Nome da Atividade
A ENFERMAGEM NOS CUIDADOS PALIATIVOS E TERMINALIDADE
CÓDIGO
18890020
Carga Horária
50 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
50
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
50
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Propiciar ao residente da enfermagem conhecimento que fundamentem a assistência de enfermagem ao paciente com câncer fora de possibilidades de cura, articulando os princípios da OMS e do INCA para os cuidados paliativos na prática de enfermagem.

Objetivos

Objetivo Geral:

Propiciar ao residente da enfermagem conhecimento que fundamentem a assistência de enfermagem ao paciente com câncer fora de possibilidades de cura, articulando os princípios da OMS e do INCA para os cuidados paliativos na prática de enfermagem.

Conteúdo Programático

1. As bases teóricas dos Cuidados Paliativos e a enfermagem.
2. A enfermagem na Comunicação em Cuidados paliativos
3. A Assistência de enfermagem no Controle de Sintomas
4. A Sistematização da Assistência de enfermagem nos cuidados Paliativos ao indivíduo e família
5. Trabalho Interdisciplinar - Planejamento em equipe, Paciente e família
6. Bioética e suas implicações com o final da vida

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • Academia Nacional de Cuidados Paliativos. Critérios de qualidade para os cuidados paliativos. 1ªed. Rio de Janeiro: Diagraphic, 2006, 60p. Academia Nacional de Cuidados Paliativos. Manual de cuidados paliativos. 1ª ed. Rio de Janeiro : Diagraphic, 2009, 320p. "COSTA FILHO, Rubens C; COSTA, João Luiz Ferreira; GUTIERREZ, Fernando Luiz B da R; MESQUITA, Ayla Farias de. Como implementar cuidados paliativos de qualidade na unidade de terapia intensiva. Revista brasileira de terapia intensiva, v. 20, n.1, p. 88-92, 2008. FLORIANI, Ciro Augusto; SCHRAMM, Fermin Roland. Desafios morais e operacionais da inclusão dos cuidados paliativos na rede de atenção básica. Caderno de Saúde Pública, v. 23, n.9, p.2072-2080, 2007. FLORIANI, Ciro Augusto; SCHRAMM, Fermin Roland. Cuidados paliativos: interfaces, conflitos e necessidades. Ciência e Saúde Coletiva, v.13, n.2, p.2123-2132, 2008. "FLORIANI, Ciro Augusto; SCHRAMM, Fermin Roland . Casas para os que morrem: a história do desenvolvimento dos hospices modernos História, Ciências, Saúde. v.17, supl.1, jul. 2010, p.165-180. "MORITZ, Rachel Duarte et al. Terminalidade e cuidados paliativos na unidade de terapia intensiva. Revista brasileira de terapia intensiva. V.20, n.4, p.422- 428, 2008. "National Institute of Nursing Research. Palliative care: the relief you need when you’re experiencing the symptoms of serious illness. 1ª ed. NIH publication,2009,15p. Disponível em: www.ninr.nih.gov Acesso em: 20 fev. 2011. " OLIVEIRA, Érika Arantes de; SANTOS, Manoel Antônio dos ; MASTROPIETRO, Ana Paula. Apoio psicológico na terminalidade: ensinamentos para a vida. Psicologia em Estudo, v. 15, n. 2, p. 235-244, 2010. OLIVEIRA, Aline Cristine de; SILVA, Maria Júlia Paes da. Autonomia em cuidados paliativos: conceitos e percepções de uma equipe de saúde. Acta Paulista de obre a visita domiciliária do enfermeiro à família no processo de terminalidade.

Página gerada em 30/09/2022 19:05:28 (consulta levou 0.055244s)