Nome do Projeto
LABORATÓRIO DE ESTUDOS DIRIGIDOS À CIRURGIA
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
01/06/2017 - 02/04/2018
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirúrgia Animal
Resumo
O projeto Laboratório de Estudos Dirigidos à Cirurgia, é vinculado diretamente com as disciplinas de Clínica Cirúrgica I e Clínica Cirúrgica II do curso de Medicina Veterinária. A disciplina de Técnica Cirúrgica (também denominada de Clínica Cirúrgica I) no currículo da Medicina Veterinária tem por objetivo estudar as manobras cirúrgicas básicas e intervenções cirúrgicas, visando o tratamento das afecções, as quais os animais domésticos estão sujeitos. Mundialmente nas faculdades de Medicina Veterinária, bem como no Brasil, a disciplina de Técnica Cirúrgica é obrigatória na grade curricular do curso. É dever das Faculdades de Medicina Veterinária ensinar a seus alunos os princípios da cirurgia e a sua prática. Os alunos devem adquirir habilidade e destreza na realização dos principais procedimentos (MATERA, J.M.).

Objetivo Geral

Melhorar o processo de ensino/aprendizagem das disciplinas de cirurgia

Justificativa

O conteúdo predominantemente prático das disciplinas de cirurgia exige do aluno o treinamento constante. Deve-se lembrar de que as habilidades manuais e psicomotoras, para serem desenvolvidas requerem um treinamento repetitivo (MATERA, J.M.).
Complementarmente, a ampla fundamentação teórica exigida na formação cirúrgica, bem como a limitação curricular de tempo despendido para as aulas práticas e o número limitado de professores são fatores limitantes ao treinamento discente. A diminuição da ênfase e do tempo dedicado às aulas práticas, particularmente no âmbito hospitalar, também prejudicam o desenvolvimento de habilidades técnicas essenciais para a boa evolução profissional (COSTA NETO & MARTINS FILHO, JENKINS et. al., 2008).
A existência de um laboratório onde existam modelos, simuladores, peças anatômicas, e o número reduzido de alunos associado a presença de professores e de monitores permite que o ensino seja mais individualizado, aumentando a fixação do conteúdo e permitindo a melhoria do processo de ensino-aprendizagem com consequente diminuição em taxas de reprovação e melhora na qualidade final do profissional Médico Veterinário.
Soma-se a estes o fato de que em algumas aulas são utilizados animais provenientes da rotina hospitalar que demandam um maior cuidado tanto pré como pós-operatório. Para estes procedimentos é necessário agendamento prévio, entrevista com o proprietário do animal, avaliação pré-cirúrgica, coleta de exames pré-anestésicos, internamento do paciente com 12 horas de antecedência, preenchimento de prontuário, jejum e preparação do paciente, auxilio durante o procedimento cirúrgico, pós-operatório imediato, alta hospitalar e retirada de pontos. Com todas estas etapas, a presença do monitor é primordial para a manutenção das aulas práticas com animais, que contribuem de forma significativa para o aprendizado dos alunos.

Metodologia

O Laboratório de Estudos Dirigidos à Cirurgia é realizado em horários nos quais os monitores e os docentes estão disponíveis para atender os acadêmicos. De forma geral, os horários das 12:00h às 14:00 são utilizados para este fim. Aditivamente, outros horários podem ser combinados. Existe uma limitação no número de alunos atendidos para que o estudo possa ser mais particularizado.
A monitoria é marcada diretamente com o monitor por e-mail onde o aluno especifica o dia que comparecerá e a matéria e ser revisada. Durante as monitorias, são revisados conteúdos já ministrados em aula de caráter teórico ou prático e é um período em que o aluno pode tirar dúvidas, fazer os trabalhos da disciplina e realizar um estudo dirigido com o aluno responsável pela monitoria, professores e os demais colegas. É obrigatória a presença de pelo menos um monitor durante o laboratório.
Durante o período, são solucionadas dúvidas, discutidas situações clínicas, realizados treinamentos em modelos, peças anatômicas ou simuladores. Todos os treinamentos básicos discutidos em sala de aula podem ser repetidos durante os horários agendados.
Os monitores precisam estar presentes em aulas práticas e teóricas para a melhor absorção e fixação do conteúdo ministrado.

Resultados Esperados

Os resultados esperados são:
- Que o aluno consiga ser incentivado ao aprendizado e a atualização dos conhecimentos através da interação mais próxima dos docentes, monitores e acadêmicos;
- Que seja melhorada a qualidade do processo de ensino/aprendizagem;
- Que sejam proporcionados aos monitores, a possibilidade de auxiliarem as atividades de ensino, permitindo o conhecimento de outra face do processo de ensino/aprendizagem;
- Que seja diminuída a taxa de reprovação nas disciplinas atingidas pelo projeto;
- Que seja melhorada a qualidade do profissional formado pela instituição;
- Que seja melhorado o atendimento ao paciente e à sociedade;

Indicadores, Metas e Resultados

Os acadêmicos são avaliados quanto ao interesse, participação e cumprimento de horários e tarefas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALAN CARLOS DE SANTANA418/09/201722/12/2017
ALESSANDRA GOULART TEIXEIRA518/09/201709/03/2018
ALINE AZEVEDO VAN GROL518/09/201709/03/2018
AMANDA ANDERSSON PEREIRA STARK518/09/201709/03/2018
ANA PAULA STEMPCZYNSKI518/09/201709/03/2018
ANDREW CHERRIL DOS SANTOS GONZALES518/09/201709/03/2018
BEATRIZ LIBONI ALCALÁ FREGUGLIA518/09/201709/03/2018
BRUNA DA ROSA WILLRICH518/09/201709/03/2018
CAMILA IGNÊS BASSAN BARBOSA518/09/201709/03/2018
CAROLINE DA SILVA FABRES518/09/201709/03/2018
CAROLINE MUNIZ BARRETO FONTOURA518/09/201709/03/2018
CATIANE PRESTES DOS SANTOS518/09/201709/03/2018
DAIANE DOS SANTOS SOARES GUIMARÃES518/09/201709/03/2018
DANIEL AZEVEDO VASCONCELLOS518/09/201709/03/2018
DENISE DIEGUEZ FABRES518/09/201709/03/2018
EDUARDA ALÉXIA NUNES LOUZADA DIAS CAVALCANTI518/09/201709/03/2018
EDUARDO SANTIAGO VENTURA DE AGUIAR101/06/201702/04/2018
FABRICIO DE VARGAS ARIGONY BRAGA601/06/201702/04/2018
FERNANDA AGUIAR MACHADO518/09/201709/03/2018
FERNANDA TEIXEIRA SILVA518/09/201709/03/2018
FRANCISCO DE ASSIS ARAÚJO CAMELO JÚNIOR101/06/201725/08/2017
GABRIELE BENATTO DELGADO518/09/201709/03/2018
GRAZIELE SILVEIRA DA COSTA518/09/201709/03/2018
ISABEL SILVA WETZEL518/09/201709/03/2018
JANAINA LEAL BARBOSA518/09/201709/03/2018
JOSAINE CRISTINA DA SILVA RAPPETI101/06/201702/04/2018
JOSE RAPHAEL BATISTA XAVIER518/09/201709/03/2018
JULIA SOMAVILLA LIGNON518/09/201709/03/2018
JULIO NETTO DOS SANTOS DANIELSKI518/09/201709/03/2018
JÉSSICA JUNCKES518/09/201709/03/2018
KATLYN FLAVIA RODRIGUES SOARES518/09/201709/03/2018
LAURA VALADÃO VIEIRA518/09/201709/03/2018
LUIZA DE MENEZES SCHITZ518/09/201709/03/2018
LUÍS FELIPE VAZ BARBOSA518/09/201709/03/2018
MARCIO FERNANDO WEBER BRITO518/09/201709/03/2018
MARCO ANTÔNIO DO AMARAL VIDAL518/09/201709/03/2018
MARINA ZANIN501/06/201723/08/2017
MARTIELO IVAN GEHRCKE101/06/201702/04/2018
MIGUEL RODRIGUES DE SOUZA518/09/201709/03/2018
NICOLE FERNANDA ESQUINATTI518/09/201709/03/2018
NIELLE VERSTEG518/09/201709/03/2018
OTÁVIO SARAIVA PIRES518/09/201709/03/2018
OTÁVIO ZACHER BUCHAIN518/09/201709/03/2018
PRISCILLA CATALANE BIANCHI518/09/201709/03/2018
PÂMELA CAYE401/06/201723/08/2017
RAUL HENRIQUE DA SILVA518/09/201709/03/2018
RENATA GARIN FREIRE DA SILVA518/09/201709/03/2018
ROCHELI DA SILVA MÄHLER518/09/201709/03/2018
SAMANTHA WALLY JORGE518/09/201709/03/2018
SANDRA ELISA KUNRATH518/09/201709/03/2018
SIMONE BATISTA518/09/201709/03/2018
STÉFANI YUMI RIBEIRO YABUKI518/09/201709/03/2018
SÉRGIO ARMESTO MORAN NETO518/09/201709/03/2018
TAYNARA MOREIRA MACHADO518/09/201709/03/2018
VANUSA DOS SANTOS RAMOS518/09/201709/03/2018
VITÓRIA GAUSMANN518/09/201709/03/2018

Página gerada em 14/11/2019 17:05:37 (consulta levou 0.060942s)