, relacionando os processos intra-sítios e inter-sítios
6. Criar programas teóricos de intervenção nos sítios arqueológicos
7. Elaborar procedimentos de salvaguarda e proteção aos sítios arqueológicos
8. Elaborar orçamentos para trabalhos arqueológicos
9. Desenvolver propostas de Educação Patrimonial para as fases de diagnóstico

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BASTOS, R. L.; SOUZA, M. C.; GALLO, H. (Org.). Normas e gerenciamento do patrimônio arqueológico. São Paulo: Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (9ª Superintendência Regional), 2005.
  • FUNARI, P. P. A. Arqueologia. São Paulo: Ática, 1988.
  • RIBEIRO, P. A. M. Manual de introdução à Arqueologia. Porto Alegre: Sulina, 1977.

Página gerada em 20/01/2021 16:52:28 (consulta levou 0.153838s)