Nome do Projeto
Memória Transacional Adaptativa para Arquiteturas Heterogêneas
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
09/11/2019 - 09/11/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação
Resumo
Algoritmos para implementar a abstração de memórias transacionais são geralmente desenvolvidos levando em consideração arquiteturas UMA (Uniform memory access) na qual todos os processadores tem um tempo de acesso uniforme à memória principal e.g. [6, 7, 8]. Porém, hoje em dia existem várias arquiteturas diferentes baseadas em multi-cores que também necessitam abstrações de alto nível para o desenvolvimento de programas, e.g., NUMAs, clusters, GRIDs etc. Dessa forma, o objetivo deste trabalho é desenvolver um sistema de memórias transacionais adaptativo, que dependendo da arquitetura paralela usada, modifique o algoritmo transacional para melhor explorar os recursos do(s) dispositivo(s). O trabalho irá se dividir em duas áreas principais: (1) desenvolvimento da linguagem de alto nível para expressar transações de memória e (2) desenvolvimento do sistema de tempo de execução adaptativo que dará suporte as abstrações. A linguagem de programação funcionará como uma linguagem de domínio específico para programação de transações e deverá ser compatível com qualquer linguagem orientada a objetos que possua características modernas como polimorfismo de tipos (ou tipos genéricos) e abstrações lambda (ou clousures). O que diferencia esta linguagem de outras linguagens para programação paralela usando memórias transacionais é: a linguagem irá proporcionar um alto nível de composição, ou seja, transações poderão ser compostas para gerar novas transações. Além disso a linguagem deverá permitir o acesso e interoperação de objetos concorrentes e distribuídos através de transações locais e remotas, o que será suportado por um sistema de tempo de execução adaptativo.

Objetivo Geral

O Objetivo Geral do projeto é:
* Projetar e implementar uma linguagem de programação que torne mais simples
a programação de processadores multi-core em arquiteturas heterogêneas*
Para atingir este objetivo, o projeto vai apresentar a especificação, implementação e avaliação
de uma linguagem de domínio específico para programação usando
memórias transacionais. Essa linguagem deverá ser compatível com qualquer
linguagem orientada a objetos que possua características modernas como polimorfismo de
tipos (ou tipos genéricos) e clousures. A linguagem deverá permitir o acesso
e interoperação de objetos concorrentes e distribuídos através de transações
locais e remotas. Isso ocorrerá através da implementação de um sistema
transacional adaptativo que dará suporte as abstrações da linguagem se
adaptando ao contexto em que o programa é executado.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
DOUGLAS PEREIRA PASQUALIN2009/11/201909/11/2022
FREDERICO PEIXOTO ANTUNES2016/09/202109/11/2022
Fernando Emilio Puntel2016/09/202109/11/2022
GERSON GERALDO HOMRICH CAVALHEIRO416/09/202109/11/2022
GUILHERME DE SOUZA DA SILVA2001/09/201931/07/2020
HENRY SOARES PEREIRA2001/12/201931/07/2020
JERONIMO DA CUNHA RAMOS2009/11/201909/11/2022
KEVIN OLIVEIRA DE OLIVEIRA2001/09/202031/08/2021
KEVIN OLIVEIRA DE OLIVEIRA2001/05/202031/07/2020
LETICIA PEGORARO GARCEZ2001/08/201930/04/2020
LUCAS EDUARDO BRETANA2001/08/201930/11/2019
MAURICIO LIMA PILLA207/10/201307/11/2016
MICHAEL ALEXANDRE COSTA2009/11/201909/11/2022
RAFAEL RODRIGUES BASTOS2009/11/201909/11/2022
RODRIGO MEDEIROS DUARTE2009/11/201909/11/2022

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul)R$ 105.000,00

Página gerada em 22/09/2021 02:48:28 (consulta levou 0.042693s)