Nome do Projeto
MONITORIA DE CLÍNICA MÉDICA
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
10/04/2017 - 10/04/2019
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Clínica Médica
Resumo
Número de monitores: 9 a 10 Monitores: Turma correspondente ao 7º semestre concluído. Monitorados: Turma correspondente a 6° e 7º semestre. Especialidades contempladas pela monitoria: Clínica médica, cardiologia, nefrologia, hematologia, endocrinologia, pneumologia, reumatologia, infectologia e gastroenterologia.

Objetivo Geral

Propiciar o aprofundamento dos conhecimentos teórico práticos em Clínica Médica I e II pelo maior tempo de atividade hospitalar e pela troca entre preceptores, monitores e monitorados.

Justificativa

Na FAMED, dispomos de monitorias das seguintes disciplinas: semiologa, técnica cirurgica, psicologia médica 1 e 2, farmacologia, fisiologia, anatomia, entre outras. Porém, a disiciplina de clínica médica ainda não está contemplada, sentindo-se assim a necessidade de criar esse projeto que promova maior tempo de vivência hospitalar e aprendizado na área.

Metodologia

1 Acompanhamento de caso com residentes
Os monitores deverão acompanhar um residente da especialidade em que estão inseridos e com o auxílio deles e a aprovação dos discentes escolherem um e no máximo dois casos clínicos para acompanhar toda a evolução do paciente.
Após a escolha do caso clínico a ser observado, os monitores deverão atender junto com os residentes, acompanhá-los nas internações, manejo, procedimentos e evolução, sempre fazendo o registro das atividades realizadas.
2 Embasamento Teórico
Com o caso clínico já escolhido e com o acompanhamento do residente já encaminhado, o monitorado apresentará o caso para o professor para discussão, orientações e para dúvidas. O docente indicara duas referências bibliográficas (artigos, diretrizes), as quais o monitor usará de base para fundamentar a apresentação de seu caso clínico.
3 Apresentação de caso clínico e feedback
O monitor deve realizar a apresentação do caso clínico do paciente que acompanhou, juntamente com o residente, em formato de power point (ppt), utilizando-se de exames de imagem e recursos de mídia quando esses forem possíveis (fotos, vídeos).
4 Sobre a dinâmica das Apresentações de “Casos Clínicos”
Acontecerão apresentações semanais dos casos para os alunos do sexto e sétimo semestres e para os docentes envolvidos. Uma prévia do caso clínico será enviada aos alunos com uma semana de antecedência. Dois dias antes da apresentação serão enviadas algumas referências para guiar os estudos dos alunos envolvidos.

Resultados Esperados

Espera-se que a monitoria traga resultados positivos no que diz respeito a ampliar a curiosidade e o embasamento teórico prático dos alunos da disciplina de Clínica Médica, por meio do maior tempo de vivência em atendimento hospitalar e também pela troca de conhecimento entre os monitores, preceptores e monitorados. Almeja-se com o projeto maior qualificação do raciocínio clínico, da interpretação do exame físico e dos exames complementares, da aplicabilidade da teoria na prática hospitalar e ambulatorial, da prevenção e do rastreamento de doenças e do manejo dos pacientes e, por meio desses, enriquecer a formação dos alunos da Faculdade de Medicina no âmbito da Clínica Médica.

Indicadores, Metas e Resultados

1. PROCESSO SELETIVO
O Processo Seletivo será composto de duas etapas: uma prova teórica e uma prova prática. O pré requisito para se inscrever no processo seletivo é ser aluno devidamente matriculado no curso de medicina da UFPel e ter o sétimo semestre do curso concluído.
1.1 A prova teórica abordará o conteúdo de clínica médica I e II visto em sala de aula e temas relacionados à rotina ambulatorial e hospitalar já esperada nesses semestres.
1.2 A prova prática pode ser composta de entrevista, caso clínico (prova oral) ou então de uma avaliação da qualidade do exame físico.
OBS.: A análise de currículo pode ser utilizada como critério de desempate, caso exista essa necessidade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALANA RAQUEL OWERGOOR DÜRKS110/04/201710/04/2019
ANDREW CHRISTOPHER CLARO MIGUEL110/04/201710/04/2019
CAROLINA AVILA VIANNA610/04/201710/04/2019
CAROLINA ZIEBELL CARPENA610/04/201710/04/2019
CRISTIANE RIOS PETRARCA610/04/201710/04/2019
DANIEL BRITO DE ARAUJO610/04/201710/04/2019
DANIEL RIOS PINTO RIBEIRO610/04/201710/04/2019
DANISE SENNA OLIVEIRA610/04/201710/04/2019
EDUARDO GEHLING BERTOLDI610/04/201710/04/2019
ELZA CRISTINA MIRANDA DA CUNHA BUENO610/04/201710/04/2019
GIOVANA PARRON PAIM610/04/201710/04/2019
HENRIQUE NICKEL110/04/201710/04/2019
LEONARDO ELPIDIO RIBEIRO110/04/201710/04/2019
LUCIANE MARIA ALVES MONTEIRO610/04/201710/04/2019
LYSANDRO ALSINA NADER610/04/201710/04/2019
MARIA ALICE SOUZA DE OLIVEIRA DODE610/04/201710/04/2019
MARINA SPADER BERTI110/04/201710/04/2019
MATHEUS PRESTES BAPTISTA110/04/201710/04/2019
NATHALIA HELBIG DIAS110/04/201710/04/2019
NICOLE EVELYN KLEINDINST SCHRAMM DA SILVA110/04/201710/04/2019
RAFAEL OLIVE LEITE610/04/201710/04/2019
ROGERIO TORRES MARQUES610/04/201710/04/2019
SASKIA COSTA DE BOER610/04/201710/04/2019
SILVIA ELAINE CARDOZO MACEDO610/04/201710/04/2019
SILVIA SAUERESSIG610/04/201710/04/2019
TANIA MARIA CENTENARO HELLWIG610/04/201710/04/2019
THAÍS DE ASSIS SOARES610/04/201710/04/2019
UMBERTO LOPES DE OLIVEIRA FILHO610/04/201710/04/2019
VERA MARIA FREITAS DA SILVEIRA610/04/201710/04/2019

Página gerada em 23/10/2019 10:01:04 (consulta levou 0.099668s)