Nome do Projeto
Estudos em Traumatismos Dentários
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
27/11/2015 - 24/11/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Odontologia - Cirurgia Buco-Maxilo-Facial
Resumo
O traumatismo dentário pode ser definido como uma agressão térmica, química ou mecânica sofrida pelo dente e estruturas adjacentes, cuja magnitude supera a resistência encontrada nos tecidos ósseos dentários, sendo que a sua extensão tem relação direta com a intensidade, tipo e duração do impacto. Ele pode causar desde injúrias leves, como uma concussão, até a perda do dente (MOTA et. al. 2011), e podem criar sérios danos estéticos, psicológicos e sociais (ANTUNES, et. al. 2012). A prevalência do traumatismo dentário relatada em estudos de base populacional é alta, variando de 2,66% a 58,6%. No Brasil, os estudos de prevalência na dentição demonstraram que os resultados variam de 10,7% a 58,7% em escolares de 12 anos de idade (PAIVA 2005). Devido a esta alta prevalência, principalmente entre crianças e adolescentes, o traumatismo alvéolo dentário, atualmente, é um dos mais sérios problemas dentais de saúde pública. A faixa etária mais acometida em dentes permanentes é a adolescência, porém há porcentagens estatisticamente significativas na faixa de 20-30 anos (MOTA, et. al. 2011).

Objetivo Geral

O objetivo geral deste projeto de ensino é aprofundar o conhecimento em traumatismo de dentes permanentes, baseado em evidências clínicas e científicas.

Justificativa

O prognóstico dos traumatismos alvéolo-dentários depende da conduta imediata no pós-trauma, tanto da vítima quanto do profissional que realiza o atendimento destes pacientes. A associação internacional de trauma dentário (IADT) estabelece através de seus guidelines, protocolos para atendimento de diversas situações clínicas que seguem as evidências científicas atuais. No entanto, muitas situações não são contempladas nestes protocolos, e muitos questionamentos são levantados nos próprios guidelines, sobre determinadas condutas que merecem maior tempo de estudo, observação, pesquisas e investigações clínicas.
A FO-Departamento de CTPBMF/UFPel, vem trabalhando com as questões que envolvem os traumatismos em dentes permanentes a mais de três décadas, e com isto tem em seus bancos de dados, muitas informações e situações clínicas que merecem ser melhor organizadas para permitir estudos que possam trazer novas informações e evidencias clínicas a este tema tão relevante. A realidade atual do tema trauma dentário nos leva a afirmar que este é um tema muito relevante dentro da odontologia, e extremamente complexo, pois envolve conhecimento de todas as áreas e especialidades e necessita ainda de muitas investigações para que se chegue a resultados clínicos reproduzíveis e com prognóstico favorável.

Metodologia

- Treinamento de discentes através de aulas práticas, para executar adequada documentação fotográfica, radiográfica e arquivamento digital das mesmas;
- Presença semanal de discentes nas clínicas de atendimento a pacientes traumatizados, colaborando na aquisição das imagens e organização do banco de dados e material didático;
- Preparo de casos clínicos, seminários e aulas teóricas para apresentação e discussão, em encontros semanais;
- Encontros mensais para atividades teóricas com os participantes do projeto: seminários, aulas, discussão de casos clínicos, avaliação de artigos, a partir de 2015-2.
- Realização de algumas Atividades teóricas abertas a toda comunidade da FO.

Resultados Esperados

-Aprimorar o processo ensino-aprendizado na FO, no tema traumatismo em dentes permanentes
-Aprimorar, à luz das discussões realizadas, a qualidade do atendimento prestado aos pacientes com traumatismo em dentes permanentes nos projetos e disciplinas da FO;
- Contribuir para a consolidação da linha de pesquisa no tema.

Indicadores, Metas e Resultados

As atividades de seminário ocorrerão mensalmente;
As demais atividades semanalmente;

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
AMANDA VEIGA FRANCISCO DA SILVA127/11/201501/05/2016
ANDRESSA DE OLIVEIRA RICKES201/07/201711/11/2017
ANDRESSA RAQUEL HARTMANN127/11/201501/05/2016
ANTONIELLE ARGOUD ZACOUTEGUY101/05/201624/11/2016
ANTONIO CESAR MANENTTI FOGACA127/11/201524/11/2016
BHÁRBARA MARINHO BARCELLOS101/07/201715/11/2017
CAMILA IORIO MATTAR201/07/201711/11/2017
CRISTINA BRAGA XAVIER327/11/201524/11/2017
DANIEL DEAMICI CHAVES603/02/201611/11/2017
DARLAN RADTKE BERGMANN201/06/201615/12/2016
EDUARDO LUIZ BARBIN127/11/201524/11/2017
ELAINI WOLTER SICKERT ADERNE127/11/201530/07/2016
FABIO GARCIA LIMA227/11/201524/11/2017
GABRIEL BITTENCOURT DAMIN201/05/201724/11/2017
GISELLE DAER DE FARIA2
ISABELA ECHENIQUE DE SOUZA627/11/201501/03/2017
ISABELLE KUNRATH201/06/201615/12/2016
ISADORA SCHWANZ WÜNSCH201/06/201615/12/2016
JESSICA SANDER DUBAJ201/06/201624/07/2017
JOHN VICTOR JUNIO BATISTA FERREIRA SILVA201/05/201724/11/2017
KAROLINE VON AHN PINTO327/11/201524/11/2017
KERIAN DOROTHY REHBEIN401/05/201624/11/2017
LARISSA SILVEIRA PINTO201/07/201711/11/2017
LETICIA KIRST POST227/11/201524/11/2017
MELISSA FERES DAMIAN127/11/201524/11/2016
NATHALIA RADMANN SCHWONKE401/05/201620/10/2017
OTACILIO LUIZ CHAGAS JUNIOR127/11/201524/11/2016
PAULA FERNANDES E SILVA201/07/201715/11/2017
RAQUELE SOARES DE MATOS201/07/201711/11/2017
RODRIGO MOREIRA DARLEY201/07/201715/11/2017
ROSA GLADES SILVEIRA PAES2027/11/201524/11/2017
SARA ALICE ZAGO JEZIORSKI401/05/201620/10/2017
SUZANNE MENDES DE ALMEIDA201/06/201628/06/2017
TALITA FREITAS DA SILVA401/05/201624/11/2017
TANIELLEY VIEIRA MACHADO201/07/201711/11/2017
TIAGO MARTINS FEIJÓ MIGUELIS201/07/201711/11/2017
VANESSA RIBEIRO THOMAZONI401/07/201611/11/2017

Página gerada em 18/10/2019 08:20:06 (consulta levou 0.084141s)