Nome da Disciplina
ESTUDOS DA IMAGEM: VISUALIDADE, ARTE E LEITURAS
CÓDIGO
05000979
Carga Horária
horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

O seminário propõe levantar um repertório de conceitos que forneçam suporte para a discussão sobre Arte e Imagem, buscando a reflexão sobre o alargamento de fronteiras disciplinares junto ao conhecimento artístico. Será abordado os diferentes usos da imagem e sua problemática nas Artes Visuais, bem como a reflexão sobre visualidade e narrativas. Por meio de discussões bibliográficas e de exercícios práticos, o seminário discute a investigação sobre a temática.

Objetivos

Objetivo Geral:

- Aprofundar o estudo e uso da imagem como fonte no campo das Artes;
- Apresentar e debater os processos de análise e interpretação de imagens, em diferentes suportes e propostas de pesquisa, tendo em vista a sua relação com o estudo sobre narrativas e seu desdobramento na investigação em Artes.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BACSKO, Bronislaw. Imaginação social. Encilopédia Enaudi. Vol. 5. Anthropos-homem, pp. 296-332.
  • GARCÍA CANCLINI, Néstor. Culturas híbridas – Estrategias para entrar y salir de la modernidad. Mexico: Ed. Grijalbo, 1989a.
  • GARCÍA CANCLINI, Néstor. “Culturas híbridas – El espacio comunicacionalcomo problema interdisciplinario”. Revista Telos, 19, set\nov. 1989b, p.13-20.
  • GRUZINKI, Serge. A guerra das imagens: de Cristóvão Colombo a Blade Runner (1492-2019). Trad. Rosa F. d’Aguiar. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.
  • GRUZINKI, Serge. O pensamento mestiço. SP: Companhia das Letras, 2004.
  • GRUZINKI, Serge. Os mundos misturados da monarquia católica e outras connected histories. Topoi, Rio de Janeiro, março.2001, pp. 175-195.
  • OLIVEIRA, Mari. A América Alegorizada: Imagens e Visóes do Novo mundo na iconografia européia dos séculos XVI – XVIII. João Pessoa: Editora da UFPB, 2014.
  • RICOUER, Paul. A memoria, história e esquecimento. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2007.
  • MENESES, U. A história, cativa da memória? Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, n. 34, pp. 9-24, 1992.
  • HARTOG, François. Tempo, história e escrita da história: a ordem do tempo. Revista de História, n. 148, pp. 9-34, 2003.

Página gerada em 25/01/2020 03:39:36 (consulta levou 0.533886s)