Nome da Disciplina
ANÁLISE E GESTÃO INTEGRADA DE BACIAS HIDROGR
CÓDIGO
0060346
Carga Horária
34 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
CRÉDITOS
2
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
1
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
2
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Definições de bacias hidrográficas. Evolução do uso de bacias hidrográficas como unidades de análise e planejamento no Brasil. Planejamento e manejo integrado de bacias hidrográficas. Relação entre os elementos físicos, sociais, econômicos e políticos no planejamento. Estudo de campo.

Objetivos

Objetivo Geral:

Conhecer e analisar a dinâmica existente numa bacia hidrográfica.
Promover uma discussão acerca do manejo e utilização dos recursos hídricos no século XXI;
Refletir sobre a importância da análise e gerenciamento de bacias hidrográficas
Relacionar os elementos físicos e humanos no processo de planejamento e gerenciamento de bacias hidrográficas;
Desenvolver projetos integrados com bacias hidrográficas

 

Objetivos Específicos:

Conhecer e analisar a dinâmica existente numa bacia hidrográfica.
Promover uma discussão acerca do manejo e utilização dos recursos hídricos no século XXI;
Refletir sobre a importância da análise e gerenciamento de bacias hidrográficas
Relacionar os elementos físicos e humanos no processo de planejamento e gerenciamento de bacias hidrográficas;
Desenvolver projetos integrados com bacias hidrográficas

Conteúdo Programático

1. Introdução
2. Definições
]3. Histórico de estudos a partir do uso de bacias hidrográficas no Brasil.
4. Planejamento e manejo integrado de bacias hidrográficas Etapas de planejamento e manejo de bacias.
4.1 Gestão e uso das águas.
5. O planejamento e a relação com os elementos físicos e humanos.
6. Estudo de caso.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BOTELHO, R. G. M. Planejamento ambiental em microbacia hidrográfica. In: erosão e conservação dos solos – conceitos, temas e aplicações. A. J. T. GUERRA, A. S. SILVA & R. G. M. BOTELHO (orgs.). Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1999, p. 269-300.
  • CAVALHEIRO, F. Urbanização e alterações ambientais. In: Análise ambiental: uma visão multidisciplinar. 2a ed. Ed UNESP, 1995, p. 114-124.
  • KING, K. E CLARKE, R. O atlas da água. O Mapeamento Completo do Recurso Mais Precioso do Planeta. São Paulo: Publifolha, 2005.
  • MENDONÇA, F. A. Geografia e Meio Ambiente. São Paulo. Contexto, 1998, 80 p.
  • VITTE, A. C. & GUERRA, A. J. T. (org). Reflexões Sobre a Geografia Física no Brasil. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2004, 280 p.

Bibliografia Complementar:

  • GRABHER, C. BROCHI, D. F. LAHÓZ, F. C. C. A gestão dos recursos hídricos: buscando os caminhos para as soluções. São Paulo: Consórcio PCJ, 2003.
  • KAHN, M. Gerenciamento de Projetos Ambientais: Riscos e Conflitos. São Paulo: E-Papers, 2003.
  • MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE, DOS RECURSOS NATURAIS E DA AMAZONIA LEGAL. Os ecossistemas brasileiros e os principais macrovetores de desenvolvimento: Subsídios ao planejamento da gestão ambiental. Brasília. Projetos Cenários para o Planejamento de Gestão Ambiental, 1995, 107 p.
  • MONTEIRO, C. A. F. Geossistemas: A história de uma procura. São Paulo. Contexto, 2000, 127 p.
  • MORAES, A. C. R. Meio Ambiente e Ciências Humanas. São Paulo. Hucitec, 1994, 100 p.
  • PIRES, J. S. R. & SANTOS, J. E. Bacias hidrográficas - integração entre o meio ambiente e o desenvolvimento. Revista Ciência Hoje. 19 (110): 40-45, 1995.
  • TUNDISI, J. G., TUNDISI, T. M. Limnologia. São Paulo: Oficina de Textos, 2008.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
M1 2018 / 1 30 16 Geografia (Bacharelado - Noturno)
QUA (18:50-19:40) QUA (19:40-20:30)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50X
19:40X
20:30
21:20
22:10
ADRIANO LUIS HECK SIMON
Professor responsável pela turma

Página dinâmica gerada em 0.160568s.