Nome da Disciplina
FRUTÍFERAS NATIVAS, SILVESTRES E EXÓTICAS
CÓDIGO
01210047
Carga Horária
30 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
1
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
2
CRÉDITOS
2
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

A disciplina de Frutíferas Nativas, Silvestres e Exóticas oferece uma visão global da morfologia e fisiologia das partes e órgãos de plantas frutíferas não estudadas na disciplina obrigatória de Sistemas de Produção em Fruticultura, com ênfase em espécies frutíferas nativas do Brasil e suas relações com as condições ecológicas, enfatizando adaptação climática, solo e água. O curso é apresentado em aulas teóricas, reforçado com aulas práticas, principalmente sobre os aspectos de crescimento e desenvolvimento, florescimento e frutificação. Sistemas de produção para frutas nativas, silvestres e exóticas, dando-se ênfase à sustentabilidade, qualidade, respeito ao ambiente e à saúde do homem.

Objetivos

Objetivo Geral:

Estudo sobre técnicas de produção e mercado de frutas nativas de origem brasileira (naturais do país), silvestres (da selva ou mata, que nasceram, cresceram, dando flores e frutos, sem cultivo) e exóticas (não são naturais do país, são procedentes ou originadas de outros países), as quais abrem uma nova área de importância econômica, social e alimentar na fruticultura brasileira, bem como sua interação com o ambiente e de que forma o manejo agronômico interfere na produção frutícola.
Objetivo(s) Específico(s)
- Intensificar os debates, divulgar as culturas nativas, silvestres e exóticas de importância na região sul do país e aumentar os conhecimentos, a fim de capacitar ainda mais os estudantes de Agronomia que pretendem se dedicar à produção de cereja-do-Rio-Grande, jabuticaba, araçá, pitanga, butiá, guabiroba, guabiju, goiaba serrana, pêssego do mato, uvaia, romã, physalis e lichia;
- Caracterizar as espécies frutíferas citadas e suas partes;
- Identificar os fatores genéticos e/ou ambientais que influenciam na fisiologia e comportamento de frutícolas;
- Reconhecer o hábito de crescimento e frutificação destas espécies frutícolas;
- Estudar as principais formas de propagação para obtenção de mudas de frutíferas, bem como sua fisiologia.

Conteúdo Programático

1 - Importância econômica e potencialidades das frutas nativas, silvestres e exóticas;
2 – Cultura da Cerejeira-do-Rio-Grande;
3 - Cultura da Jabuticabeira;
4 – Cultura do Araçazeiro;
5 – Cultura da Pitangueira;
6 – Cultura do Butiazeiro;
7 – Cultura da Guabirobeira;
8 – Aula prática no pomar da Palma;
9 – Cultura do Guabijueiro;
10 – Cultura da Goiabeira Serrana;
11 – Cultura do Pessegueiro do Mato;
12 – Cultura da Uvaieira;
13 – Cultura da Romazeira;
14 – Cultura da Physalis;
15 – Cultura da Lichieira;
16 – Aula prática no pomar da Palma;
17 – Apresentação de Seminários.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • FACHINELLO, J.C.; HOFFMANN, A.; NACHTIGALL, J.C. Propagação de plantas frutíferas. Brasília: Embrapa, 2005. 221p. GOMES, P. Fruticultura brasileira. 13. ed. São Paulo: Nobel, 2007. 446p. LORENZI, H.; BACHER, L.; LACERDA, M.; SARTORI, S. Frutas brasileiras e exóticas cultivadas: de consumo in natura. São Paulo: Instituto Plantarum, 2006. 640p.

Bibliografia Complementar:

  • EMATER. Curso Básico de Fruticultura. Porto Alegre: ASCAR, 2007. 112 p. FACHINELLO, J.C.; NACHTIGAL, J.C.; KERSTEN, E. Fruticultura, fundamentos e práticas. FAEM/UFPEL. 2008. Publicação on line. http://www.cpact.embrapa.br/publicacoes/download/livro/fruticultura_fundamentos_pratica/14.htm LIRA JÚNIOR, J.S. Pitangueira. Recife: IPA, 2007. 87 p. MANICA, I. Fruticultura em pomar doméstico: planejamento, formação e cuidados. Porto Alegre: Rigel, 1993. 143p. RASEIRA, M.C.B.; RASEIRA. A. Contribuição ao estudo do araçazeiro, Psidium cattleyanum. Pelotas: EMBRAPA-CPACT, 1996. 95p. TAIZ, L; ZEIGER, E. Fisiologia Vegetal. 2012.Ed. Artmed, Porto Alegre. 954p.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
M1 2019 / 2 15 14 Agronomia (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
QUI08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
PAULO CELSO DE MELLO FARIAS
Professor responsável pela turma

Página gerada em 20/11/2019 02:40:53 (consulta levou 0.152826s)