Nome do Projeto
Ortopedia em equinos
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
27/04/2015 - 20/12/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica Veterinária
Resumo
A disciplina de clínica médica de grandes animais II pretende ensinar aos alunos sobre enfermidades ortopédicas em equinos, visando a formação de um Médico Veterinário capacitado a entender a a anatomia, biomecânica, patofisiologia das enfermidades ortopédicas em equinos com intuito de gerir as opções de tratamento dessas enfermidades, dando condições de praticar a medicina na espécie equina em questão, nas áreas relacionadas em seu conteúdo programático.

Objetivo Geral

Capacitar o aluno a interpretar sinais clínicos, realizar exame clínico, diagnosticar e gerir métodos terapêuticos das enfermidades ortopédicas em equinos, considerando métodos de manejo que porventura possibilitem a redução do estresse biomecânico ao sistema ortopédico.

Justificativa

A condução das atividades permitirá o desenvolvimento do conhecimento do acadêmico de medicina veterinária,
vivenciando a realidade clínica ortopédica. O projeto pretende ampliar o conhecimento do estudante de veterinária, desenvolvendo
habilidades em ortopedia clínica de equinos, desde o conhecimento teórico ao prático, aprimorando e
agregando aos obtidos nas disciplinas cursadas. Dessa forma, pretende-se habilitar o aluno em todas as atividades
relacionadas, desde anamnese, inspeção clínica estática e dinâmica, uso de técnicas de diagnóstico complementar (raio x , ultrassom, termografia associado a peças anatômicas), coleta e encaminhamento de amostras, exames complementares laboratoriais e prescrição de medicações e procedimentos, conduzindo o monitoramento biomecânico e nutricional mais apropriado para cada caso. Os alunos poderão acompanhar de forma teórico-prática todos os procedimentos, possibilitando a consolidação do conhecimento.

Metodologia

Os discentes (professores das disciplina de clínica de grandes II e disciplina optativa de ortopedia em equinos) integrantes do projeto terão o compromisso de orientar os acadêmicos nos encontros previamente marcados, que serão conduzidos por um professor, um residente do programa de residência do HCV/UFPEL e um pós graduando. Serão realizados encontros semanais para discussão dos casos clínicos.
Também serão realizadas oficinas práticas de dissecação anatômica, exame clínico, aplicação de métodos de diagnóstico, exames complementares e tratamento de enfermidades locomotoras, capacitando o discente na clínica de equinos. O discente monitor terá uma participação direta em todas estas atividades, o que lhe fornecerá treinamento e eficiência em ortopedia de equinos.

Resultados Esperados

É importante referir que se trata do primeiro projeto de ensino em ortopedia equina na UFPEL, que se apresentará como referência para outras espécies englobando estudo anatômico, clínica e meios de diagnóstico complementares.
Este projeto é de grande importância na formação dos alunos, tendo em vista que 70 a 80% dos atendimentos a equinos atletas são por problemas ortopédicos.
Deverá ser uma opção contribuitiva importante no entendimento da biomecânica das enfermidades ortopédica em equinos, contribuindo para o uso de ferrageamento com critérios no intuito de reduzir o estresse biomecânico estabelecido.
Este trabalho poderá proporcionar, na prática, monitoração dos problemas ortopédicos em equinos nas diferentes modalidades esportivas a que os mesmos são submetidos, não esquecendo da
da raça Crioula, em particular. Esta informação, veiculada de forma correta e numa perspectiva muito prática, aos produtores e tratadores de cavalos pode prever muitos problemas e perdas econômicas desnecessárias. Uma preocupação presente em toda a indústria da produção de cavalos no Brasil.
A interdisciplinaridade que deve orientar este projeto é um fator fundamental ao sucesso do mesmo e à obtenção de resultados cada vez mais consistentes. A associação de várias áreas de interesse neste projeto e as suas repercussões será fundamental na compreensão e esclarecimento de um grande número de enfermidade com sede no sistema músculoesquelético.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
AMANDA AZAMBUJA DA SILVA XAVIER2027/04/201520/12/2016
ANELISE MARIA HAMMES PIMENTEL227/04/201520/12/2016
ANTÔNIO AMARAL BARBOSA211/05/201531/12/2015
BRUNA DA ROSA CURCIO127/04/201520/12/2016
CARLA AUGUSTA SASSI DA COSTA GARCIA427/04/201520/12/2016
CARLOS ANDRÉ BARBOSA SCHMITT JUNIOR411/05/201531/12/2015
CARLOS EDUARDO WAYNE NOGUEIRA127/04/201520/12/2016
CAROLINA BICCA NOGUEZ MARTINS201/09/201620/12/2016
CHARLES FERREIRA MARTINS227/04/201520/12/2017
FERNANDA AQUINO FRANCO427/04/201520/12/2016
FILIPE PORPORATTI DE OLIVEIRA411/05/201531/12/2015
JARBAS DIAS XAVIER411/05/201531/12/2015
LAIS DA SILVA DE CARDOSO227/04/201520/12/2016
LUIZA LOPES DA SILVA427/04/201520/12/2016
MARIANE ROMAN2011/05/201531/12/2015
MARUÁ STUMPF411/05/201531/12/2015
PRISCILA FONSECA RIBEIRO427/04/201520/12/2016
TAMARA PIVA RECH411/05/201531/12/2015

Página gerada em 19/11/2019 18:54:04 (consulta levou 0.059047s)