Nome da Disciplina
BOTÂNICA APLICADA À ZOOTECNIA
CÓDIGO
1430004
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Morfologia vegetal; coleta, herborização e conservação de vegetais; sistemática e taxonomia vegetal; identificação de famílias, gêneros e espécies de interesse para a Zootecnia; aspectos de ecologia de comunidades vegetais campestres.

Objetivos

Objetivo Geral:

- Proporcionar aos alunos conhecimentos básicos de organografia visando a compreensão dos processos que ocorrem com as espécies vegetais e a vegetação.
- Desenvolver habilidades de observação e análise de diferentes padrões e processos que ocorrem na vegetação regional.
- Proporcionar aos alunos conhecimentos básicos de sistemática e taxonomia vegetal.
- Capacitar os estudantes a identificar famílias, gêneros e espécies de interesse para a Zootecnia.

 

Objetivos Específicos:

Os objetivos específicos é descrito nos plano de ensino na cada semestre.

Conteúdo Programático

Introdução ao estudo da Botânica aplicada à Zootecnia. Morfologia externa dos vegetais: raiz, caule, folha, flor, fruto, inflorescência, semente, plântula. Coleta e conservação de material botânico. Noções de sistemática e taxonomia. Identificação de famílias botânicas de interesse para a Zootecnia: características diagnósticas práticas.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BOLDRINI, I.I.; LONGHI-WAGNER, H.M; BOECHAT, S.C. Morfologia e Taxonomia de Gramíneas Sul-rio-grandenses. 2.ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2008. 87 p.
  • GONÇALVES, E.G.; LORENZI, H. Morfologia vegetal: organografia e dicionário ilustrado de morfologia das plantas vasculares. São Paulo: Instituto Plantarum, 2007. 416 p.
  • JUDD, W.S.; CAMPBELL, C.S.; KELLOGG, E.A.; STEVENS, P.F.; DONOGHU, M.J. Sistemática Vegetal: Um Enfoque Filogenético. 3. ed. Artimed. 2011.
  • SOUZA, V.C.; LORENZI, H. Botânica sistemática: guia ilustrado para identificação das famílias de fanerógamas nativas e exóticas no Brasil, baseado em APG II. 2. ed. Nova Odessa: Instituto Plantarum, 2008. 703 p.
  • VIDAL, W.N. & VIDAL, M.R.R. Botânica: organografia. 4. ed. Viçosa: UFV, 2004. 124 p.

Bibliografia Complementar:

  • BURKART, A. Las leguminosas argentinas silvestres e cultivadas. 2.ed. Buenos Aires: Acme Agency, 1952. 569p.
  • FIDALGO, O. & BONONI, V.L.R. (Coords.). Técnicas de coleta, preservação e herborização de material botânico. São Paulo: Instituto de Botânica, 1989. 62p. (Série Documentos).
  • FONT QUER, P. Diccionario de botânica. Barcelona: Labor, 1993. 1244p.
  • LORENZI, H. Plantas daninhas do Brasil: terrestres, aquáticas, parasitas e tóxicas. 3. ed. Nova Odessa: Instituto Plantarum, 2008. 640 p.
  • RIET-CORREA, F. Intoxicações por plantas e micotoxicoses em animais domésticos. Pelotas: Editorial Hemisfério Sul do Brasil, 1993. 340 p.
  • SETUBAL, R.B.; BOLDRINI, I.I.; FERREIRA, P.M. de A. (Org.). Campos dos morros de Porto Alegre. Porto Alegre: Igré, 2011. 254 p.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
M1 2018 / 1 50 42 Zootecnia (Bacharelado)
QUA (14:00-14:50) QUA (14:50-15:40) QUA (16:00-16:50) QUA (16:50-17:40)
TARDE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
14:00X
14:50X
16:00X
16:50X
17:40
18:30
ELEN NUNES GARCIA
Professor responsável pela turma

Página dinâmica gerada em 0.079463s.