Nome da Disciplina
EPISTEMOLOGIA DAS CIÊNCIAS SOCIAIS
CÓDIGO
06560044
Carga Horária
60 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Ementa: A ruptura com o senso comum. Ontologia; Epistemologia e Metodologia - significados e diferenças. A questão dos paradigmas na pesquisa em Ciências Sociais e o papel da teoria na investigação científica.

Objetivos

Objetivo Geral:

Objetivo(s) geral(ais): Propiciar ao discente noções básica sobre a construção do conhecimento científico na área de Ciências Sociais e seus paradigmas.

 

Objetivos Específicos:

Objetivo(s) específico(s):
Explicar a noção de senso comum e a promoção da ruptura epistemológica;
Permitir ao discente o domínio conceitual de conceitos como Ontologia, Epistemologia e Metodologia;
Promover no discente a capacidade de identificar os principais paradigmas que norteiam a investigação científica nas ciências sociais

Conteúdo Programático

Programa:
Unidade I:
- Abordar a noção de senso comum e a promoção da ruptura epistemológica;
- Ontologia: significado e implicações teóricas;
- Epistemologia: significado;
- Metodologia: definições e diferença conceitual com método, Ontologia e Epistemologia.
Unidade II:
Apresentar os principais paradigmas das Ciências Sociais;
Apresentar os fundamentos epistemológicos e sua ligação com as estratégias básicas da investigação social

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ANDERY, Maria Amélia. Para compreender a ciência. Espaço e Tempo: São Paulo 1988.
  • CHALMERS, A. O que é ciência afinal? São Paulo: Brasiliense, 1993.
  • BOMBASSARO, Luiz Carlos. As Fronteiras da Epistemologia. Rio de Janeiro: Vozes, 1997.
  • KUHN, Thomas. A Estrutura das Revoluções Científicas. São Paulo: Perspectiva, 1996.
  • LÓWY, Michael, Ideologias e Ciência Social. São Paulo: Cortez, 1991.

Bibliografia Complementar:

  • BACON. Francis. Novum Organum. In: Os Pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1979. VI a XXIV e 3 a 89.
  • BOMBASSARO, Luiz Carlos. Ciência e Mudança Conceitual: Notas para Epistemologia e História da Ciência. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1975.
  • BRUYNE de, Paul; HERMAN Jacques; SCHOUTHEETE, Marc. Dinâmica da Pesquisa em Ciências Sociais. Rio de Janeiro: F. Alves, 1977. (p. 101-105). Janeiro: Vozes, 1997.
  • COMTE, Auguste. Curso de filosofia positiva. In: Os Pensadores. São Paulo: Nova Cultural, 1988.
  • DESCARTES, René. O discurso do Método. In: Os Pensadores. São Paulo:
  • Dutra, luiz Henrique. Introdução à Epistemologia. São Paulo: UNESP, 2010.
  • LAKATOS, Imre e MUSGRAVE, Alan. A Crítica do Desenvolvimento do Conhecimento. São Paulo: Cultrix, 1977.
  • POPPER, Karl. Textos escolhidos. Rio de Janeiro: Contraponto; PUC-RIO, 2010. _____. A lógica da Pesquisa científica. São Paulo: Cultriz, 1974a.
  • LAKATOS, Imre; MUSGRAVE, Alan (Orgs). A crítica e o desenvolvimento do conhecimento. São Paulo: Cultrix, 1979, p.
  • SILVERA, Fernando; MASSONI, Neusa T. Epistemologias do Século XX. São Paulo: E.P.U, 2011.
  • SARTORI, Carlos A.; GALLINA, Albertinho. Ensaios de Epistemologia Contemporânea. Ijuí – RS: Editora Unijui, 2010.
  • SCHWARTZ Joseph. O Momento criativo: mito e alienação nas ciências modernas. Círculo do Livro. 1992. p. 23-107.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
T1 2019 / 2 66 61 Ciências Sociais (Licenciatura - Noturno)
Ciências Sociais (Bacharelado - Noturno)
Horários
ManhãTardeNoite
SEG19:00 - 19:50
19:50 - 20:40
20:40 - 21:30
21:30 - 22:20
LEO PEIXOTO RODRIGUES
Professor responsável pela turma

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
METODOLOGIA DA PESQUISA SOCIAL I Ciências Sociais (Bacharelado - Noturno)
MÉTODOS E TÉCNICAS DA PESQUISA SOCIAL I Ciências Sociais (Licenciatura - Noturno)

Página gerada em 16/09/2019 01:32:40 (consulta levou 0.134711s)