Nome do Projeto
O mercado profissional do cientista social
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
01/06/2017 - 31/12/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Resumo
A profissão do cientistas social no Brasil tem sofrido alterações no decorrer do século XX e coloca novos desafios nas primeiras décadas do século XXI. Os próprios cientistas sociais, especialmente os sociólogos, têm refletido e feito análises relevantes sobre o desenvolvimento e estado da profissão no país. Podem ser caracterizados diferentes papéis atribuídos ao cientista social na sociedade brasileira: o de profissional público, profissional acadêmico ou o de técnico social. Conhecer melhor a inserção e as reflexões sociológicas dos cientistas sociais contribui para que os alunos do curso de ciências sociais possam começar a conhecer qual é o mercado profissional futuro bem como começara a participar ativamente na consolidação e ampliação da atividade profissional na região sul do Brasil.

Objetivo Geral

Oferecer ao estudante do curso de ciências sociais uma compreensão maior das diversas inserções profissionais dos cientistas sociais no Rio Grande do Sul e no Brasil.

Justificativa

A profissão do cientistas social no Brasil requer de uma maior consolidação num quadro geral de reconhecimento que envolve diversas entidades da sociedade civil e do Estado. É notável que, desde a metade do século passado, as ciências sociais têm passado por diversos momentos, que as colocam diante de novos desafios. Se nos anos 1950-1960 o país conhecia poucos cientistas sociais, hoje se contabilizam em milhares os diplomados. No início do século XX, A Sociedade Brasileira de Sociologia contava com mais de 800 membros, só para colocar um exemplo. Assim também tem ocorrido um crescimento significativo de cursos de graduação e de pós-graduação na área geral das ciências sociais e nas áreas específicas de sociologia,ciência política e antropologia. Vários indicadores mostram um crescimento na formação dos cientistas sociais, tais como número de doutores, cursos de pós-graduação, professores ministrando em cursos de pós-graduação, eventos científicos, etc. Contudo, esse crescimento na formação profissional parece vir acompanhada de uma inserção profissional limitada dos cientistas sociais, no ensino superior e no ensino médio. Nesse sentido, a principal justificativa do grupo de estudo é a necessidade de conhecer melhor qual é a inserção do cientista social no Brasil, focando especialmente no estado de Rio Grande do Sul, bem como a de começar a pensar o desenho de novas possibilidades de inserção.

Metodologia

Análise coletiva de estudantes e professores de bibliografia e de fontes de informação no Brasil sobre o mercado profissional do cientista social.
Reuniões grupais com apresentação de estudos e temas, abertas aos alunos e professores do Departamento de Sociologia e Política.
Convite de professores especializados nos debates do grupo.
Integração do tema em sessões de debate em atividades acadêmicas específica organizadas pelo IFISP e pela UFPel.

Resultados Esperados

Espera-se que os alunos do curso de ciências sociais tenham uma conhecimento mais aproximado da inserção profissional do cientistas social no país.
Espera-se um debate amplo no Departamento de Sociologia e Política que permita traçar estratégias de construir um mercado profissional mais amplo que a inserção docente dos licenciados em ciências sociais.
Geração de insumos para políticas educativas da UFPel de uma procura de melhor inserção do profissional das ciências sociais bem como de seu reconhecimento no âmbito da sociedade civil e das instituições estatais no Rio Grande do Sul

Indicadores, Metas e Resultados

A colaboradora Camila Dellagnese Prates foi cadastrada como Não UFPel por não conseguir cadastrar em outra parte. A colaboradora Camila é bolsista PNPD integrada ao Programa de Pós-graduação em Sociologia.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIANA DE LEMOS MUNSBERG2
AMANDA ALBUQUERQUE PERES201/07/201731/12/2017
ANNE PINTO BRANDALISE201/07/201731/12/2017
ATTILA MAGNO E SILVA BARBOSA201/06/201731/12/2017
CAMILA DELLAGNESE PRATES4
CELI OLIVEIRA201/07/201731/12/2017
DANIEL DA ROSA ESLABAO2
ELAINE DA SILVEIRA LEITE201/06/201731/12/2017
FABIO ALMEIDA SACCO201/07/201731/12/2017
FRANCISCO EDUARDO BECKENKAMP VARGAS301/06/201731/12/2017
GUSTAVO PAULA MUNIZ201/07/201731/12/2017
JANICE HELENA OLIVEIRA RIBEIRO REGO201/07/201730/10/2017
KÁTIA DOS SANTOS PEREIRA201/06/201731/12/2017
LEO PEIXOTO RODRIGUES201/06/201731/12/2017
PAULA JEANE SOARES ACOSTA201/07/201730/10/2017
PAULA PARANHOS VERGARA201/07/201731/12/2017
PEDRO ALCIDES ROBERTT NIZ601/06/201731/12/2017
RAFAEL BRAZ DA SILVA601/06/201731/12/2017
TAINÁ CARDOZO DE OLIVEIRA201/11/201731/12/2017

Página gerada em 12/11/2019 11:45:56 (consulta levou 0.052790s)