Nome da Disciplina
EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NA ARQUITETURA
CÓDIGO
0628038
Carga Horária
51 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
3
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA EXERCÍCIOS
1
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
3
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Estudo das principais variáveis arquitetônicas envolvidas no processo de adequação do ambiente construído ao clima e às necessidades de conforto do ser humano, enfatizando os sistemas naturais de obtenção de conforto e sua integração com os sistemas artificiais de climatização e de iluminação. Estudo e análise das variáveis determinantes do desempenho energético da edificação.

Objetivos

Objetivo Geral:

Nivelar o conhecimento dos alunos abordando da inter-relação das variáveis determinantes do conforto e da eficiência energética, a partir do entendimento dos conceitos físicos envolvidos.

Conteúdo Programático

UNIDADE 1 – HISTÓRICO
– Conceito de Eficiência Energética
– Da arquitetura vernacular a crise de energia
– Situação atual


UNIDADE 2 – VARIÁVEIS CLIMÁTICAS
2.1 – Macroclima
2.2 – Meso e microclima


UNIDADE 3 – VARIÁVEIS HUMANAS
3.1 – Conforto Térmico
3.2 – Conforto Visual


UNIDADES 4 – VARIÁVEIS ARQUITETÕNICAS
4.1 – Forma e Função
4.2 – Fechamentos opacos e transparentes
4.3 – Sistemas de Aquecimento de Água
4.4 – Sistemas de Iluminação Artificial
4.5 – Sistemas de Climatização Artificial
4.6 – Carga térmica


UNIDADE 5 – BIOCLIMATOLOGIA
5.1 – Bioclimatologia aplicada à arquitetura
5.2 – Clima do Brasil
5.3 – Bioclimatologia do Brasil
5.4 – Zoneamento Bioclimático Brasileiro


UNIDADE 6 – USO RACIONAL DE ENERGIA
6.1 – Estratégias de condicionamento térmico
6.2 – Estratégias de iluminação
6.3 – Simulação integrada de desempenho energético

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ABNT. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS: NBR15220 - Desempenho térmico de edificações, 2005.
  • BITTENCOURT, L. Ventilação Natural, Edufal, 1 a . Ed., 2005
  • BITTENCOURT, L. Uso das cartas solares, Edufal, 4 a . Ed., 2004
  • LAMBERTS R. Eficiência Energética na Arquitetura. PW Editores, 1997

Bibliografia Complementar:

  • COFAIGH, E.O.; OLLEY, J.A. LEWIS, J.O. The Climatic Dwelling - Anintroduction to climate-responsive residential architecture, 1996
  • CORBELLA, O. Em Busca de uma Arquitetura Sustentável para os Trópicos - Conforto Ambiental, 2003.
  • FROTA, A.B. e SCHIFFER, S.R. Manual de conforto térmico. São Paulo. 7 a .Ed. Stúdio Nobel. 243p. 2003.
  • GIVONI, B. Climatic Considerations in Building and Urban Design, 1998
  • GOULART, S.; LAMBERTS, R. e FIRMINO, S. Dados Climáticos para Projeto e Avaliação Energética de Edificações para 14 Cidades Brasileira, 1997
  • KRAUSE, C.L.; RODRIGUES, J.A.P; PACHECO, L.F.L.; AMÉRICO, M. e TEIXEIRA, P. Manual de Prédios Eficientes em Energia Elétrica, 2002
  • LAMBERTS et al. Estado da Arte de Eficiência Energética em Edificações no Brasil, Procel Eletrobras, 1996
  • LEVERMORE, G.J. Building Energy Management Systems: Application to Low-Energy Hvac and Natural Ventilation Control, 2000
  • MASCARÓ, R. L. e MASCARÓ, L. Incidência das Variáveis Projetivas e de Construção no Consumo Energético dos Edifícios. UFRGS, 1983
  • McQUISTON, F.C. et al. Cooling and Heating Load Calculation Principles, 1998
  • NIMER, E. Climatologia do Brasil. IBGE, 2ª. Edição, Rio de Janeiro, 1989.
  • PEREIRA, F.O.R. Iluminação natural no ambiente construído. Curso ministrado no III Encontro Nacional e I Encontro Latino-Americano de Conforto no Ambiente Construído, Gramado, RS, 1995.
  • RIVERO, R. Arquitetura e clima: acondicionamento térmico natural. Porto Alegre, D. C. Suzzatto Editores/ Ed. da Universidade. UFRGS, 240p., 1985.
  • SANTAMOURIS, M. Natural Ventilation in Buildings: a design handbook, 1998
  • GRALLA, E. et al. Elementos de Arquitetura de Climatização Natural, 2005

Página gerada em 23/08/2019 19:50:06 (consulta levou 0.078922s)