Nome da Disciplina
CIÊNCIA POLÍTICA V
CÓDIGO
0560062
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Ementa: Determinantes históricos da política brasileira; As Instituições Políticas e os Sistemas Políticos do Brasil.

Objetivos

Objetivo Geral:

Objetivo(s) geral(ais): Possibilitar aos alunos a aproximação com momentos chave da história política brasileira e como estes processos influenciaram na construção das instituições e sistemas políticos do país em seu período democrático pós – 88.

 

Objetivos Específicos:

Objetivo(s) específico(s): Analisar qual a importâncias das instituições e dos atores econômicos, políticos e sociais, no processo de transição e consolidação da democracia no Brasil.

Conteúdo Programático

I – Antecedentes
a) Formação do Estado
b) Clientelismo, Coronelismo e Patrimonialismo
c) Corporativismo
d) Interstício Democrático
e) Regime Militar
f) Transição Democrática
II – Instituições e Sistemas Políticos no Brasil
a) Cidadania e Participação Política
b) Presidencialismo de Coalizão
c) Sistema Eleitoral
d) Sistema Federativo
e) Sistema Partidário

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • AVRITZER, L. e ANASTASIA, F. Reforma Política no Brasil. BH: Ed. UFMR, 2007. CARVALHO, José Murilo de. A Construção da ordem. Brasília: Ed. da UnB, 1980. FIGUEIREDO, A e LIMONGI, F: Executivo e Legislativo na Nova Ordem Constitucional. RJ: Ed. FGV, 1999 LAMOUNIER, B (org.). De Geisel a Collor: o balanço da transição. SP: Ed. Sumaré, 1990 MELO, Carlos e SÁEZ, Manuel A. A Democracia Brasileiro: Balanço e Perspectiva para o Século XXI. BH: Ed. UFMG, 2007

Bibliografia Complementar:

  • ABRANCHES, Sérgio. 1988. “Presidencialismo de Coalizão: O Dilema Institucional Brasileiro”. Dados, vol. 31, nº 1. ABRUCIO, F. L. 1998. Os barões da federação: os governadores e a redemocratização brasileira. São Paulo: Hucitec. AGUIAR, R. A. 1986. Os militares e a Constituinte: poder civil e poder militar na Constituição. São Paulo : Alfa-Ômega. AVRITZER, Leonardo (org.) 1994. Sociedade civil e democratização, BH: Del Rey. BENEVIDES, M. V., VANNUCHI, Paulo e KERCHE, Fábio. Reforma Política e Cidadania. São Paulo: Perseu Abramo, 2005. BIGNOTTO, Newton. 2000. Pensar a República. Belo Horizonte: Editora UFMG. CARDOSO, F.H. 1972. O modelo político brasileiro. São Paulo, Difel. ______________ 1975. Autoritarismo e democratização. Rio de Janeiro : Paz e Terra. 29

Página gerada em 10/12/2018 05:01:57 (consulta levou 0.077774s)