Nome do Projeto
Módulo de Exame do Tórax
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
09/10/2017 - 18/12/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Resumo
O médico clínico precisa realizar diagnóstico das doenças. As doenças cardiovasculares constituem a principal causa de mortalidade atualmente. Por esses motivos o domínio do exame físico do tórax é fundamental.

Objetivo Geral

Proporcionar a aprendizagem da semiologia cardiovascular através de atividades simuladas e com discussões teórico práticas.

Justificativa

Para qualificar a formação dos futuros clínicos, foi criado um laboratório de ensino médico por simulação (LABENSIM). Nesse
ambiente foi adquirido um manequim com 83 sons cardiopulmonares e alguns achados de exame físico. Através da
simulação de casos, o participante terá acesso a diferentes patologias segundo seu próprio ritmo de aprendizagem. Patologias estudadas na teoria, porém dificilmente vistas pelo aluno durante sua
formação acadêmica, poderão ser mais bem ensinadas.

Metodologia

Os alunos serão distribuídos em grupos de 11 para cada atividade simulada. A ordem de chamada será estabelecida a
partir do resultado obtido em um prova objetiva com 25 questões sobre semiologia cardiopulmonar. As atividades
práticas serão coordenadas pelos dois multiplicadores sob supervisão do professor. A frequência será semanal, com
duração de uma hora. Ao final de cada quantum (atividade prática) os multiplicadores realizarão uma revisão do conhecimento trabalhado
naquele momento. Após seis semanas (seis quanti) será realizado uma prova prática aplicada pelo professor constando de 10 perguntas
objetivas sobre os tópicos mais importantes para o clínico e será fornecido certificado de proficiência para os alunos
aprovados. Estes serão convidados a seguir como novos multiplicadores.

Resultados Esperados

Qualificar as habilidades diagnósticas cardiopulmonares dos estudantes de Medicina. Melhorar a interação entre os
estudantes de diferentes semestres. Estimular entre os estudantes o estudo da semiologia cardiopulmonar bem como o
desejo em tornar-se um novo multiplicador de conhecimento. Melhorar a qualidade de atendimento dos futuros médicos
reduzindo o número de exames desnecessários ao aumentar a acurácia do exame físico. Além disso, qualificar o
manejo em situações de emergência onde o tempo é fator importante.

Indicadores, Metas e Resultados

O aprendizado por simulação já é realidade tanto em cursos de Medicina quanto nos processos seletivos para as
provas de residência médica. Este curso visa introduzir esse segmento (ambiente de prática simulada) no curso de
medicina da UFPel cumprindo resolução número 3 (20 de junho de 2014 - MEC - Diretrizes curriculares de graduação
em Medicina): - aprender em situações e ambientes protegidos e controlados, ou em simulações da realidade,
identificando e avaliando o erro, como insumo da aprendizagem profissional e organizacional e como suporte
pedagógico (citação seção 3, artigo 7, parágrafo IV).

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALEXANDRE HOBOL409/10/201718/12/2017
ANA PAULA GOUVÊA1009/10/201718/12/2017
BERNARDO DE SOUZA HACK409/10/201718/12/2017
BRUNA APPELT SOLLA409/10/201718/12/2017
CLAUDIO HENRIQUE GUIMARÃES SILVA409/10/201718/12/2017
DÁRIO CORREIA PEREIRA409/10/201718/12/2017
GILMAR SILVEIRA DA SILVA609/10/201718/12/2017
GRACE THEIL ROSADO409/10/201718/12/2017
KÉLEN KLEIN HEFFEL409/10/201718/12/2017
LUÍS HENRIQUE SALDANHA SANTOS409/10/201718/12/2017
MATHEUS BERNARDON MORILLOS409/10/201718/12/2017
MATHEUS RESENDE DURO MELLO409/10/201718/12/2017
NATHALIA HELBIG DIAS409/10/201718/12/2017
RENAN CARDOSO SANCHEZ409/10/201718/12/2017
RENAN PLOTZKI REIS409/10/201718/12/2017
RODRIGO SOUZA DE MENEZES409/10/201718/12/2017
ROSANA MENDONCA DE SOUZA409/10/201718/12/2017
SAMIR LUIZ DOS SANTOS SCHNEID409/10/201718/12/2017
SUSANE MULLER KLUG PASSOS409/10/201718/12/2017

Página gerada em 17/08/2022 13:10:57 (consulta levou 0.040588s)