Nome da Disciplina
ANÁLISE DO DISCURSO EM TEXTOS JORNALÍSTICOS
CÓDIGO
1320453
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Análise da linguagem jornalística na perspectiva da Análise do Discurso.

Objetivos

Objetivo Geral:

Possibilitar aos alunos o exercício crítico sobre a linguagem e sobre as práticas discursivas da sociedade contemporânea; compreender, por meio de ferramentas de análise do discurso, os processos de constituição do sentido nos discursos jornalísticos, bem como sua inserção na sociedade.

 

Objetivos Específicos:

- Estudar a construção do discurso jornalístico no que se refere às estratégias discursivas utilizadas na composição dos textos;
- Investigar e refletir sobre os princípios teóricos e metodológicos de diferentes teorias no campo dos estudos discursivos;
- Discutir noções teóricas que embasam a análise do discurso jornalístico e que revelam as relações entre linguagem, subjetividade e contexto;
- Fornecer subsídios metodológicos para a pesquisa no discurso jornalístico.

Conteúdo Programático

- Os estudos discursivos – da antiguidade aos dias de hoje.
- As diferentes correntes teóricas de Análise do Discurso (AD).
- As pesquisas sobre discurso jornalístico.
- Análise do Discurso: noções-chave: sentido, ideologia, historicidade, sujeito, heterogeneidade, condições de produção e formação discursiva.
- A estrutura linguístico-discursiva do texto jornalístico.
- O funcionamento discursivo do texto.
- A polifonia (citação, discurso direto e indireto).
- O léxico (nomeação, designação e verbos introdutores de opinião).
- Análise de textos verbais.
- Análise de textos não verbais.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ALTHUSSER, Louis (1996). Ideologia e Aparelhos Ideológicos de Estado. IN: ORLANDI, Eni. Análise do discurso: princípios e procedimentos. Campinas: Pontes, 1999. PÊCHEUX, Michel. Por uma análise automática do discurso : uma introdução à obra de Michel Pêcheux. Campinas: UNICAMP, 1990.

Bibliografia Complementar:

  • CHARAUDEAU, Patrick. Discurso político. São Paulo: Contexto, 2008. DIJK, Teun Adrianus van. Cognição, discurso e interação. 6. ed. São Paulo: Contexto, 2004. FAIRCLOUGH, Norman. Discurso e mudança social. Tradução: Izabel Magalhães. Brasília: Ed. UnB, 2001. ZIZEK, Slavoj. Um Mapa da Ideologia. Rio de Janeiro: Contraponto. p. 105 – p. 142.

Página gerada em 09/12/2018 20:12:28 (consulta levou 0.067370s)