Nome da Disciplina
GESTÃO, CURRÍCULO E PRÁTICAS ESPACIAIS
CÓDIGO
10060138
Carga Horária
60 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Promover a discussão crítica sobre as concepções que fundamentam a gestão escolar, o trabalho administrativo-pedagógico e o currículo e demonstrar que a gestão escolar constitui-se de práticas espaciais localizadas e engendradas por agentes sociais concretos, sendo caracterizada por uma escala temporal limitada. Elucidar a importância da atuação democrática, participativa e o papel dos educadores e da comunidade escolar nas práticas espaciais de organização e gestão da escola.

Objetivos

Objetivo Geral:

Gerais
Viabilizar que os alunos compreendam a gestão escolar, o trabalho administrativo-pedagógico e o currículo como resultado de práticas espaciais em diferentes contextos e escalas de ação.
Específicos
· Discutir com base em referenciais teóricos os conceitos de prática espaciais, currículo e gestão escolar.
· Entender a importância da prática espacial como mecanismos de organização e gestão da escola.
· Analisar de forma crítica e contextualizada diferentes realidades de gestão escolar.
· Compreender a importância da atuação democrática e participativa, bem como o papel dos estudantes e da comunidade escolar como imprescindíveis para a prática docente.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • LIBÂNEO, José Carlos. As relações ‘dentro e fora’ na escola ou as interfaces entre práticas socioculturais e ensino. In: LIBÂNEO, José Carlos; ALVES, Nilda (org.). Temas de pedagogia: diálogos entre didática e currículo. São Paulo: Cortez, 2012. LÜCK, Eloisa. Dimensões da gestão escolar e suas competências. Editora Positivo: Curitiba. 2009. MAINARDES, Jefferson. Abordagem do ciclo de políticas: uma contribuição para a análise de políticas educacionais. Educação & Sociedade, Campinas, v. 27, n. 94, p. 47-69, jan./abr. 2006. Disponível em: PARO, Vitor Henrique. Gestão democrática na escola púbica. Editora Cortez: São Paulo, 2016. PARO, Vitor Henrique. O caráter político e administrativo das práticas cotidianas na escola pública. In: PARO, Vitor Henrique. Gestão democrática na escola púbica. Editora Cortez: São Paulo, 2016. PINTO, Umberto de Andrade. A docência em contexto e os impactos das políticas públicas em educação no campo dea didática. In: LIBÂNEO, José Carlos; ALVES, Nilda (org.). Temas de pedagogia: diálogos entre didática e currículo. São Paulo: Cortez, 2012. SOUZA, Marcelo Lopes. Práticas Espaciais. In: SOUZA, Marcelo Lopes. Os conceitos fundamentais da pesquisa sócio-espacial. 3º Edição. Rio de Janeiro, 2016. SOUZA, Marcelo Lopes. Escala geográfica, ‘construção social da escala’, e ‘políticas escalares. In: SOUZA, Marcelo Lopes. Os conceitos fundamentais da pesquisa sócio-espacial. 3º Edição. Rio de Janeiro, 2016. SILVA, Tomaz Tadeu. Teorias do currículo: o que é isso? In: SILVA, Tomaz Tadeu. Documentos de Identidade: uma introdução as teorias do currículo. Belo Horizonte: Autêntica, 2015. SILVA, Tomaz Tadeu. Das teorias tradicionais às teorias críticas. In: SILVA, Tomaz Tadeu. Documentos de Identidade: uma introdução as teorias do currículo. Belo Horizonte: Autêntica, 2015. SILVA, Tomaz Tadeu. As teorias pós-críticas. In: SILVA, Tomaz Tadeu. Documentos de Identidade: uma introdução as teor

Bibliografia Complementar:

  • LOPES, Alice Casimiro. Currículo. In: Teorias de Currículo. São Pulo Cortez, 2011. LÜCK, Heloísa. Dimensões de gestão escolar e suas competências. Curitiba. Editora Positivo, 2009. LÜCK, Heloísa. Gestão escolar: uma questão paradigmática. 8ª. Edição. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011. MONTEIRO, Ana Maria Ferreira da Costa. Professores: Entre saberes e Práticas. Revista: Educação & Sociedade; volume 22, número 74, páginas 121-142. 2001. VASCONCELLOS, C. S. Planejamento: plano de ensino-aprendizagem e projeto educativo. São Paulo: Libertad, 1995. PEREIRA, C. M. R. B.; CARLOTO, D. R. Reflexões sobre o papel social da escola. PESQUISAR – Revista de Estudos e Pesquisas em Ensino de Geografia 3.4 (2016). VEIGA, I. P. A. Projeto político-pedagógico da escola: Uma construção possível. Campinas: Papirus Coleção Magistério: Formação e Trabalho Pedagógico. 1995. YOUNG, Michael. Para que servem as escolas? Revista Educ. Soc., Campinas, vol. 28, n. 101, p. 1287-1302, set./dez. 2007.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
T1 2019 / 2 50 29 Geografia (Licenciatura - Noturno)
Horários
ManhãTardeNoite
QUI19:00 - 19:50
19:50 - 20:40
20:40 - 21:30
21:30 - 22:20
LIZ CRISTIANE DIAS
Professor responsável pela turma

T2 2019 / 2 50 19 Geografia (Licenciatura - Noturno)
Horários
ManhãTardeNoite
QUA19:00 - 19:50
19:50 - 20:40
20:40 - 21:30
21:30 - 22:20
LIZ CRISTIANE DIAS
Professor responsável pela turma

Página gerada em 22/11/2019 18:32:06 (consulta levou 0.109035s)