Nome da Disciplina
GEOMORFOLOGIA
CÓDIGO
0060341
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Estudo da fisionomia e da forma do relevo. Classificações das principais formas de relevo no Brasil e no mundo. Fatores internos e externos determinantes da forma do relevo. Movimentos de massa.

Objetivos

Objetivo Geral:

Reconhecer e explicar os fatores geradores do relevo terrestre em suas escalas de abordagem.
Reconhecer a importância da ação geomórfica das águas correntes superficiais.
Compreender os fenômenos geomorfológicos em sua dinâmica.
Distinguir as diferentes escalas nas quais se processam os fatores geradores do relevo.
Caracterizar a ação mórfica das águas correntes superficiais.
Identificar os principais fenômenos geomorfológicos.

 

Objetivos Específicos:

Reconhecer e explicar os fatores geradores do relevo terrestre em suas escalas de abordagem.
Reconhecer a importância da ação geomórfica das águas correntes superficiais.
Compreender os fenômenos geomorfológicos em sua dinâmica.
Distinguir as diferentes escalas nas quais se processam os fatores geradores do relevo.
Caracterizar a ação mórfica das águas correntes superficiais.
Identificar os principais fenômenos geomorfológicos.

Conteúdo Programático

Introdução à Geomorfologia: conceito, objeto e campo da Geomorfologia
Princípios Básicos da Geomorfologia
Agentes e processos geomorfológicos: Processos endógenos e exógenos na formação do relevo
Formas do relevo e processos erosivos
Domínio da geomorfologia: continental, costeira, marinha, cárstica e glacial
A ação geomórfica das águas superficiais
Movimentos de Massa
Geomorfologia fluvial

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • CUNHA, S.B. & GUERRA, A.J.T. Geomorfologia do Brasil. Rio de Janeiro: Bertrand do Brasil, 1998.
  • PRESS, F.; SIEVER, R.; GROTZINGER, J., JORDAN, T.H. Para Entender a Terra. Tradução: Rualdo Menegat et al., New York: W.H. Bookman, (4o ed.) 566 p. 2006.
  • GUERRA, A.J.T. & CUNHA, S.B. (org.). Geomorfologia e Meio Ambiente. Rio de Janeiro: Bertrand do Brasil, 1996.
  • NUNES, J.O.R. & Rocha, P.C., 2008. Geomorfologia - Aplicações e Metodologias. São Paulo, Expressão Popular, 323 p., 2008.
  • WICANDER, R.; MONROE, J.S. Fundamentos de Geologia. Tradução Harue O. Avritcher, São Paulo, Cengage Learning, 508 p., 2009

Bibliografia Complementar:

  • BILLINGS, M.F. (1954). Geologia Estrutural. Traduzido do inglês por Amílcar Herrera. Buenos Aires (1963).
  • BLOOM, A.L. Geomorphology. A systematic analysis of late Cenozoic landforms. New Jersey. Prentice Hall. 482 páginas. 1998.
  • CASSETI, V. Ambiente e Apropriação do Relevo. São Paulo: Difel, 1985.
  • CHRISTOFOLETTI, A. Geomorfologia Fluvial. Editora Edgard Blucher. EDUSP, São Paulo. 1981.
  • CRISTOFOLETTI, A. Geomorfologia. São Paulo: Edgard Blucher, 2ª ed., 1980.
  • GUERRA, A T. (1975). Dicionário Geomorfológico. Rio de Janeiro: IBGE.
  • GUERRA, A.J.T. & CUNHA, S.B. (org.). Geomorfologia Exercícios Técnicas e Aplicações, Editora: BERTRAND, 1998.
  • PENTEADO, M.M. Fundamentos de Geomorfologia. 3ª ed. Rio de Janeiro: IBGE, 1983.
  • RICE, R.J. Fundamentos de Geomorfologia. Madrid. Paraninfo. 324 páginas. 1987.
  • STRAHLER, N.A. Geografia Física. Barcelona, traduzido por Ana Guillo e José F. Albert, 1986.

Página gerada em 10/12/2019 14:34:36 (consulta levou 0.088230s)