Nome do Projeto
Avaliação Institucional da Educação Superior: um estudo comparativo entre as Universidades Gaúchas
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/10/2019 - 31/12/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Administração - Administração Pública
Resumo
A expansão da educação superior, sobretudo nas últimas décadas, trouxe consigo uma preocupação crescente em relação às atividades fins, à função e ao compromisso social das Instituições de Ensino Superior. Nesse sentido, a Avaliação Institucional tornou-se imprescindível para a garantia dos níveis de qualidade almejados. Em relação à Avaliação Institucional, o processo avaliativo é pautado por três premissas, a saber: i) o objeto de análise é o conjunto de dimensões, estruturas, relações, atividades, funções e finalidades de uma IES; ii) os sujeitos da avaliação são o conjunto de professores, estudantes, funcionários e membros da comunidade externa; e, iii) os processos avaliativos, interno e externo, são realizados em perfeita sintonia, seguindo os procedimentos e instrumentos de Avaliação Institucional. Os sujeitos desta pesquisa correspondem às Universidades Gaúchas (Públicas e Privadas), sendo 7 Universidades Públicas (6 Federais e 1 Estadual) e 13 Privadas (sem fins lucrativos), num total de 20 IES. A fonte dos dados primários desta pesquisa serão os Relatórios de Avaliação Institucional das Universidades Gaúchas. A coleta desses dados se dará por meio do site do Ministério da Educação (MEC), mediante o acesso aos links da Câmara de Educação Superior (CES) e do Conselho Nacional de Educação (CNE), onde estão disponíveis, ano a ano, todos os Relatórios do CNE/CES correspondentes à Avaliação Institucional das Universidades. A fonte dos dados secundários compreende o levantamento de toda a bibliografia já publicada, em forma de livros, revistas, publicações avulsas ou imprensa escrita (MARCONI; LAKATOS, 2007). Nesta pesquisa, reportam-se à doutrina e ao conjunto de leis, regimentos e documentos, incluindo os instrumentos de avaliação institucional do SINAES, bem como aos Relatórios de Auto-avaliação Institucional e o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) das Universidades Gaúchas. Como produto final deste projeto, pretende-se realizar um mapeamento e uma sistematização das informações referentes à Avaliação Institucional das Universidades Gaúchas, por meio de uma análise comparativa, a fim de relacionar o conceito oriundo da Avaliação Institucional (CI), com o PDI das IES e os níveis de qualidade almejados para a Educação Superior preconizados pelo SINAES.

Objetivo Geral

O objetivo geral desta pesquisa é realizar um estudo comparativo entre a Avaliação Institucional das Universidades Gaúchas, de acordo as dimensões e indicadores estabelecidos pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES.
Tais dimensões, e seus respectivos indicadores, estão agrupados em cinco eixos, que são: 1) Planejamento e Avaliação Institucional; 2) Desenvolvimento Institucional; 3) Políticas Acadêmicas; 4) Políticas de Gestão; e, 5) Infraestrutura. Desse conjunto, decorrem os objetivos específicos pretendidos para esta pesquisa:
a) Investigar o processo de Auto-avaliação Institucional das Universidades Gaúchas, no que tange ao papel da Comissão Própria de Avaliação (CPA) e a forma de participação da comunidade acadêmica;
b) Relacionar o Projeto de Auto-avaliação Institucional com o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) das Universidades Gaúchas, no que tange objetivos definidos pela IES e os indicadores de qualidades estabelecidos pelo SINAES;
c) Identificar as políticas acadêmicas das Universidades Gaúchas, no que tange aos programas e ações de assistência estudantil direcionados aos estudantes cotistas e em condições de vulnerabilidade social;
d) Identificar as políticas de gestão das Universidades Gaúchas, no que tange a composição dos órgãos colegiados, ao fluxo de informações e ao processo decisório;
e) Investigar a infraestrutura das Universidades Gaúchas, no que tange a adequação dos espaços físicos necessários para o desenvolvimento das atividades de ensino, pesquisa e extensão, e também das bibliotecas, dos laboratórios, bem como a questão da acessibilidade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
FLAVIA BRAGA DE AZAMBUJA201/10/201931/12/2021
Tainá Stocker201/10/201931/12/2021
VAGNER BASTOS FERREIRA201/10/201931/12/2021

Página gerada em 15/12/2019 03:47:53 (consulta levou 0.184335s)