Nome da Disciplina
EDUCAÇÃO AMBIENTAL
CÓDIGO
0050065
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

A disciplina desenvolver-se-á a partir de um processo acumulativo de aprendizado, em que o aluno receberá informações através de uma abordagem interdisciplinar que o leve a relacionar a problemática sócio-ambiental levando-os a uma reflexão de como podem contribuir para a melhoria da qualidade de vida, a partir da ótica educacional.

Objetivos

Objetivo Geral:

Capacitar os alunos a compreenderem os processos de educação ambiental com a incorporação das idéias de parceria e conflito que estão nas relações humanas e sócio-ambientais, utilizando como unidade de planejamento e gerenciamento o conceito de bacia hidrográfica.

Conteúdo Programático

1. Introdução e apresentação da disciplina, histórico, institucionalização da Educação Ambiental no governo brasileiro.
2. Ambiente, representação social e percepção.
3. Levantamento histórico e Ocupação urbana da unidade de estudo
4. Interpretação da área.
5. Estudo dos solos.
6. Elementos de vegetação.
7. Qualidade da água.
8. Resíduos Sólidos
9. Direito Ambiental. Princípios e Normas.
10. Educação Ambiental

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • AB’SABER, Aziz Nacib (Re) Conceituando educação ambiental, Rio de Janeiro: Museu de Astronomia e Ciências Afins, 1991.
  • AB’SABER, Aziz Nacib. Ecossistemas Continentais. IN: SEMA, Relatório da Qualidade do Meio Ambiente, Brasília: MINTER/SEMA, 1984. pp l71 a 276.
  • BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Ministério da Educação. Programa Nacional de Educação Ambiental. 3ª ed. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2005. 102 p.
  • CARVALHO, Isabel Cristina de Moura. Educação Ambiental: a formação do Sujeito ecológico. São Paulo: Cortez, 2004. 256 p.
  • CORNELL, Joseph. A alegria de aprender com a natureza: atividades ao ar livre para todas as idades. São Paulo: SENAC, 1997. 186 p.
  • CORSON, Walter H. (Ed.) MANUAL GLOBAL DE ECOLOGIA: o que você pode fazer a respeito da crise do Meio Ambiente. São Paulo: Editora Augustus, 1983.
  • NEBEL, B.J. & WRIGTH, R.T. Ciencias Ambientales. Ecologia y Dessarrollo Sostenible. México: Ed. Prentice Hall, 1999. 698p.
  • ODUM, E. O. Ecologia. Rio de Janeiro: Editora Guanabara, 1988. 434 p.
  • SCHÄFER, A. Fundamentos de Ecologia e Biogeografia das Águas Continentais. Porto Alegre: Editora da Universidade. UFRGS, 1895. 532p.
  • UNESCO, PNUMA. A Conferência Intergovernamental de Tbilisi. Sobre Educação Ambiental. Paris: 1977-1987.

Página gerada em 17/12/2018 10:23:01 (consulta levou 0.092840s)