Nome do Projeto
Estudos de Ritmo e Poesia (Introdução à Teoria do Verso)
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
27/07/2015 - 04/12/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Linguística, Letras e Artes - Letras - Teoria Literaria
Resumo
Este projeto de ensino propõe o estudo sistemático de tópicos fundamentais da versificação tradicional da língua portuguesa a partir da análise de criações de poesia popular e de poetas de diferentes épocas, como Álvares de Azevedo, Augusto dos Anjos, Bandeira, Bilac, Camões, Cecília Meireles, Cruz e Sousa, Drummond, Fagundes Varela, Gonçalves Dias, Gregório de Matos, Jorge de Lima, Mário Faustino, Murilo Mendes, Pessoa, Vinicius de Moraes. Ao longo do curso, serão abordados padrões de unidades rítmicas, processos de acomodação silábica e acentual, receita métrica, andamento e tipologia de versos, organização estrófica, elementos de cadência fônica, entre outras questões. O curso de Introdução à Teoria do Verso será aberto à comunidade interna da Universidade.

Objetivo Geral

Oportunizar o estudo sistemático de tópicos fundamentais da versificação tradicional em língua portuguesa.

Justificativa

A leitura atenta de poesia pressupõe não apenas o reconhecimento das estruturas temáticas envolvidas nesse tipo de criação imagética, ou a decodificação do conteúdo semântico da mensagem concentrada de um poema; ela pressupõe também uma sensibilidade acurada em relação à própria construção imagética, à maneira como os recursos poéticos moldam a mensagem total exibida em um poema. Como sabemos, nas últimas décadas, os estudos de poesia, em particular os estudos de versificação, perderam espaço ou mesmo desapareceram dos currículos de Letras no Brasil, acompanhando a consolidação da prosa literária – precisamente, o romance – como principal objeto literário. Contudo, a compreensão do funcionamento dos recursos poéticos é fundamental para a leitura e para o estudo até mesmo da prosa literária, uma vez que esta forma também utiliza elementos de poesia (conforme ilustram, por exemplo, Campos e Campos, 1997, em sua análise do romance Os Sertões).
Finalmente, cabe valorizar o estudo da poesia no contexto das humanidades, por sua própria vez uma área em retração nos dias de hoje, como ilustram Melo, Mota e Furlan (2014): "As ciências humanas vivem uma crise global. Na América do Norte e na Europa departamentos de literatura e de ensino de línguas estrangeiras são fechados por não mostrarem viabilidade econômica". Neste cenário de crise, onde se nota a perda da centralidade da literatura na cultura brasileira, segue pertinente a pergunta "A poesia é ainda necessária?". Entre diferentes respostas possíveis para esta questão, concordamos com os argumentos de Bosi em O ser e o tempo da poesia: "A poesia seria hoje particularmente bem-vinda porque o mundo onde ela precisa subsistir tornou-se atravancado de objetos, atulhado de imagens, aturdido de informações, submerso em palavras, sinais e ruídos de toda sorte" (Bosi, 2010: 260). A poesia ressalta e ilumina o que está encoberto na rotina e na velocidade cotidiana. E também: "A poesia é ainda nossa melhor parceira para exprimir o outro e representar o mundo. Ela o faz aliando num só lance verbal sentimento e memória, figura e som. Momento breve que diz sensivelmente o que páginas e páginas de psicólogos e sociólogos buscam expor e provar às vezes pesadamente mediante o uso de tipologias. O seu regime é o da densidade, que se alcança pela inumerável combinação de sons, ritmos, palavras" (Bosi, 2010: 271-272). Certamente, o texto de Bosi continua apropriado à realidade atual.

Metodologia

As aulas deste curso de Introdução à Teoria do Verso serão expositivas e dialogadas. Em geral, cada encontro (de 2 horas/aula de duração) será dividido em duas partes:
A) Exposição/discussão de um tópico de teoria do verso;
B) Exercício de análise de versos e/ou poema(s) relacionado ao tópico discutido.
O material teórico a ser discutido nas aulas será organizado, principalmente, a partir do trabalho do professor Rogério Chociay (1974).

Resultados Esperados

Ao final deste curso, espera-se que os alunos tenham desenvolvido ou aprimorado seu conhecimento sobre questões importantes de teoria do verso de modo a estarem aptos para a realização de uma leitura mais atenta de textos criativos, o que é fundamental para a crítica e para a tradução desses textos.

Indicadores, Metas e Resultados

A organizadora do projeto será a ministrante do curso de Introdução à Teoria do Verso.
O horário previsto para as aulas é das 19:00 às 20:40, às segundas-feiras.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ARILZA ORESTES224/08/201504/12/2015
CATIUSCE VOIGT224/08/201504/12/2015
JULIANA STEIL TENFEN427/07/201504/12/2015
MARILENE NUNES224/08/201504/12/2015
PRISCILLA MORAES DUTRA228/08/201504/12/2015

Página gerada em 23/01/2021 21:24:18 (consulta levou 0.034398s)