Nome da Disciplina
FRAGMENTAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE MINÉRIOS
CÓDIGO
0800070
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
3
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Princípios físicos da cominuição. Britagem. Moagem. Peneiramento. Classificação. Seleção e dimensionamento de equipamentos de britagem, de moagme, de peneiramento e de classificação de minérios.

Objetivos

Objetivo Geral:

Conhecer os princípios e os principais métodos de fragmentação e de classificação de minérios.

 

Objetivos Específicos:

o aluno deverá ser capaz de planejar, implantar e operar circuitos de fragmentação e de classificação de minérios destinados aos mais variados fins.

Conteúdo Programático

1) Cominuição: princípios, mecanismos de quebra e leis da fragmentação.
2) Britagem: Tipos de britadores e suas principais aplicações, etapas da britagem, circuitos de britagem, relação de redução em britadores. Seleção e dimensionamento de britadores.
3) Fundamentos e seleção de equipamentos de transporte de sólidos: alimentadores e transportadores de correia.
4) Moagem: tipos de moinho e suas principais aplicações, tipos de moagem: autógena, semi-autógeno, a seco e a úmido. Variáveis de processo. Circuitos aberto e fechado de moagem. Cálculo da Carga Circulante. Balanço de massa. Seleção e dimensionamento de moinhos. Modelagem e simulação na moagem.
5) Peneiramento e classificação: princípios do peneiramento. Escalas granulométricas, tipos de peneiramento e suas principais aplicações.
6) Equipamentos de peneiramento e suas aplicações. Variáveis de processo. Eficiência do peneiramento. Seleção e dimensionamento de peneiras.
7) Princípios da classificação. Tipos de classificadores e suas principais aplicações. Variáveis de processo. Eficiência da classificação. Avaliação de desempenho dos classificadores. Seleção e dimensionamento de classificadores. Uso de peneiras e classificadores em circuitos de fragmentação. Modelagem e simulação no peneiramento e na classificação.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • CHAVES, A. P. 1996. Teoria e Prática do Tratamento de Minérios, São Paulo, Signus, 3 Vols
  • MULAR, L. A. & BHAPPU, R. B. 1978. Mineral Processing Plant Design, SME-AIME.

Bibliografia Complementar:

  • BERALDO, J. L. 1987. Moagem de Minérios em Moinhos Tubulares, São Paulo, Edgard Bluncher.
  • NAPIER-MUNN, T. J. Ed. 1996. Mineral Comminution Circuits: their operation and optimisation, Julius Kruttschnitt Mineral Research Centre.

Página gerada em 06/06/2020 04:34:18 (consulta levou 0.083352s)