Nome do Projeto
Contextos e Deslocamentos do Desenho Artístico
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
26/05/2017 - 31/01/2018
Unidade de Origem
Área CNPq
Linguística, Letras e Artes - Artes
Resumo
O projeto pretende pesquisar e refletir sobre modos de incentivar atividades de desenho, realizando ações extraclasse que cultivam o ato de desenhar, o hábito de ler e discutir o desenhar e outras atividades que envolvem a prática de desenho, como montar uma exposição didática dos alunos da disciplina Fundamentos de Desenho 1 (e II). Alunos de várias áreas podem participar nas atividades de desenhar em salas de exposição e ao ar livre ou participar numa exposição de desenho organizado pelos alunos, bem como num grupo de leitura. O projeto, entretanto, focaliza as atividades contemplando especialmente os alunos do curso de Bacharelado em Artes Visuais, e tambem de Licenciatura em Artes Visuais, Cinema de Animação e Design, sendo que a disciplina é obrigatória para quase todos os cursos do Centro de Artes.

Objetivo Geral

Complementar as atividades da disciplina através de oferecer uma variedade maior de ações extraclasses relacionadas ao desenho durante para alunos de Fundamentos de Desenho 1 (e 2) ministradas por mim que, além de oferecer a ajuda em sala de aula e o horário extraclasse tradicional (“monitoria” para realizar os desenhos-exercícios da disciplina), também oferecer outras atividades extraclasses para cultivar a autonomia profissional do aluno e a prática e a reflexão sobre o desenho artístico como: caminhar, observar e desenhar ao ar livre; criar um Grupo de leitura de textos (sobre desenho) escolhidos pelos alunos; visitar exposições e desenhar as obras; estimular e ajudar os alunos a organizar uma exposição de desenhos ou outro tipo de apresentação que versa sobre o desenho.

Justificativa

O Projeto propõe novas atividades que o monitor (ou dois bolsistas) possa realiza com os alunos fora da sala de aula: desenhar ao ar livre, visitar exposições, organizar uma exposição e realizar leituras em grupo. As atividades com o monitor podem cultivar maior autonomia no aluno. Fundamentos do Desenho 1 e 2 acontecem no primeiro e segundo semestres que permite desenvolver, ao longo do ano, a visita a galerias locais para desenhar as obras e o ato de caminhar na cidade para observar e desenhar ao ar livre são modos para os alunos artistas aprender sobre o desenho em contexto reais, bem como modo para conhecer o meio cultural em Pelotas, estimular o interesse em arte e o ato de desenhar e possibilitar o contato direto com a obra e os artistas durante as aberturas de exposição. Ao desenhar as obras dentro de uma galeria ou no Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo do CA/UFPEL, os alunos podem refletir sobre a obra nos lugares associados a sua profissão e amadurecerão o modo de pensar sobre o desenho. Outra atividade extraclasse deste projeto envolve o monitor que auxiliará os alunos organizar uma mostra de seus trabalhos. Assim, o desenho transforma de um meio artístico para um fim de prática profissional. Seu desenho neste contexto torna mais real, enquanto ação do artista em contextos sociais e urbanos diversos. A oportunidade de mostrar seu desenho cria a necessidade de refletir sobre sua montagem, ou usar a impressão gráfica – questões de elaboração da apresentação pública do desenho que o aluno raramente enfrenta em aula. Estas atividades vêm a somar às mais básicas do monitor que ajuda os alunos nos exercícios em sala de aula e monitoria. A dificuldade de desenhar na disciplina Fundamentos de Desenho I (ou II ) não é uma causa de reprovação, desistência ou evasão. Este ano, considerando a versão anterior deste projeto, pediremos duas bolsistas para poder realizar as atividades propostas mais plenamente. Este se vincula ao Grupo de Pesquisa DesLOCC (CNPq/UFPel).

Metodologia

Acompanhamento das aulas pelo monitor da disciplina de desenho: Fundamentos do Desenho I e II (duas turmas). Realização de encontros de Grupo de Leitura quinzenais para a leitura e discussão de textos escolhidos pelos alunos da bibliografia fornecida. Praticar o desenho em contextos fora da sala de aula, durante caminhadas na rua, em Pelotas ou em outros locais marcados e desenhar obras em exposições na cidade de Pelotas duas vezes por semana. Organizar uma exposição de trabalhos dos alunos – mostra didática. As atividades geralmente levarão 2 a 3 horas para a realização de cada uma. Orientação do monitor pela coordenadora duas horas por semana e incluindo preparação para o CEG/UFPEL. O Grupo de Leitura incluiria minha presença junto com o monitor.

Resultados Esperados

A ampliação do conhecimento e experiencia profissional do aluno-artista em relação ao desenho é o resultado direto esperado das atividades deste projeto que o monitor realizará com os alunos (desenhar ao ar livre e em salas de exposição, visitar exposições, organizar uma
exposição de desenhos, realizar leituras em grupo, etc.). A cultivação da autonomia dos alunos e sua habilidade de ler,
refletir sobre e discutir o desenho em grupo, bem como outra atividade em grupo de montar uma exposição de desenho
possibilitam uma atitude mais profissional sobre o trabalho do artista em relação à ação de desenhar.

Indicadores, Metas e Resultados

Este projeto de ensino se vincula ao Grupo de Pesquisa Deslocamentos, Observancias e Cartografias Contemporaneas do CNPq/UFPel do qual sou colíder.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALICE JEAN MONSELL626/05/201731/01/2018
LEONARDO DA SILVA AVILA926/06/201722/08/2017
Maiara Borraz de Ávila926/06/201722/08/2017

Página gerada em 03/12/2020 23:52:32 (consulta levou 0.055469s)