Nome da Atividade
ANÁLISE DE ALIMENTOS POR CROMATOGRAFIA, ELETROFORESE CAPILAR E ESPECTROMETRIA DE MASSAS
CÓDIGO
01220042
Carga Horária
68 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Proporcionar informações teóricas e conhecimento prático em cromatografia a líquido (papel, camada delgada, coluna aberta e de alta eficiência), a gás e em eletroforese capilar, evidenciando os princípios de separação dos compostos, a instrumentação e a aplicação das técnicas em análise de alimentos e bebidas, como determinação de compostos fenólicos, lipídios, pigmentos, vitaminas, micotoxinas, aditivos, defensivos agrícolas e compostos voláteis. Tem-se o objetivo de desenvolver uma análise crítica sobre a implementação de métodos quali e/ou quantitativos para análises de alimentos, especialmente voltada ao desenvolvimento de pesquisas em ciência de alimentos e inovação tecnológica (nos campos do desenvolvimento e caracterização de novos produtos).

Objetivos

Objetivo Geral:

Capacitar alunos de pós-graduação em (1) Métodos Clássicos (Cromatografia em papel, camada delgada, coluna aberta); (2) Métodos Instrumentais (Cromatografia líquida de alta eficiência, cromatografia a gás, eletroforese capilar); e (3) Espectrometria de Massas.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BUCHBERGER, A. R.;Delaney, K.; Johnson, J.; Li, L. Mass Spectrometry Imaging: A Review of Emerging Advancements and Future Insights. Analytical chemistry. 2017. DOI: 10.1021/acs.analchem.7b04733
  • COLLINS, C.H.; BRAGA, G.L.; BONATO, P.S. Fundamentos de Cromatografia. Campinas. UNICAMP. 2006
  • Harris, C. D. LUCY, C. A. Análise Química Quantitativa, 9ª ed, LTC. 2017.
  • HOLLER, F. J.; SKOOG, D. A; CROUCH, S. R. Principles of Instrumental Analysis. 7. ed. Boston. CENGAGE Learning. 2016.
  • Li, X.; Ma, W.; Li, H.; Ai, W.; Bai, Y.; Liu, H. Sampling and analyte enrichment strategies for ambient mass spectrometry.(Review). Analytical and Bioanalytical Chemistry, v. 410 (3). 2018. DOI: 10.1007/s00216-017-0658-2.
  • Shelley, J. T.; Badal, S. P.; Engelhard, C.; Hayen, H. Ambient desorption/ionization mass spectrometry: evolution from rapid qualitative screening to accurate quantification tool.(Review). Analytical and Bioanalytical Chemistry, v. 410. 2018. DOI: 10.1007/s00216-018-1023-9.
  • Vidova, V.; Spacil, Z. A review on mass spectrometry-based quantitative proteomics: Targeted and data independent acquisition. Analytica Chimica Acta, v. 9643. 2017. DOI: 10.1016/j.aca.2017.01.059

Página gerada em 30/09/2022 19:44:05 (consulta levou 0.056645s)