Nome da Disciplina
INTRODUÇÃO À GEOGRAFIA FÍSICA - B
CÓDIGO
0060260
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

A disciplina visa construir um embasamento teórico prático sobre os fenômenos da natureza, subsidiando o desenvolvimento de disciplinas posteriores. Construção e reelaboração de noções básicas de Geografia Física. A Geografia Física e sua setorização. O estudo interdisciplinar da natureza: a inter-relação dos fenômenos. Sistemas e modelos voltados aos estudos físico-geográficos.

Objetivos

Objetivo Geral:

Reelaborar noções básicas de Geografia Física.
Compreender as inter-relações dos fenômenos naturais.
Construir uma visão globalizante e integradora entre natureza e sociedade.

 

Objetivos Específicos:

Identificar a contribuição da Geografia Física no estudo interdisciplinar da natureza numa evolução espaço-temporal.
Caracterizar os fenômenos naturais em sua dinâmica interativa.
Conceituar os principais elementos da Geografia Física.

Conteúdo Programático

1. Introdução a Geografia Física
Histórico - origem e a evolução da Geografia Física
A participação da Geografia Física no conhecimento e avaliação dos recursos naturais.

2. Geografia Física e sua setorização.
Geologia
Geomorfologia
Cartografia
Climatologia
Pedologia
Hidrografia
Biogeografia

3. Sistemas e modelos voltados aos estudos físico-geográficos.
Teoria geral dos sistemas no estudo da paisagem

4. Estudo interdisciplinar da natureza e a Geografia Física
Estudo de caso

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • AZEVEDO, A. Geografia Física. São Paulo: Companhia Editora Nacional.
  • CHRISTOFOLETTI, A. Modelagem de sistemas ambientais. São Paulo: Ed. Bluclher Ltda, 1999.
  • GUERRA, A.J.T. & CUNHA, S. B. Geomorfologia: uma atualização de conceitos. Rio de Janeiro, 1994.
  • MENDONCA, F. A. Geografia e Meio ambiente. São Paulo: Contexto, 1993.
  • VITTE, A. C. & GUERRA, A. J. T. Reflexões sobre a geografia física no Brasil. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2004.

Bibliografia Complementar:

  • BIGARELLA, J. J. &SUGIO, K. –Ambiente Fluvial. Curitiba: UFPR, 1979.
  • BIROT, P. Tratado de Geografia Física general. Barcelona: editorial Vicens-Vives, Trad.: A Gomiz Lorente. 2ª ed. 1972.
  • DEBESSE-ARVISET, M.-L. A escola e a agressão do meio ambiente: uma revolução pedagógica. Tradução de Gisela S. Souza e Hélio Souza. São Paulo: Difel, 1974.
  • CHRISTOFOLETTI, A. Geomorfologia. São Paulo: Contexto, 1991.
  • LÉVÊQUE, C. A biodiversidade. São Paulo: EDUSC, 1999.
  • MORAES, A. C. R. Meio ambiente e Ciência Humana. São Paulo: HUCITEC, 1994.
  • ROSS, J.L.S. (org). Geografia do Brasil. São Paulo: EDUSP, 1996.
  • STRAHLER, A N. Geografia Física. Trad.Ana Maria Guillo e José Francisco Albert. 8ª ed. Barcelona: Ediciones Omega, S. A., 1986.
  • SUERTEGARAY, D.M.A. O que ensinar em Geografia (Física)? In: REGO, N.; SUERTEGARAY, D.M. e HEINDRICH, A. (orgs). Geografia e educação: geração de Ambiências. Porto Alegre: ed. Universidade/UFRGS, 2000.

Página gerada em 22/11/2019 18:22:02 (consulta levou 0.153260s)