Nome da Atividade
FUNDAMENTOS DE CIÊNCIAS SOCIAIS II
CÓDIGO
06560040
Carga Horária
30 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
2
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
2
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Proporcionar aos acadêmicos a experiência e utilização de procedimentos de
pesquisa na produção do conhecimento científico sobre a realidade social,
principalmente, no que se refere às características e problemas enfrentados pelos
profissionais da saúde, na oferta e prestação de serviços à população, tanto em
espaços públicos quanto privados. Além disso, a ênfase será dada aos hábitos e
crenças a respeito da saúde bucal presentes em uma determinada população,
refletindo sobre a formação desses hábitos e crenças, sobre práticas cotidianas
presentes nas mais diferentes classes ou grupos sociais que compõem uma
sociedade. A análise e interpretação dessa realidade se darão à luz dos
conhecimentos teóricos adquiridos na primeira parte da disciplina através de uma
abordagem crítica sobre o desenvolvimento das políticas públicas no Brasil, com o
intuito de que os acadêmicos possam vislumbrar quais as implicações dessa
realidade para o exercício da sua profissão, para o desenvolvimento da sua prática
profissional.

Objetivos

Objetivo Geral:

Analisar criticamente o desenvolvimento histórico das políticas públicas no Brasil,
dando ênfase para as questões relacionadas à saúde;

 

Objetivos Específicos:

Possibilitar uma visão da dimensão social e política da sua ação, do profissional
da saúde, do(a) odontólogo(a), no sentido de intervir na realidade para poder
também transformá-la.

Conteúdo Programático

UNIDADE I – AS CIÊNCIAS SOCIAIS E A SAÚDE
1.1 O surgimento das Ciências Sociais no contexto do Século XIX: Processo de
Consolidação das Ciências Sociais.
1.2 Ciência versus Senso Comum.
1.3 A urgência do diálogo interdisciplinar: Contribuições das Ciências Sociais no
campo da Saúde, especialmente da saúde bucal.
1.4 O processo histórico de disciplinarização do corpo e da boca na sociedade
capitalista.
1.5 A construção sócio-histórica da relação saúde-doença.
1.6 Identidade e Cultura.
1.7 Classes Sociais e estratificação social.
UNIDADE II – POLÍTICAS PÚBLICAS
2.1 Modelos e Conceitos.
2.2 Políticas Públicas: O que é política?
2.3 Estado e Poder: O que é Estado? O que é poder?
2.4 Governo: O que é governo?
2.5 Atores que atuam no campo das Políticas Públicas.
UNIDADE III – POLÍTICAS PÚBLICAS NO BRASIL
3.1 Percurso histórico das Políticas de Saúde no Brasil.
3.2 Os serviços de saúde no Brasil.
3.3 A descentralização das ações e dos serviços de saúde no País.
3.4 Reforma Sanitária e a emergência da Saúde Bucal no Brasil.
3.5 Municipalização da saúde no Brasil: diferenças regionais, estratégias de
governo.
UNIDADE IV – POLÍTICA NACIONAL DE SAÚDE BUCAL
4.1 Saúde Bucal no Sistema Único de Saúde (SUS).
4.2 Saúde Bucal: Uma questão de direito.
4.3 Modelos de Atenção à Saúde Bucal.
4.4 Avanços e desafios da Política Nacional de Saúde Bucal.
3
4.5 Interdisciplinaridade: repensando a prática em saúde.
UNIDADE V – SEMINÁRIOS A PARTIR DE ESTUDOS EXPLORATÓRIOS DA
REALIDADE LOCAL
Essa unidade visa ao conhecimento da realidade local por meio de Pesquisa de
Campo acerca da prática profissional desenvolvida pelo cirurgião-dentista no
cuidado às famílias em âmbito local.
Sugestões de temas:
5.1 Identificação da Rede de Atenção Básica em Saúde Bucal no município de
Pelotas.
5.2 Inserção do profissional nos serviços de saúde: o trabalho em equipe.
5.3 Equipes de saúde bucal na Estratégia de Saúde da Família.
5.4 Acesso da população aos serviços de

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • O que é Estado, Governo, Atores e política pública. In: Marta Rodrigues. Políticas Públicas. SP: Publifolha, 2010, cap. 1, p. 6-12.
  • Políticas sociais no Brasil: descentralização em um Estado federativo. In: Marta Arretche. Revista Brasileira de Ciências Sociais, Vol. 14 Nº 40, junho/99. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbcsoc/v14n40/1712
  • SOUZA, Celina. Políticas Públicas: uma revisão da literatura. In: Sociologias, Porto Alegre, ano 8, nº 16, jul/dez 2006, p. 20-45. Disponível: http://www.scielo.br/pdf/soc/n16/a03n16.pdf
  • CHAVES, Sônia, MOYSÉS, Samuel. Possíveis abordagens teóricas e metodológicas de políticas públicas de saúde, e Os estudos de análise das políticas de saúde bucal no Brasil.. IN: Política de saúde bucal no Brasil: teoria e prática/Sônia Chaves (ORG.). - Salvador: EDUFBA, 2016. P.23-46. https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/21648/1/PoliticaSaudeBucal-RI.pdf
  • VIANNA, Maria Isabel Vianna; PAIM, Jairnilson. Estado e atenção à saúde bucal no Brasil no período pré-constituinte. IN: Política de saúde bucal no Brasil: teoria e prática / Sônia Chaves, organizadora. Salvador:EDUFBA,2016. https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/21648/1/PoliticaSaudeBucal-RI.pdf
  • Uma história da Odontologia no Brasil. Wander Pereira. Revista História & Perspectivas, v. 25, n. 47, 24 jan. 2013.http://www.seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/21268/11525 Odontologia: Um breve histórico. Ricardo Henrique Alves da Silva, Arsenio Sales-Peres. Odontologia. Clín.-Científ., Recife, 6 (1): 7-11, jan/mar., 2007. http://www.ricardohenrique.com.br/artigos/crope-historia.pdf
  • ASSIS, Lucília Nunes et. al. Políticas de saúde bucal no período pós-constituinte: governos FHC e Lula. IN: Política de saúde bucal no Brasil: teoria e prática / Sônia Chaves, organizadora. - Salvador: EDUFBA, 2016. https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/21648/1/PoliticaSaudeBucal-RI.pdf
  • BRASIL. Dados da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/pesquisa_nacional_saude_bucal.pdf CRUZ, Denise Nogueira. EtAll. Evidências Sobre A Utilização Dos Serviços Odontológicos E A Política Nacional De Saúde Bucal (2004). P.206-222. IN: Política de saúde bucal no Brasil: teoria e prática / Sônia Cristina. https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/21648/1/PoliticaSaudeBucal-RI.pdf
  • MASCHIO, Denise Faccio. ET All. Projeto De Reestruturação E Avaliação Do Serviço De Saúde Bucal Na Sanga Funda, Pelotas, Rs. P. 1-10. Revista Extendere –2013. http://periodicos.uern.br/index.php/extendere/article/view/510 BARROS, Sandra et. al. Atenção primária e saúde bucal as evidências de sua implementação no brasil. IN: Política de saúde bucal no Brasil: teoria e prática / Sônia Chaves, organizadora. - Salvador: EDUFBA, 2016. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/21648/1/PoliticaSaudeBucal-RI.pdf
  • AQUILANTE, Aline; ACIOLE, Giovani. Construindo um “Brasil Sorridente”? Olhares sobre a implementação da Política Nacional de Saúde Bucal numa região de saúde do interior paulista. Disponível em:http://www.scielo.br/pdf/csp/v31n1/0102-311X-csp-31-01-00082.pdf
  • SCARPARO, Ângela. Impacto da Política Nacional de Saúde Bucal Programa Brasil Sorridente – sobre a provisão de serviços odontológicos no Estado do Rio de Janeiro. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cadsc/v23n4/1414-462X-cadsc-23-4-409.pdf SCHERER, Charleni. Avanços e desafios da saúde bucal após uma década de Programa Brasil Sorridente. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rsp/v49/pt_0034-8910-rsp-S0034-89102015049005961.pdf
  • CHAVES, Sônia. EtAll.Avaliação da atenção à saúde bucal no Brasil conceitos e abordagens. P. 337-367. IN: Política de saúde bucal no Brasil: teoria e prática / Sônia Cristina Lima Chaves, organizadora. Salvador: EDUFBA, 2016.https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/21648/1/PoliticaSaudeBucal-RI.pdf

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
T1 2020 / 1 50 38 Odontologia (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
QUA13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
LUÍS GUSTAVO TEIXEIRA DA SILVA
Professor responsável pela turma

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
FUND. SOCIO.ANTROPOLOGIA APL.ODONTOLOGIA Odontologia (Bacharelado)

Página gerada em 27/09/2020 11:30:21 (consulta levou 0.187740s)