Nome do Projeto
Estudos Aplicados em Ciências Ambientais
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/07/2019 - 31/12/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Ambiental
Resumo
O desenvolvimento da civilização humana sustenta-se em uma importante ligação entre o homem e o meio ambiente, sendo o homem o usuário dos recursos ambientais e o ambiente como fornecedor e receptor dos rejeitos provenientes do uso destes recursos (CAPAZ; NOGUEIRA, 2014). Por outro lado, o meio ambiente é também o meio que abriga todas as relações do homem, sejam elas sociais, econômicas ou culturais. Em suas interações com o meio que o cerca, o homem introduz diversas substâncias no ambiente em níveis que levam à perda dos benefícios de um recurso ou à degradação da saúde humana, da vida selvagem ou dos ecossistemas (MIHELCIC; ZIMMERMAN, 2012). Desta forma, pesquisas focadas em questões de poluição ambiental e avaliação de risco à saúde humana formam a base para compreender a extensão da influência do homem na qualidade ambiental, incluindo ele mesmo. Além disso, entre os principais instrumentos jurídicos que compõem a legislação ambiental no Brasil, destaca-se o Código Florestal que institui as regras gerais de exploração do território brasileiro e estabelece onde e de que forma isto pode ocorrer, através da determinação das áreas de vegetação nativa que devem ser preservadas e das regiões legalmente autorizadas a receber os diferentes tipos de produção rural. É, portanto, um campo a ser explorado para determinar as consequências ambientais passíveis de acontecerem diante das novas regras do Código Florestal de 2012. O desenvolvimento urbano se acelerou na segunda metade do século XX com grande concentração de população em pequenos espaços urbanos (TUCCI, 2005). Isso resulta em excessiva impermeabilização do solo, gerando grandes áreas de alagamentos nos eventos de precipitação mais intensos, trazendo danos ao tráfego, às moradias e ao comércio (HANSMANN, 2013). Neste sentindo, problemas de drenagem urbana configuram um dos pilares das questões acerca da proteção ambiental em regiões urbanas. Outros tópicos, tais como o mapeamento de áreas degradadas ou de fragilidades ambientais, análise de questões jurídicas da aplicação de políticas ambientais no Brasil, controle de poluentes em águas superficiais e subterrâneas, entre outros, constituem a problemática ambiental para a execução de diversas pesquisas de grande interesse científico. Desta forma, este projeto de pesquisa visa desenvolver pesquisas em diversos tópicos da área de ciências ambientais, fomentando a busca por soluções que possam impactar positivamente a sociedade local ou regional.

Objetivo Geral

Este projeto tem por objetivo principal desenvolver pesquisas em diferentes tópicos de ciências ambientais, fomentar o interesse pela pesquisa em alunos de Graduação e Pós-Graduação em temas que são de extrema importância para a formação deles e para o conhecimento da sociedade. Dentre estes temas objetiva-se alcançar as seguintes metas:
- Avaliar impactos das mudanças climáticas sobre os recursos hídricos;
- Avaliar a ocorrência de problemas de drenagem urbana na cidade de Pelotas e outras localidades, bem como aprimorar as técnicas de drenagem sustentável;
- Desenvolvimento de modelos de dispersão de contaminantes em águas superficiais e subterrâneas;
- Mapeamento de áreas degradadas na região de Pelotas;
- Avaliação dos instrumentos jurídicos de proteção ambiental, tais como o Código Florestal;
- Avaliação de Impactos Ambientais de diferentes empreendimentos.
O principal produto deste projeto é a contribuição de produção científica focada em problemas ambientais locais ou regionais.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDREA SOUZA CASTRO101/07/201730/06/2019
ARYANE ARAUJO RODRIGUES401/07/201931/03/2021
BARBARA DE LIMA CORREA401/07/201931/12/2019
BIANCA KERNBEIS DOS SANTOS401/07/201931/03/2020
DIULIANA LEANDRO101/07/201730/06/2019
Fernando da Silva Moreira401/07/201930/09/2019
HELENA DE FIGUEIREDO HAMMES401/07/201931/03/2020
IULLI PITONE CARDOSO401/07/201931/03/2020
PATRÍCIA DAMASCENO RIBEIRO401/07/201931/03/2020
RODRIGO CÉSAR DE VASCONCELOS DOS SANTOS401/07/201931/03/2020
RODRIGO MENDES LIMA2001/12/202031/07/2021
TAILON ANDRÉ PODEWILS2001/08/202030/11/2020
TAMARA LEITZKE CALDEIRA BESKOW101/07/201931/12/2021

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPES/PROAPR$ 5.959,80

Página gerada em 05/12/2020 12:35:53 (consulta levou 0.088266s)