Nome do Projeto
Fabricação de PCB 2017
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
05/06/2017 - 31/12/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Engenharias - Engenharia Elétrica
Resumo
Existem várias teorias que tentam demonstrar como ocorre o processo de aprendizado. Vejamos algumas das teorias a seguir: Segundo a teoria de Vygostky (1987, apud Lampreia, 1999) o aprendizado passa por um papel do social, em que “a formação de conceitos científicos se dá na escola a partir da cooperação entre a criança e o professor que, trabalhando com o aluno, explica, dá informações, questiona, corrige e faz o aluno explicar”. Em outras palavras, o aprendizado de um indivíduo contido em um grupo social irá aprender o que seu grupo produz, ou seja, o conhecimento surge primeiro no grupo e, então é interiorizado pelo indivíduo. Carl Rogers (apud Mogilka, 1999), ao observar o aprendizado experimental, considera que “uma ação pedagógica só é efetivamente democrática quando se baseia no interesse genuíno, na necessidade e na motivação intrínseca do indivíduo”. Assim, de acordo com Rogers, a motivação é um fator essencial para o aprendizado bem-sucedido. Como terceira visão de aprendizado temos a proposta de Paulo Freire que é trazida por Gadotti (1999, apud Albino, 2003). “Educador e educando aprendem juntos numa relação dinâmica, na qual a prática é orientada pela teoria, que reorienta essa prática, num processo de constante aperfeiçoamento”. A ideia trazida por esses três estudiosos do processo de aprendizado se resume em: O trabalho em grupo (o orientador e seus orientados) produz e dissemina o conhecimento no grupo; o interesse do aluno é fundamental no aprendizado; e pratica é necessária para o aprendizado, sendo a teoria ligada a essa prática.

Objetivo Geral

Fornecer aos alunos a oportunidade para que eles criem placas de circuito impresso de qualidade superior de forma a aumentar a taxa de sucesso ao desenvolverem atividades curriculares e extracurriculares, aumentando o interesse do aluno pelo curso e pela carreira escolhida e, também, impulsionar pesquisas em diversas áreas dentro da UFPel.

Justificativa

Os alunos de Engenharia Eletrônica, Engenharia de Controle e Automação e outras engenharias correlatas possuem a necessidade de expressar os assuntos vistos nas disciplinas teóricas para que possam assimilar o conhecimento. Para isso fabrica-se placas de circuito impresso (também conhecidas como PCB – printed circuit board) em trabalhos de disciplinas e/ou para suas próprias experiências caseiras, pois os componentes de eletrônica possuem custo baixo.
Entretanto, o processo de fabricação de PCB caseiro leva a resultados de qualidade muito inferior do processo industrial, o que pode prejudicar o resultado final, decepcionando o projetista. Além do mais, os cursos não oferecem disciplinas voltadas à disposição dos componentes nas placas e nem dos problemas que escolhas malfeitas podem influenciar no sucesso da PCB.
Dessa forma, esse projeto propõe a criação de um ambiente que os alunos/pesquisadores teriam para fabricação de PCB com uma qualidade que se aproxima do processo industrial e orientações para o processe da escolha do posicionamento dos componentes eletrônicos.
Os equipamentos necessários para esse projeto já foram criados pelos alunos e já estão disponível para o uso da comunidade.

Metodologia

A metodologia desse projeto de ensino consiste em orientação dos alunos no desenvolvimento de projetos de placas de circuito impresso e, também, a disponibilização do equipamento necessário para a fabricação das placas.
Dessa forma, esse projeto irá disponibilizar orientadores para sugerir melhor posicionamento dos componentes de eletrônica nas placas, além dos mecanismos para a fabricação das placas de circuito impresso.

Resultados Esperados

Espera-se que com a satisfação da conclusão de seus projetos, e o bom funcionamento deles, os alunos possam visualizar os seus próprios potenciais e aumentar o interesse nos cursos de engenharia, diminuindo, assim, as evasões. Espera-se, também, que esse projeto possa impulsionar outros projetos de ensino, pesquisa e extensão que necessitem de placas de circuito impresso.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
EDUARDO SANTOS DA VEIGA2005/06/201731/12/2017
JEAN CARLOS SCHEUNEMANN2005/06/201731/12/2017
LUCIANO ANACKER LESTON805/06/201731/12/2017
MAIQUEL DOS SANTOS CANABARRO805/06/201731/12/2017
MARCELO LEMOS ROSSI805/06/201731/12/2017
MARLON SOARES SIGALES2005/06/201731/12/2017
MATEUS BECK FONSECA805/06/201731/12/2017
Mariano Berwanger Wille2005/06/201731/12/2017
Roberta Oliveira de Andrade2005/06/201731/12/2017
TARSO RODRIGUES DE AVILA2005/06/201731/12/2017

Página gerada em 17/11/2019 20:39:34 (consulta levou 0.092132s)