Nome da Atividade
EDUCAÇÃO PARA AS RELAÇÕES ÉTICO-RACIAIS
CÓDIGO
10900134
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

A disciplina estuda os fundamentos das relações raciais na sociedade brasileira e trata das considerações e análises sobre pertencimento étnico e preconceito étnico-racial, do pluralismo étnico e multiculturalismo, dos conteúdos políticos e pedagógicos que permeiam as Leis 10.639/2003 e 11.645/2008, que tornam obrigatória a inserção da História da África, dos africanos, dos afro-brasileiros e dos indígenas no currículo escolar, além da reflexão para a ação pedagógica das relações étnico-raciais, com base na diversidade.

Objetivos

Objetivo Geral:

Proporcionar aos discentes a análise dos debates sobre a Educação das relações Étnico-raciais, sob o entendimento de complexidade de conhecimentos e concepções, importantes ao exercício da cidadania plena e prática da alteridade.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ALONSO, Ângela. O Abolicionismo como Movimento social. Novos Estudos. CEBRAP. 100. Novembro 2014, p. 115-137. GOMES, Flávio; FERREIRA, Roquinaldo. A Miragem da Miscigenação. Revista Novos Estudos CEBRAP, 80, março de 2008, p. 141- 160. GOMES, Nilma. Alguns Termos e Conceitos Presentes no Debate sobre Relações Raciais no Brasil: uma Breve Discussão. In: BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade. Educação Anti-Racista: Caminhos Abertos pela Lei Federal nº 10.639/03. Brasília, 2005, p. 39-62. HASENBALG, Carlos. Discriminação e Desigualdades Raciais no Brasil. Rio de Janeiro: Edições Graal Ltda, 1979. MUNANGA, kabengele. Uma abordagem conceitual das noções de raça, racismo, identidade e etnia. Palestra proferida no 3º Seminário Nacional Relações Raciais e Educação-PENESB-RJ, 05. Nov. 2003.

Bibliografia Complementar:

  • FANON, Frantz. Os condenados da terra. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1979. HALL, Stuart. Da diáspora: identidades e mediações culturais. Belo Horizonte: Ed. da UFMG, 2003. MOREIRA, Antônio Flávio, CANDAU, Vera Maria (Orgs.). Multiculturalismo: diferenças culturais e práticas pedagógicas. Petrópolis: Vozes, 2008. NASCIMENTO, Abdias. O Genocídio do Negro Brasileiro. São Paulo: Perspectiva, 2017. SILVA, Ana Célia da. Branqueamento e Branquitude: conceitos básicos na formação para a alteridade. NASCIMENTO, A.D; HETKOWSKI, T.M (Org.). Memória e formação de professores [online]. Salvador: UFBA, 2007. p. 87- 101.

Página gerada em 29/11/2022 03:51:38 (consulta levou 0.051431s)