Nome da Disciplina
GEOGRAFIA URBANA
CÓDIGO
0060097
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Análise do processo de urbanização da sociedade e da produção do espaço urbano. História e evolução da cidade. A configuração espacial da cidade. Problemas urbanos. Modo de vida urbano. A sociedade urbana.

Objetivos

Objetivo Geral:

-Compreender o processo de urbanização da sociedade e a produção da cidade;
-Compreender a evolução da urbanização;
-Analisar a urbanização brasileira;

 

Objetivos Específicos:

-Analisar e compreender textos sobre a cidade e o urbano;
-Comparar os diferentes espaços urbanos produzidos pela sociedade ao longo do tempo;
-Identificar os problemas e benefícios da sociedade urbana contemporânea.

Conteúdo Programático

1. INTRODUÇÃO
1.1 A Geografia Urbana no Contexto do Pensamento Geográfico.
1.2 Importância e Complexidade do Fenômeno Urbano.
1.3 Definições e Conceitos sobre o Espaço Urbano: Sítio, Situação, Forma, Estrutura e Fisionomia do Núcleo.
1.4 Teorias e Modelos sobre a Cidade.
2. A EVOLUÇÃO DA URBANIZAÇÃO
2.1 A Urbanização Pré-Capitalista.
2.1.1 As Cidades na Antiguidade
2.1.2 A Urbanização durante o Feudalismo.
2.2 A Urbanização sob o Capitalismo
2.2.1 O Ciclo do Capital e a Reprodução do Espaço urbano.
2.2.2 A urbanização Capitalista.
2.2.3 A Formação da Burguesia e dos Estados Nacionais.
2.3 Industrialização e Urbanização.
2.4.1 A Revolução Industrial e a Urbanização.
2.4.2 Os efeitos da Industrialização na Sociedade e no espaço Urbano.
3. A URBANIZAÇÃO BRASILEIRA.
3.1 .O Desenvolvimento do Fenômeno urbano no Brasil.
3.2 . As Áreas Metropolitanas Brasileiras.
3.3 .A Rede Urbana no Brasil.
4. A URBANIZAÇÃO CONTEMPORÂNEA
4.1 Metropolização, Desconcentração Urbana e Involução Urbana.
4.2 O Estatuto da Cidade.
4.3 A Casa e a Moradia nas Cidades.
4.4 Urbanismo Comercial.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ARRIADA, Eduardo. O processo de urbanização pelotense (1780-1835) Dissertação de Mestrado. Porto Alegre: PUC-RS, 1991. BALSAS, Carlos José Lopes. Urbanismo comercial em Portugal e a revitalização do centro das cidades. Lisboa: Ministério da Economia, 1999. BARATA SALGUEIRO, Teresa (org). Commerce, amenagement et urbanisme commercial. Lisboa: GECIC, 1992. BARATA SALGUEIRO, Teresa (org). The globalization of consumption and retail places. Lisboa: GECIC, 1999. BARATA SALGUEIRO, Teresa. Do comércio à distribuição. Roteiro de uma mudança. Oeiras: Celta, 1996. BEAUJEU-GARNIER J. & CHABOT, G. Tratado de geografía urbana. Barcelona: Vicens-vives, 1970. BEAUJEU-GARNIER, Jacqueline. Geografia urbana. 2. ed. Lisboa: Gulbenkian, 1997. BEAVERSTOCK, J. V. , SMITH, R. G. & TAYLOR, P. J. "A roster of world cities." In: Cities, 16 (6), s/l, 1999. BENEVOLO, Leonardo. História da cidade. São Paulo: Perspectiva, 1983. BRADFORD, M. G. & KENT, W. A. Geografia Humana. Teorias e suas aplicações. Lisboa: Gradiva, 1987. CACHINHO, Herculano. "L'urbanisme commercial: um instrument au service de l'amènagement dés activités commerciales." In: BARATA SALGUEIRO, Teresa (org). Commerce, amenagement et urbanisme commercial. Lisboa: GECIC, 1992. (247 – 260). CAMPOS FILHO, Cândido Malta. Cidades brasileiras: seu controle ou o caos. O que os cidadãos devem fazer para a humanização das cidades no Brasil. 2. ed. São Paulo: Nobel, 1992. CARLOS, Ana Fani Alessandri. A cidade. (Coleção Repensando a Geografia) São Paulo: Contexto, 1992. CARLOS, Ana Fani Alessandri. Espaço e indústria. (Coleção Repensando a Geografia) 5. ed. São Paulo: Contexto, 1992. CARLOS. Ana Fani Alessandri. A (re)produção do espaço urbano. São Paulo: EDUSP, 1994. CARTER, Harold. The study of urban geography. 4. ed. Londres: Arnold, 1998. CASTELLS, Manuel. A questão urbana. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983. CLARCK, David. Introdução à geografia urbana. São Paulo: Hucitec, 1988.
  • DELLE DONNE, Marcella Teorias sobre a cidade. Lisboa: Portugal, São Paulo: Martins Fontes, s/d. DOBB, Maurice. A evolução do capitalismo. 7. ed. Rio de Janeiro: Guanabara, 1987. FARIA, Wilmar. "O sistema urbano brasileiro. Um resumo das características e tendências recentes." (cópia sem indicação da fonte original) FERNANDEZ, Antonio-J. Campesino. "Los centros históricos: analisis de su problemática." In: NORBA. Revista de Geografia. Cáceres, s/e,1984 GEORGE, Pierre. Geografia urbana. São Paulo: Difel, 19 GONÇALVES, Maria flora (org). O novo Brasil urbano. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1995. GUTIERREZ, Éster J. B. Negros, charqueadas e olarias: um estudo sobre o espaço pelotense. Pelotas: Editora da UFPel, 1993. HERBERT, D. & THOMAS, C. Cities in space. City as place. Londres: Fulton, 1990. LAVINAS, Lena et. All (org). Reestruturação do espaço urbano e regional no Brasil. São Paulo: Hucitec / ANPUR, 1993. LEFEBVRE, Henri. A cidade do capital. Rio de Jeniro: DP&A, 1999. LEFEBVRE, Henri. La survie du capitalisme. La re-production desrapports de production. Paris; Anthropos, 1973.
  • LEFÈBVRE, Henri. O direito a cidade. São Paulo: Documentos, 1969. LEFEBVRE. Henri. La revolución urbana. Madrid: Alianza, 1980. LIPIETZ, Alain. O capital e seu espaço. São Paulo: Nobel, 1988. LYNCH, Kevin. A imagem da cidade. Lisboa: Portugal, São Paulo: Martins Fontes, s/d. MACHADO, Lúcio Gomes. Comunicação visual emergente. Dissertação de Mestrado. São Paulo: USP, 1981. (27 – 55). MAGALHÃES, Mário Osório. História e tradições da cidade de Pelotas. 2. ed. Caxias do Sul: Universidade de Caxias do Sul/Instituto Estadual do Livro, 1981. MAGALHÃES, Mário Osório. Opulência e Cultura na província de São Pedro do Rio Grande do Sul: um estudo sobre a história de Pelotas (1860-1890). Pelotas: Editora da UFPel/Mundial, 1993. MAGALHÃES, Mário Osório. Pelotas século XIX. Pelotas: Mundial, 1994. MARMIGONIAN, Armen. "Notas sobre a Geografia urbana Brasileira." In: SANTOS, Milton (org.). Novos rumos da geografia brasileira. São Paulo: Hucitec, 1982. MICELI, Paulo. O feudalismo. São Paulo: Atual, 1988. MORAES, Antonio Carlos Robert. Ideologias geográficas. São Paulo: Hucitec, 1988. MUNFORD, Lewis. A cidade na história. Suas origens, transformações e perspectivas. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1991.
  • NASCIMENTO, Heloisa Assumpção. Nossa cidade era assim. Pelotas: Mundial, 1989. OFFE, Claus. Problemas estruturais do estado capitalista. Rio de Janeiro: Tempo brasileiro, 1984. OLIVEIRA, Ariovaldo Umbelino de “A inserção do Brasil no capitalismo monopolista mundial”. In: ROSS, Jurandyr L. Sanches. Geografia do Brasil. 2. ed. São Paulo: EDUSP, 1998. OLIVEIRA, Ariovaldo Umbelino de. “A mundialização do capitalismo e a geopolítica mundial ao final do século XX”. In: ROSS, Jurandyr L. Sanches. Geografia do Brasil. 2. ed. São Paulo: EDUSP, 1998. (239 – 288) PIQUET, Rosélia & RIBEIRO, Ana Clara Torres (org). Brasil. Território da desigualdade. Rio de Janeiro: Zahar,1991. REIS FILHO, Nestor Goulart. Quadro da arquitetura no Brasil. São Paulo: Perspectiva, s/d. RODRIGUES, Arlete Moysés. Moradia nas cidades brasileiras. São Paulo: Contexto, 1989. ROSA, Mário. Geografia de Pelotas. Pelotas: Editora da UFPel, 1985. SALAMONI, Giancarla et all. Os pomeranos. Valores culturais da família de origem pomerana no Rio Grande do Sul. Pelotas e São Lourenço do Sul. Pelotas: Editora da UFPel, 1994. SANTOS, Milton. A urbanização brasileira. São Paulo: Hucitec, 1993.
  • SANTOS, Milton. Metamorfoses do espaço habitado. São Paulo: Hucitec, 1988. SANTOS, Milton. O trabalho do geógrafo no terceiro mundo. 2. ed. São Paulo: Hucitec, 1986. SANTOS, Milton. Por uma economia política da cidade. São Paulo: Hucitec/ EDUC, 1994. SCARLATO, Francisco Capuano. “O espaço industrial brasileiro” In: ROSS, Jurandyr L. Sanches. Geografia do Brasil. 2. ed. São Paulo: EDUSP, 1998. SCARLATO, Francisco Capuano. “População e urbanização brasileira” In: ROSS, Jurandyr L. Sanches. Geografia do Brasil. 2. ed. São Paulo: EDUSP, 1998. SETTI, Adriana. "O Pelô é chique". Veja, São Paulo, 28 jun 1999.p.84 - 85. SIMONETTI, Eliana. "Centros de prosperidade". Veja, São Paulo, 28 jun 1999. p.79 –83. SIMONETTI, Eliana. "Favelões urbanos". Veja, São Paulo, 28 jun 1999. p.70 – 78.
  • SINGER, Paul. Economia política da urbanização. 12. ed. São Paulo: Brasiliense, 1990. SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão. Capitalismo e urbanização. (Coleção Repensando a Geografia) São Paulo: Contexto, 1988. TRAUMANN, Thomas. "Tem conserto". Veja, São Paulo, 28 jun 1999. p.87. VARGAS, Heliana Comim. Espaço terciário. O lugar, a arquitetura e a imagem do comércio. São Paulo: SENAC, 2001. (49 – 90). VIEIRA, Sidney Gonçalves . A fragmentação social do espaço urbano. Uma análise da (re) produção do espaço urbano em Pelotas, RS. Dissertação de Mestrado. Porto Alegre: PROPUR/FAUrb/UFRGS, 1997. VIEIRA, Sidney Gonçalves. "Estado e planejamento urbano no Brasil." In: Instituto de Sociologia e Política. Cadernos do ISP. No 11. Pelotas: Ed. Da UFPel, dez/1997 (65 – 78) VIEIRA, Sidney Gonçalves. "A importância da Filosofia na epistemologia da ciência geográfica." In: Instituto de Ciências Humanas. Dissertatio. Revista da Filosofia. No. 4. Pelotas: Editora da UFPel, 1996. (153 – 160) VIEIRA, Sidney Gonçalves, PEREIRA, Óthon Ferreira & DE TONI, Jakcson Silvano. "Evolução urbana de Pelotas: Um estudo metodológico." In: Núcleo de Documentação Histórica da UFPel. História em Revista. N. 1. Pelotas: UFPEL, 1994. (21 - 34 ) WIRTH, Louis. "O Urbanismo como Modo de Vida". In: VELHO, Otávio Guilherme (org). O fenômeno urbano. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara, 1987.

Página gerada em 22/11/2019 16:01:06 (consulta levou 0.087081s)