Nome da Disciplina
GEOGRAFIA SOCIOAMBIENTAL
CÓDIGO
10060054
Carga Horária
45 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
3
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
3
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
3
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Compreensão das relações homem/natureza, analisando e sintetizando a história da sociedade e o funcionamento dessas relações de forma integrada. Considerando o caráter dinâmico do conhecimento e a complexidade dos problemas ambientais nos meio rural e urbano, na atualidade, esta disciplina desenvolve, também, projetos de pesquisa que envolvam esses problemas buscando atualizar a compreensão da contextualidade em que vivemos.

Objetivos

Objetivo Geral:

Compreender das relações homem/meio, analisando e sintetizando a história da sociedade e o funcionamento dessas relações de forma integrada.

 

Objetivos Específicos:

-Reconhecer a complexidade dos problemas ambientais .
-Identificar as diferentes abordagens sobre a questão ambiental na Geografia.
-Conceituar a questão ambiental como parte das contradições da sociedade moderna, intimamente ligada às noções de progresso, desenvolvimento e racionalidade.

Conteúdo Programático

1. As diferentes abordagens sobre a questão ambiental na Geografia.
2. A geografia da natureza: a questão hoje da dualidade entre geografia da natureza e geografia da sociedade.
3. A questão tecnológica e o meio ambiente.
4. Problemas ambientais urbanos e industrias.
5. Problemas ambientais rurais.
6. Impactos ambientais da mineração.
7. Abordagens geográficas da pesquisa para o planejamento ambiental.
8. Educação Ambiental: abordagens para o ensino da natureza

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • AB`SÁBER, A. N. ET ALL – Geografia e Questão Ambiental. São Paulo: Terra Livre/AGB, 1988.
  • BERTRAND, G. – Paisagem e Geografia Física Global: Esboço Metodológico. Cadernos de Ciência s da Terra. São Paulo: IGO/USP, 1971.
  • CASSETI, V. – Ambiente e Apropriação do Relevo. São Paulo: Difel, 1985
  • CASTROGIOVANNI, A.C. e GOULART, L.B. Uma contribuição à reflexão do ensino de geografia: a noção de espacialidade e o estudo da natureza. IN: Geografia:pesquisa e prática social- Terra Livre –7 /AGB. São Paulo, 1990
  • CEDI, Ação Educativa, CRAB - Educação Ambiental: uma abordagem pedagógica dos temas da atualidade. Rio de Janeiro:CEDI: Koinomia; São Paulo Ação Educativa; Erexim, RS:CRAB, 1995.
  • CHRISTOFOLETTI, A. – Aspectos da Análise Sistêmica em Geografia. Geografia. Rio Claro, V.3 (6), 1978.
  • FRANCO, M. De A R. Planejamento Ambiental para a Cidade Sustentável. São Paulo:Annablume, 2001.
  • GADOTTI, M. . Pedagogia da Terra, São Paulo: Peirópolis, 3 ª Ed. 2000.
  • GOMES, H. – A Questão Ambiental: Idealismo e Realismo Ecológico. Terra Livre, AGB, N3, 1988.
  • GONÇALVES, C. W. P. – Paixão da Terra: Ensaios Críticos de Geografia e Ecologia. Rio de Janeiro: Rocco/SACII, 1984.
  • MENDONCA, F.A . – Geografia e Meio ambiente. São Paulo: Contexto, 1993.
  • MONTEIRO, C. A. F. - A geografia no Brasil (1934-1977): avaliação e tendências. São Paulo, IGEO/USP. 1980.
  • MORAES, A. C.R. – Meio ambiente e Ciência Humana. São Paulo: HUCITEC, 1994.
  • SANTOS,M. – Metamorfoses do espaço habitado. São Paulo: Hucitec. 4ª ed. 1996.
  • ROSS, J.L.S. – Análises e sínteses na abordagem geográfica da pesquisa para o planejamento ambiental. Revista do Departamento de Geografia. São Paulo: N.9, 1995.
  • ROSS, J.L.S. (org) – Geografia do Brasil. São Paulo: EDUSP, 1996.
  • YAZIGI, E. – O ambientalismo: ação e cientificidade em dúvida. Revista do Departamento de Geografia. São Paulo: N.8, 1994.

Página gerada em 14/11/2019 17:25:45 (consulta levou 0.197806s)