Nome do Projeto
Prática de Ensaios Laboratoriais aplicados à Pavimentação
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
02/05/2016 - 28/04/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Engenharias - Engenharia Civil - Geotécnica
Resumo
A partir da criação do curso de Engenharia Civil na Universidade Federal de Pelotas, através da Portaria 0941/2010, foram obtidos recursos financeiros para o desenvolvimento da infraestrutura do referido curso. Dentro da infraestrutura do curso, estão inclusos os Laboratórios de Ensino, cujos recursos foram oriundos de projetos de ensino, pesquisa e/ou extensão, bem como os editais PROEQUIP. Entre os laboratórios de ensino que contribuem ao curso de Engenharia Civil, está o Laboratório de Pavimentação, cuja contribuição é efetiva na disciplina de Pavimentação (1630017) do curso de Engenharia Civil, bem como contribui ao aprendizado das disciplinas de Mecânica dos Solos (0570045), Pavimentação Avançada (1630039) e Mecânica dos Solos Avançada (1630040), do mesmo curso. A partir de recursos oriundos essencialmente dos editais PROEQUIP 2013 e 2014, o Laboratório de Pavimentação adquiriu equipamentos que permitem a execução de ensaios laboratoriais essenciais para a caracterização de materiais empregados em obras de infraestrutura rodoviária, cruciais para a verificação da qualidade dos referidos materiais, qualificando-os ou não para seu uso em campo.

Objetivo Geral

O presente Projeto de Ensino tem como objetivo a qualificação técnica de alunos de graduação do curso de Engenharia Civil da UFPel para compreensão, execução e interpretação de resultados de ensaios laboratoriais aplicados à Pavimentação.

Justificativa

Na disciplina de Pavimentação (1630017) do curso de Engenharia Civil, é previsto o estudo do comportamento dos materiais empregados em obras de rodovias. Entretanto, em função do programa de ensino da referida disciplina, nem sempre é possível contemplar o estudo de maneira mais profunda e prática, devido a limitações de tempo e infraestrutura. Posto isto, é crucial proporcionar aos alunos maior tempo de contato com a prática de laboratório na área, proporcionando aos alunos um aprendizado prático do comportamento e caracterização dos materiais de Pavimentação, bem como execução dos ensaios. Muitas vezes, o engenheiro rodoviário precisa ter contato visual e tátil com o material, sentindo sua plasticidade, rugosidade, consistência, de modo a tomar decisões de projeto e campo com base mais realista. Tal contato será possibilitado aos alunos através da disponibilidade do Laboratório, preparando os alunos mais adequadamente para enfrentarem situações de obra e ao mesmo tempo incentivando-os ao interesse pela área de Pavimentação. Além do que foi dito, é importante ressaltar o fato que, Atualmente, a área de Pavimentação goza de um considerável investimento por parte do governo Federal, evidenciado pelas duplicações de rodovias como a BR116, trecho Pelotas-Guaíba. Tal fato demandará engenheiros preparados para projeto e execução destas obras. Por isto, a prática vivida dentro Laboratório de Pavimentação é crucial para uma formação sólida dos alunos, de forma a estarem aptos a trabalhar nestas obras e no mercado da engenharia rodoviária. Além do âmbito do Ensino, os benefícios da prática no Laboratório de Pavimentação abrangem os âmbitos da Pesquisa e Extensão. Os alunos presentes na prática do Laboratório fortificaram a relação Universidade-comunidade-comunidade científica, uma vez que o presente projeto de ensino também vislumbra a formação de técnicos para o Laboratório de Pavimentação, de forma que os mesmos trabalhem em projetos de pesquisa e extensão.

Metodologia

A metodologia a ser empregada consiste em encontros semanais de 4 (quatro) horas com os alunos envolvidos no projeto, no Laboratório de Pavimentação do Centro de Engenharias (sala 109 A), no qual cada encontro seguirá as seguintes diretrizes:
i) Concepção teórica dos ensaios: explicações, por parte do Coordenador do Projeto, do ensaio em si e do que o comportamento do material observado no ensaio implica na realidade observada em campo;
ii) Demonstração ou orientação, por parte do Coordenador do projeto, do procedimento de ensaio a ser realizado no dia, com o apoio da(s) norma(s) técnica(s) que rege(m) o ensaio;
iii) Execução, por parte dos alunos, dos procedimentos de ensaios demonstrados pelo coordenador, sob a supervisão do mesmo;
iv) Orientação, por parte do coordenador, da interpretação dos resultados do ensaio realizado;
v) Quando se julgar pertinente, pretende-se enviar previamente material didático e as normas técnicas sobre os ensaios a serem realizados no laboratório, de modo a facilitar a orientação dos alunos envolvidos; e vi) Avaliações periódicas do aprendizado dos alunos, quando pertinente, com ensaios a realizar e confecção de relatórios.

Resultados Esperados

O presente projeto de ensino almeja os seguintes impactos:
i) Reforço e aprofundamento dos conhecimentos na área de Pavimentação aos alunos interessados;
ii) Estímulo dos alunos a se interessar pela área de Pavimentação, frente às áreas mais tradicionais da Engenharia Civil, como Construção Civil e Estruturas;
iii) Forte atividade do laboratório de Pavimentação do Centro de Engenharias, criada a cultura de execução frequente de ensaios em suas dependências;
iv) Atração do interesse de empresas e outras Universidades a fazer interação com o Laboratório de Pavimentação, em função da forte atividade do laboratório, a capacitação técnica e interesse dos alunos na execução dos ensaios, e
v) Captação de recursos financeiros para o Laboratório de Pavimentação, dado o interesse de empresas citado em iv.

Indicadores, Metas e Resultados

As etapas do cronograma apresentado são apenas previstas. Conforme o andamento das atividades planejadas, o cronograma deverá ser ajustado, de modo a melhor consolidar o conhecimento dos alunos envolvidos no projeto e cumprir os objetivos propostos no presente projeto de ensino.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALENCAR IBEIRO DE OLIVEIRA402/05/201628/04/2017
ALINE BORGES AZEVEDO403/06/201628/04/2017
ANA PAULA SANTOS MARTINS421/06/201628/04/2017
FERNANDA PIRES PINTO403/06/201628/04/2017
FRANCINE PICANÇO MADRID421/06/201628/04/2017
KLAUS MACHADO THEISEN802/05/201628/04/2017
LISLAINE JAHNECKE OLIVEIRA402/05/201628/04/2017
LUAN FURTADO SERPA402/05/201628/04/2017
OTÁVIO LOURENÇO DUTRA416/05/201601/07/2016
TAINÁ SILVA SÁ BRITTO421/06/201628/04/2017
VANESSA LOPES SOARES422/06/201628/04/2017

Página gerada em 26/11/2021 20:02:39 (consulta levou 0.029635s)