Nome da Disciplina
METEOROLOGIA SINÓTICA II
CÓDIGO
19610008
Carga Horária
90 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
6
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
6
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Movimento dos sistemas sinóticos em superfície. Desenvolvimento e movimento dos sistemas sinóticos troposfera superior. Instabilidade baroclínica, ciclogênese e anticiclogênese. Massas de ar. Frentes e frontogênese. Correntes de jato e circulação na troposfera superior. Circulação geral. Análise por imagens de satélite.

Objetivos

Objetivo Geral:

Conhecer as teorias e técnicas adequadas a diagnose do comportamento da atmosfera em escala sinótica

 

Objetivos Específicos:

Aplicar os resultados discutidos nos estudos da Dinâmica da Atmosfera.

Conteúdo Programático

UNIDADE 1: MOVIMENTO DE SISTEMAS DE PRESSÃO EM SUPERFÍCIE
1.1 Os efeitos das forçantes quase-geostróficas
1.2 Os efeitos da topografia
1.3 Exemplos da aplicação da teórica quase-geostrófica

UNIDADE 2: SISTEMAS EM ALTOS NÍVEIS TROPOSFÉRICOS
2.1 Formação de sistemas em altos níveis troposféricos
2.1.1 Instabilidade baroclínica
2.1.2 Instabilidade barotrópica
2.1.3 Efeitos não lineares
2.2 Movimento de cavados e cristas em altos níveis troposféricos
2.2.1 Ondas curtas e longas
2.2.2 Velocidade de grupo
2.2.3 Bloqueios
2.3 Climatologia de altura geopotencial e temperatura em níveis padrões da troposfera

UNIDADE 3: INSTABILIDADE, CICLOGÊNESE E ANTICICLOGÊNESE
3.1 Conceito de instabilidade
3.2 Instabilidade baroclínica e o padrão de escoamento atmosférico
3.3 Tipos especiais:
3.3.1 Ciclogênese explosiva
3.3.2 Baixa polar
3.3.3 Baixa térmica
3.3.4 Alta subtropical
3.3.5 Ciclogênese a sotavento de montanhas

UNIDADE 4: MASSAS DE AR
4.1 Conceito, características e classificações das massas de ar
4.2 Regiões de origem
4.3 Instabilidade e inversões de temperatura
4.4 Interpretação de seções verticais
4.5 Idade e transformação das massas de ar
4.6 Massas de ar sobre a América do Sul

UNIDADE 5: FRENTES
5.1 Descontinuidades:
5.1.1 Em temperatura
5.1.2 No gradiente de temperatura
5.2 Frontogênese
5.2.1 Função frontogenética
5.2.2 Frontogênese quase-geostrófica
5.3 Aspectos observacionais das frentes
5.3.1 Frente fria
5.3.2 Frente quente
5.3.3 Frente estacionária
5.3.4 Frente oclusa
5.3.5 Frentes em ar superior
5.4 Relação entre Frontogênese e Ciclogênese

UNIDADE 6: CORRENTES DE JATO
6.1 Relação entre frentes e jatos
6.2 Formação de jatos
6.3 Movimentos verticais associados aos jatos
6.4 Aspectos observacionais das Correntes de Jato
6.4.1 O jato da frente polar
6.4.2 O jato subtropical
6.4.3 O jato de baixos níveis
6.5 Propagação do núcleo (máximo) do jato
6.6 Acoplamento entre os jatos de altos e baixos níveis

UNIDADE 7: CIRCULAÇÃO GERAL DA ATMOSFERA E AS CORRENTES DE JATO.
7.1 Aspectos mais pronunciados da circulação geral da atmosfera
7.2 Modelos da circulação geral da atmosfera
7.3 Circulações de Hadley, Ferrel e Walker
7.4 As correntes de jato
7.4.1 Efeitos das correntes de jato na circulação geral
7.5 Alísios
7.6 Zona de convergência intertropical
7.7 Monções
7.8 Anticiclones subtropicais

UNIDADE 8: METEOROLOGIA POR SATÉLITES 8.1 Introdução
8.2 Dados de satélites
8.3 Análise das massas de ar nas imagens de satélite
8.4 Identificação de sistemas de escala sinótica em imagens de satélite.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BLUESTEIN, Howard B. Synoptic-dynamic meteorology in midlatitudes: volume 2 : observations and theory of weather systems. New York: Oxford University Press, 1993. 594 p. ISBN 9780195062687.
  • PALMEN, E. Atmospheric circulation systems: their structure and physical interpretation. San Diego: Academic Press, c1969. 603 p. (International geophysics series; 13).
  • SANTURETTE, P.; GEORGIEV, C. G. Weather analysis and forecasting: applying satellite water vapor imagery and potential vorticity analysis. Amsterdam: Elsevier, 2005. 179 p. ISBN 0126192626.

Bibliografia Complementar:

  • ANDERSON, R. K. The use of satellite pictures in weather analysis and farecasting. Geneva: World Meteorological Organization, 1973. 275 p. (Techinical note; 124).
  • CARLSON, T. N. Mid-Latitude Weather systems. London: Routledge, 1994. 507 p.
  • CHANG, J. General circulation models of the atmosphere. New York: Academic Press, 1977. 337 p. (Methods in computational physics. Advances in research and applications. / Series editors Berni Alder, Sidney Fernbach, Manuel Rotemberg; 17) ISBN 0124608175.
  • DJURIC, D. Weather analysis. Upper Saddle River: Prentice Hall, c1994. 304 p. ISBN 0135011493.
  • FEDOROVA, N. Meteorologia sinótica: volume 2. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas. Ed. Universitária, 2001. 2 v. ISBN 8571921547.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
M1 2019 / 2 10 1 Meteorologia (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
QUA14:00 - 14:50
14:50 - 15:40
16:00 - 16:50
SEX14:00 - 14:50
14:50 - 15:40
16:00 - 16:50
HUMBERTO CONRADO
Professor responsável pela turma

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
METEOROLOGIA SINÓTICA II Meteorologia (Bacharelado)

Página gerada em 14/11/2019 04:12:29 (consulta levou 0.158803s)