Nome do Projeto
Monitorias de Química da Madeira para o Curso de Engenharia Industrial Madeireira
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
02/05/2017 - 08/03/2018
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Tecnologia e Utilização de Produtos Florestais
Resumo
As disciplinas de Química da Madeira e Química da Madeira Experimental do Curso de Engenharia Industrial Madeireira são oferecidas no 3º e 4º semestre, respectivamente. São a transição entre o conhecimento da química e sua aplicação prática na composição química e formação da madeira e o elo de ligação com as disciplinas específicas do curso como Tecnologia de Produção de Celulose ou Produção e Propriedades do Papel. Muitos alunos, no entanto, iniciam tais disciplinas sem terem desenvolvido a compreensão da estrutura do Curso. Revelam, assim, dificuldades em habilidades de reflexão, exploração e dedução. A dificuldade por parte dos alunos em tais disciplinas é notável fazendo com que boa parte dos alunos coloquem em dúvida a escolha da carreira profissional e não deem a devida importância das disciplinas na formação. Assim, pretende-se iniciar monitorias para os alunos das disciplinas de Química da Madeira a fim de transpor as dificuldades, buscando diminuir os índices de desistência e reprovação nos semestres iniciais do Curso de Engenharia Industrial Madeireira.

Objetivo Geral

Proporcionar através de monitoria condições que contribuam na formação dos alunos das disciplinas de Química da Madeira e Química da Madeira Experimental.

Justificativa

Após o ingresso em um curso de graduação, muitos estudantes passam por dificuldades devido a deficiência de aprendizado durante a formação básica. A área de química destaca-se por ser uma das ciências em que os ingressantes mais apresentam dificuldades no início do ensino superior, principalmente em disciplinas como química inorgânica e química orgânica.
Observa-se que os estudantes desconhecem conteúdos básicos neste seguimento, podendo ser citado os conhecimentos quanto a ácidos e bases, grupos funcionais, entre outros, os quais são fundamentais em disciplinas específicas do curso de Engenharia Industrial Madeireira, como a Química da Madeira e Química da Madeira Experimental.
Os conhecimentos em Química da Madeira são de grande importância para a vida profissional dos estudantes, tendo em vista que, a composição química da madeira explica mutias de suas propriedades e aplicações. O trabalho de monitoria, neste sentido, é fundamental como atividade extraclasse, onde o estudante designado a auxiliar o professor, além de contribuir em atividades práticas de laboratório, pode ainda estimular os estudantes em questões diversas, através de suas experiências pedagógicas, como por exemplo, na produção textual de relatórios, tratamento de dados e busca por referências na área, e assim contribuir para a melhor formação dos discentes.
Tais tarefas beneficiam o monitor, tanto na relação com o professor, quanto com os alunos, o qual eleva seus conhecimentos na área, intensificando o interesse pelos estudos e pelas pesquisas, construindo um perfil profissional e melhorando as relações interpessoais.

Metodologia

Auxílio do monitor durante as atividades práticas, de tal forma que os questionamentos por parte dos alunos possam ser sanados de maneira correta;
Auxílio do monitor em atividades práticas, de modo que os alunos mais dispersos possam despertar interesse na importância da disciplina acadêmica;
Auxílio na correção de relatórios de atividade prática, a fim de apresentar um feedback semanal que possa vir a melhorar a capacidade dos alunos em elaborar textos, em desenvolver projetos acadêmicos, tratamentos de dados, etc.;
Reunião semanal entre professor e monitor para debater o desenvolvimento dos alunos e propor melhorias;
Monitoria presencial quatro dias por semana em diversos horários para que os alunos possam tirar suas dúvidas, questionarem sobre procedimentos realizados em laboratório e discutirem tópicos referentes à disciplina de química da madeira experimental;
Utilização de redes sociais para auxílio aos alunos, publicações de informações e listas de exercícios (se houver), bem como para a divulgação do feedback das atividades práticas;
Ao final do semestre, levantamento do rendimento dos alunos na disciplina e analisar a melhoria ocorrida com a implantação de um projeto de monitoria.

Resultados Esperados

Com o projeto de monitoria espera-se atingir uma melhoria na qualidade no ensino da disciplinas de Química da Madeira e Química da Madeira Experimental do curso de Engenharia Industrial Madeireira da Universidade Federal de Pelotas.
As estratégias e intervenções aplicadas neste projeto visam proporcionar aos estudantes melhorias tanto no aprendizado, quanto na capacidade do aluno em desenvolver projetos de iniciação científica. Além disso, espera-se que ao fim da disciplina, os alunos apresentem total capacidade de realizar análises para empresas e para projetos acadêmicos, bem como aptidão na elaboração de relatórios e na apresentação de estudos praticados.
Espera-se ainda que a aplicação deste projeto traga benefícios não apenas para a formação dos discentes, mas ainda, através de profissionais mais qualificados e com maior capacidade de contribuir com a sociedade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
GABRIEL VALIM CARDOSO402/05/201708/03/2018
MARCO ANTONIO MUNIZ FERNANDES2002/05/201731/12/2017

Página gerada em 24/01/2021 09:34:47 (consulta levou 0.052701s)