Nome da Disciplina
EPIDEMIOLOGIA DE DOENÇAS DE PLANTAS
CÓDIGO
01200026
Carga Horária
60 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Conceitos gerais de epidemiologia de doenças de plantas; natureza das epidemias; quantificação de doenças de plantas; analise temporal de epidemias; analise espacial de epidemias; quantificação de danos e perdas; sobrevivência do patógeno e as implicações epidemiológicas; implicações epidemiológicas associada a forma de disseminação do patógeno; Sistemas de previsão e alerta para doenças de plantas; tomada de decisão no manejo de doenças de plantas; medidas epidemiológicas e seu efeito epidemiológicos.

Objetivos

Objetivo Geral:

Geral

Fornecer ao aluno o entendimento da dinâmica das doenças de plantas no tempo e no espaço para subsidiar o estabelecimento de estratégias de manejo eficazes e seguras.

Específicos:

Preparar o aluno para compreender a evolução das doenças no tempo e no espaço;
Estimular no aluno a analise global da doença considerando o sistema envolvido para estabelecer as medidas no manejo integrado.
Proporcionar segurança ao transmitir esses conhecimentos aos profissionais das áreas agrárias

Conteúdo Programático

- Conceitos gerais de epidemiologia de doenças de plantas;
- Natureza das epidemias;
-Exemplos de epidemias importantes; Fatores do hospedeiro, patógeno e ambiente que afetam epidemais;
- Quantificação de doenças de plantas;
-Variáveis avaliadas, escalas para avaliação de severidade, softwares para avaliação;
- Analise temporal de epidemias;
-Preparo das curvas de progresso e interpretação
- Analise espacial de epidemias;
Métodos de avaliação e interpretação
- Quantificação de danos e perdas;
- Sobrevivência do patógeno e as implicações epidemiológicas;
- Implicações epidemiológicas associada a forma de disseminação do patógeno;
- Sistemas de previsão e alerta para doenças de plantas;
- Tomada de decisão no manejo de doenças de plantas;
- Medidas epidemiológicas e seu efeito epidemiológicos.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • AMORIM, L.; REZENDE, J.A.M. & BERGAMIN FILHO, A. eds. Manual de Fitopatologia. Volume 1 - Princípios e Conceitos. 4ª Edição. Editora Agronômica Ceres Ltda. São Paulo. 2011. 704p BERGAMIN FILHO, Armando. Doenças de plantas tropicais: epidemiologia e controle econômico. São Paulo: Ceres, 1996. 289 p. VALE, F.X.R., JESUS Jr, W.C., ZAMBOLIN, L. Epidemiologia aplicada ao manejo de doenças de plantas. Belo Horizonte, MG: Editora Perfil, 2004. 531p. ZAMBOLIN, L.; JESUS Jr, W.C., RODRIGUES, F.A. O essencial da fitopatologia: epidemiologia de doenças de plantas. Viçosa, MG: Suprema Gráfica, 2014. 471p. (solicitada aquisição) ZAMBOLIN, L.; JESUS Jr, W.C., RODRIGUES, F.A. O essencial da fitopatologia: controle de doenças de plantas. Viçosa, MG: Suprema Gráfica, 2014. 576p. (solicitada aquisição)

Bibliografia Complementar:

  • AGRIOS, G. N. Plant Pathology. 5ed. London: Elsevier Academic Press, 2005. 922p. CAMPBELL, C.L.; MADDEN, L.V. Introduction to Plant Disease Epidemiology. 1990. New York, John Wiley. JONES, D.G. The Epidemiology of Plant Diseases. 1998. Dordrecht, Kluwer. KRANZ, J. Comparative Epidemiology of Plant Diseases. 2003. Berlin, Springer. MADEN, L.V.; HUGLES, G.; VAN DEN BOSCH, F. The Study of Plant Disease Epidemics. 2007. St. Paul. APS Press. REIS, E.M. Previsão de Doenças de Plantas. 2004. UPF Editora, Passo Fundo

Página gerada em 22/09/2019 11:30:10 (consulta levou 0.086124s)