Nome da Atividade
ESTUDOS SURDOS: SUJEITO SURDO/LÍNGUA SINAIS
CÓDIGO
17350076
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

A disciplina aborda concepções epistemológicas sobre a surdez e os surdos e apresenta conceitos como o de sujeito surdo e língua de sinais - Língua Brasileira de Sinais, a partir das problematizações dos Estudos Surdos, focando diferentes temáticas relacionadas ao mundo surdo e suas implicações no campo da Educação.

Objetivos

Objetivo Geral:

Geral: Proporcionar a aproximação ao campo dos Estudos Surdos, analisando a história dos movimentos surdos e da língua de sinais e suas implicações no campo da Educação.

Específicos:
- Estudar os conceitos envolvidos nas temáticas dos Estudos Surdos;
- Reconhecer as diferentes abordagens na Educação de Surdos;
- Analisar a história da Educação dos Surdos e suas implicações no campo das Políticas Educacionais Brasileiras

Conteúdo Programático

1.História da educação de surdos
2.Estudos Surdos
2.1.Representações da surdez e dos surdos;
2.2. Movimentos surdos
2.3. Identidades e diferenças surda e outras possibilidades de ser surdo
3.Culturas Surdas
3.1.Marcadores surdos;
3.2.A língua de sinais brasileira;
3.3.Produções artístico-culturais das comunidades surdas;

4.Educação Bilíngue para surdos
4.1.Inclusão escolar e social
4.2 O currículo e os Estudos Surdos
4.3 Práticas escolares na educação de surdos

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • KARNOPP, Lodenir Becker; KLEIN, Madalena; LUNARDI-LAZZARIN, Marcia Lise (orgs.). Cultura surda na contemporaneidade: negociações, intercorrências e provocações. Canoas, RS: Ed. da ULBRA, 2011 KLEIN,Madalena;LUNARDI,Márcia. Surdez: um território de fronteiras. Educação Temática Digital, Campinas, v. 7, n.2, p.14-16, jun. 2006. LACERDA, Cristina B. F. de. SANTOS, Lara F. dos; MARTINS, Vanessa R. de O. (orgs) Escolas e Diferença; caminhos para educação bilíngue de surdos. São Carlos/SP: EdUFSCar, 2016. LEBEDEFF, Tatiana. Análise das estratégias e recursos “surdos” utilizados por uma professora surda para o Ensino de Língua escrita. PERSPECTIVA, Florianópolis, v 24, n. Especial, p. 139-152, jul./dez. 2006. LOPES, Maura; LUNARDI-LAZZARIN, Márcia; MACHADO, Fernanda. Cadernos de Educação. Pelotas: Ed. UFPel, 2010. LOPES, Maura Corcini. Surdez & Educação. Belo Horizonte, MG: Autêntica, 2007; QUADROS, Ronice Müller de. Educação de Surdos. Aquisição da linguagem. Porto Alegre: Artes Médicas. 1997. QUADROS, Ronice Müller de ; KARNOPP, L. B. Língua de sinais brasileira: estudos lingüísticos. 1. ed. Porto Alegre: ArtMed, 2004. SKLIAR, C. B. (Org.). A Surdez: Um olhar sobre as diferenças. 2. ed. Porto Alegre: Mediação, 1998. THOMA, Adriana; LOPES, Maura Corcini. A Invenção da Surdez: Cultura, alteridade, identidade e diferença no campo da educação. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2004. THOMA, Adriana; LOPES, Maura Corcini. A Invenção da Surdez II. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2006. THOMA, Adriana; KLEIN, Madalena. Currículo e Avaliação: a diferença surda na escola. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2009. Revista Feneis n° 44: Surdos no planalto. Junho-Agosto 2011. Revista Feneis n° 45: MEC viola direitos linguísticos e culturais dos surdos. Setembro-Novembro 2011.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
M1 2021 / 1 31 14 Pedagogia (Licenciatura)
Pedagogia (Licenciatura - Noturno)
Horários
ManhãTardeNoite
SEX19:00 - 19:50
19:50 - 20:40
20:40 - 21:30
21:30 - 22:20
MADALENA KLEIN
Professor responsável pela turma

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
ESTUDOS SURDOS: SUJEITO SURDO/LÍNGUA SINAIS Pedagogia (Licenciatura)
ESTUDOS SURDOS: SUJEITO SURDO/LÍNGUA SINAIS Pedagogia (Licenciatura - Noturno)

Página gerada em 07/12/2021 20:56:51 (consulta levou 0.117439s)