Nome da Disciplina
DEPÓSITOS MINERAIS
CÓDIGO
0800053
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
3
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Conceitos e definições básicas: ocorrência e depósito mineral. Elementos caracterizadores de minérios e corpos mineralizados: estrutura, textura e composição. Processos formadores de depósitos minerais. Sistemas de classificação de depósitos minerais. Depósitos minerais e tectônica global. Depósitos minerais e o tempo geológico. Províncias metalogenéticas e metálicas. Distritos mineiros. Modelos de depósitos minerais. Processos magmáticos formadores de depósitos minerais: depósitos plutônicos e vulcânicos. Depósitos hidrotermais. Processos sedimentares de formação de depósitos minerais: clásticos, químicos e bioquímicos. Depósitos residuais e de intemperismo. Processos metassomáticos de formação de depósitos minerais. Processos metamórficos e deformacionais na geração e na transformação de depósitos minerais. Exemplos brasileiros de depósitos minerais.

Objetivos

Objetivo Geral:

Conhecer e utilizar adequadamente os processos geológicos formadores de depósitos minerais, com a finalidade de caracterização do minério e do depósito mineral, pesquisa mineral, estudos de viabilidade econômica e planejamento mineiro.

 

Objetivos Específicos:

o aluno deverá ser capaz de distinguir estruturas e texturas mineralizadas e enquadrá-las em modelos gerais de controle de depósitos minerais.

Conteúdo Programático

Unidade 1 – Conceitos e definições básicas: ocorrência e depósito mineral.
Unidade 2 – Elementos caracterizadores de minérios e corpos mineralizados: estrutura, textura e composição.
Unidade 3 – Sistemas de classificação de depósitos minerais.
Unidade 4 – Depósitos minerais e tectônica global. Depósitos minerais e o tempo geológico.
Unidade 5 – Províncias metalogenéticas e metálicas. Distritos mineiros.
Unidade 6 – Processos formadores de depósitos minerais. Modelos de depósitos minerais.
Unidade 7 – Processos magmáticos formadores de depósitos minerais: depósitos plutônicos e vulcânicos. Exemplos brasileiros de depósitos minerais.
Unidade 8 – Depósitos hidrotermais. Processos metassomáticos de formação de depósitos minerais. Exemplos brasileiros de depósitos minerais.
Unidade 9 – Processos sedimentares de formação de depósitos minerais: clásticos, químicos e bioquímicos. Depósitos residuais e de intemperismo. Exemplos brasileiros de depósitos minerais.
Unidade 10 – Processos metamórficos e deformacionais na geração e na transformação de depósitos minerais. Exemplos brasileiros de depósitos minerais.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • • BIONDI, J. C. 2003. Processos metalogenéticos e os depósitos minerais brasileiros. Oficina de Textos, São Paulo (SP, Brasil), 528 pp.
  • • DARDENNE, M. A. & SCHOBBENHAUS, C. 2001. Metalogênese do Brasil. Editora Universidade de Brasília, Brasília (Brasil), 392 p.
  • • FIGUEIREDO, B. R. 2000. Minérios e ambiente. Editora da UNICAMP, Campinas (SP, Brasil), 401 pp.
  • • SHEAHAN, P. A. & CHERRY, M. A. eds. 1993. Ore deposits models, Vol. 2. Geoscience Canada, Reprint Series 6, Canada, 154 p.

Bibliografia Complementar:

  • • ROBB, L. 2005. Introduction to Ore Forming Processes. Blackwell Publishing, Oxford, 373p.
  • • KIRKHAM, R. V.; SINCLAIR, W. D.; THORPE, R. I. & DUKE, J. M. eds. 1993. Mineral Deposits Modeling. Geological Association of Canada, Canada, 798 p.
  • • ROBERTS, R. G. & SHEAHAN, P. A. eds. 1988. Ore deposits models, Vol. 1. Geoscience Canada, Reprint Series 6, Canada, 194 p.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
M1 2018 / 2 20 10 Engenharia Geológica (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
TER13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
LUIZ HENRIQUE RONCHI
Professor responsável pela turma

Página gerada em 16/12/2018 23:15:39 (consulta levou 0.089334s)