Nome do Projeto
Impacto das mudanças climáticas sobre a hidrologia e os usos de água da bacia hidrográfica do rio Camaquã
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/08/2019 - 31/07/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Engenharias - Engenharia Civil
Resumo
A bacia hidrográfica do rio Camaquã (BHRC), localizada na região central do Rio Grande do Sul, caracteriza-se por ser predominantemente rural, cujo desenvolvimento econômico e social está atrelado principalmente à agricultura, com ênfase no cultivo do arroz irrigado. Esta bacia tem enfrentado problemas quanto à relação entre demanda e disponibilidade hídrica, acarretando em conflitos pelo uso água. No entanto, o Comitê tem buscado ações de mitigação, amplamente discutidas e relatadas junto ao Plano da Bacia 2015-2035. Ainda assim, as ações do Plano da Bacia, fundamentadas em diagnósticos atuais, satisfazem questões imediatas e de médio prazo, deixando um pouco de lado a gestão pautada na antecipação aos problemas. Neste contexto, podemos, por exemplo, nos questionar se as mudanças climáticas podem causar alterações no regime hidrológico da bacia, e se essas alterações impactarão os usuários e usos de água desta bacia, e ainda, se medidas de adaptação às mudanças poderão ser tomadas, em tempo, por seus gestores. Estes questionamentos podem ser respondidos através de modelagem hidrológica forçada por dados de modelos climáticos que buscam simular o clima passado e projetar o clima futuro com base em cenários de emissão de gases do efeito estufa, os principais responsáveis, segundo o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), pelo aquecimento que o planeta está experenciando. Este é justamente o objetivo do presente Projeto de Pesquisa: através de embasamento técnico e científico considerando o estado-da-arte, compreender e quantificar os possíveis impactos decorrentes das mudanças climáticas sobre a hidrologia e os usuários de água na BHRC.

Objetivo Geral

Este Projeto de Pesquisa tem como objetivo geral compreender e quantificar os possíveis impactos decorrentes das mudanças climáticas sobre a hidrologia e os usuários de água da bacia hidrográfica do rio Camaquã. Como objetivos específicos, tem-se: i) avaliar a destreza do modelo hidrológico LASH, em representar o hidrograma diário e mensal e outros indicadores, uma vez calibrado e validado para a bacia; ii) verificar a existência de correspondência entre as vazões observadas na seção de controle da bacia e as vazões estimadas a partir de modelagem hidrológica forçada por dados do clima presente extraídos de modelos climáticos; iii) avaliar as projeções do clima até o final do século XXI, sob dois cenários de emissão de gases do efeito estufa, mensurando anomalias e verificando a existência de tendência temporal de aumento ou diminuição das variáveis; iv) analisar por multimodelo climático e modelagem hidrológica o impacto dessas projeções sobre a hidrologia da bacia e seus usuários de água.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDRE BECKER NUNES201/08/201931/07/2021
LESSANDRO COLL FARIA201/08/201931/07/2021
LUIS CARLOS TIMM201/08/201931/07/2021
MARCELLE MARTINS VARGAS401/08/201931/07/2021
MARIA PAULA FEITOSA TORMAM401/08/201931/07/2021
MAÍRA MARTIM DE MOURA201/08/201931/07/2021
SAMUEL BESKOW401/08/201931/07/2021
ZANDRA ALMEIDA DA CUNHA201/08/201931/07/2021

Página gerada em 28/11/2020 23:18:59 (consulta levou 0.085951s)